Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Reprodução

Mourão diz que manifestantes golpistas devem aceitar a vitória de Lula

Por Redação

02 de dezembro de 2022 : 15h15

O vice-presidente da República e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, Hamilton Mourão (Republicanos), disse que os manifestantes golpistas fazem atos “tardios” e que os mesmos precisam aceitar a vitória do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Está chegada a hora de as pessoas compreenderem que ele foi eleito e agora tem que governar”, declarou. A declaração foi feita no jornal Gazeta do Sul.

Mas apesar disso, o general insinuou que Lula não deveria ter disputado a presidência. “A partir do momento em que aceitamos participar do jogo com esse jogador, que não poderia participar, tudo poderia acontecer, inclusive ele vencer, conforme venceu”.

Na entrevista, Mourão confirmou que Bolsonaro não irá passar a faixa para Lula no ato da posse, em 1° de janeiro de 2023.

“Essa questão da passagem da faixa é de menor importância nesse momento. É apenas um ato simbólico, que significa o final de uma transição entre um grupo que está saindo do governo e outro que está chegando”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Edu

03 de dezembro de 2022 às 22h14

Deixem o frango defender o pai dele. Frango é frango até debaixo de outro frango.
Depois, dizem que BOSTAnaro não come galinha … hahahahahaha que furada de cloaca fudencia. Saiu um galináceo merdeiro, que jura que cacareja alguma coisa hahahahahahahha
PERDEU, FRANGUINHO !!!!!!
hahahahahahaja

Responder

Nelson

03 de dezembro de 2022 às 20h30

Não posso deixar de registrar que, ainda que Moro e Dallagnol tenham se utilizado de argumentos pífios, para dizer o menos, para condenar Lula, dos órgãos da mídia hegemônica e seus comentaristas – louve-se as raras exceções, tipo Jânio de Freitas – não se ouviu um pio de críticas a essa dupla de criminosos.

Ainda que essa mesma mídia e seus comentaristas estejam, a todo momento, se mostrando defensores intransigentes e imbatíveis da democracia, do Estado de Direito, dos direitos humanos e da liberdade. Moro e Dallagnol adotaram métodos de ditaduras e, mesmo assim, a grande mídia os apoiou incondicionalmente.

Responder

Nelson

03 de dezembro de 2022 às 20h29

O “óbvio do óbvio, o básico do básico” é o fato de que você fala em “civilização”, Galinze, mas se recusa, terminantemente, a respeitar, exatamente, um dos pilares que garantiram o avanço a patamares mais elevados de “civilização”. Estou falando do Estado Democrático de Direito.

É o EDD que garante, a qualquer cidadão ou cidadã, a tranquilidade de que só será condenado por um determinado crime se forem reunidas provas concretas de que tenha cometido tal crime, passando por um julgamento justo.

Nem Moro nem Dallagnol apresentaram essas provas contra Lula e nem o julgamento dele foi justo. O primeiro condenou Lula por, pasme, “fato indeterminado”. O segundo confessou, publicamente, que não dispunha de provas, mas apenas convicções de que Lula era culpado. Assim, observando o disposto pelo Estado Democrático de Direito – que, repetindo, protege a todos, até mesmo você, Galinze – Lula é inocente.

Responder

Weberson Santana

03 de dezembro de 2022 às 12h47

O gado fala tanto em ladrão, e se esquece que justamente o bozo, que pregava que ia acabar com a corrupção. Se aliou com um dos maiores. Valdemar da costa neto, falar que lula é ladrão é fácil, difícil é dizer quem não é ladrão. Qual político que entra política só por salário.

Responder

Weberson Santana

03 de dezembro de 2022 às 12h40

O gado fala tanto em ladrão, e se esquece do Valdemar da costa neto. Um dos maiores ladroes que já existiu nesse país. E o bozo que sempre dizia que ia acabar com a corrupção, se alia justamente ao larápio . Vai entender. No Brasil é fácil chamar alguém de ladrão, difícil é você saber quem não é ladrão.

Responder

Alexandre Neres

03 de dezembro de 2022 às 12h14

Gente, o bebê chorão precisa aceitar a derrota e sair da posição fetal. A micheque foi deixada de lado e não tá nem dormindo com ele. Quem aguenta homem velho fazendo birra?

Responder

Marcio.

03 de dezembro de 2022 às 10h33

Ei Galinze, teu choro também é livre! Mas, te dou uma sugestão: Manda as Provas que tu tens contra o Lula para o teu amigo Moro. Ele está precisando muito! Há muito tempo!kkk…Sacanagem tua guardar essas Provas só Contigo! Kkkkk Ajuda teu Amigo Moro!!!

Responder

Sr José das Conha

03 de dezembro de 2022 às 09h56

Em qualquer país do mundo uma pessoa com ficha limpa sem nenhuma condenação pode concorrer mas num país sério um defensor da tortura preso por terrorismo nunca poderia concorrer.

De qualquer forma o choro é livre gado.

Responder

carlos

03 de dezembro de 2022 às 08h24

O que essa galinha 🐔 de angola ainda está falando e isso muito mi mi mi

Responder

Paulo

02 de dezembro de 2022 às 23h20

Só agora, depois do gado se revezar de quartel em quartel como bovinos a procura de uma luz…Enquanto eles dormem em tendas, Bolsonaro passa as noites em branco com o Carluxo no Alvorada…

Responder

Galinze

02 de dezembro de 2022 às 20h28

Que em qualquer país minimamente normal um sujeito como Lula não poderia ser candidato a absolutamente nada que envolva dinheiro público é o óbvio do óbvio, o básico do básico da civilização, do respeito a decência e principalmente a inteligência humana…coisa que no Brasil não se encontra com muita regularidade.

Responder

Deixe um comentário