Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Propostas ao som do panelaço

Por Miguel do Rosário

05 de maio de 2015 : 23h31

CESSDNQWEAAez4t

Os paneleiros


 

A melhor definição para o panelaço, veio do Emicida:

ScreenHunter_5737 May. 05 22.50


 

No entanto, na minha opinião, é hora de calçar as sandálias da humildade.

Temos que admitir: o panelaço promovido pelos eleitores de Aécio constitui um sucesso de comunicação, sobretudo em função da força que recebem da grande mídia.

Como observou um leitor, na próxima derrota eleitoral, no início de 2019, talvez usem tambores.

De qualquer forma, comunicação é uma coisa que o governo parece desconhecer.

Uma digressão rápida: não existe debate parlamentar na tv aberta.  Quer dizer, nas eleições, não há debate entre os candidatos ao legislativo na tv, nem em lugar nenhum.

Os próprios debates presidenciais acontecem após as 22 horas, ou pior, às 18 horas, hora em que todo mundo está no trânsito, voltando para casa.

Tudo isso contribui para o processo de despolitização do brasileiro.

Voltando ao panelaço, ele serviu, mais uma vez, como o termômetro do ódio. Muita gente não quer ouvir o que Dilma ou o PT tem a dizer.

É o triunfo da não-política.

Não é preciso ser nenhum Noblat – o vidente da imprensa, que sabe o que Dilma ou Lula falam na intimidade – para adivinhar o que o governo está pensando neste momento.

Ele está pensando assim: viu como eu tinha razão? Dilma não podia aparecer na TV, seria um desgaste para ela.

Certo.

Só que não.

Evidentemente, a solução não é PT, Dilma, Lula esconderem-se para sempre, à espera de dias melhores.

É preciso fazer a “batalha da comunicação”.

Vou dar algumas ideias (algumas pela milésima vez).

1) Dilma deveria voltar a fazer o programa Café com a Presidenta, mas em vídeo, e duas vezes por semana, abordando os problemas do Brasil.

O formato deveria de ser diferente do Café com a Presidenta original, que era apenas propaganda governamental. Esse programa deveria ter um conceito mais de autocrítica e superação; além de debater as pautas do congresso.

Podia ser com entrevistadores diferentes a cada vez, não necessariamente jornalistas, mas gente com prestígio na sociedade. Por exemplo, professores, sindicalistas, blogueiros, intelectuais, escritores, cineastas, agricultores, empresários. O programa deveria ser gravado e editado.

2) Toda a comunicação do governo: ministérios, presidência, deveria ter uma unidade maior, para otimização dos conteúdos.

3) O blog do Planalto deveria ter seu visual completamente reformado, e vir com uma pegada mais ágil, com gente escrevendo exclusivamente para o blog, fazendo entrevistas, editoriais, realizando o contraponto com a mídia. Mas com liberdade para tal, pelo amor de Deus. Dilma não pode sair dando bronca ou demitindo o responsável na primeira reação negativa da mídia.

4)  Os twitters da presidenta e do Planalto também deveriam ter uma equipe de gente produzindo exclusivamente para essa rede social, que não deveria ser usada para divulgar trechos dos discursos presidenciais ou mensagens de pêsames, mas ser usado como twitter. Com Rts de coisas legais, interação, contraponto à mídia, divulgação de agendas.

5) Mas sugeriria não usar linguagem bobinha, fingindo-se de “jovem”, ou simulando intimidade com os leitores. Não precisa falar: “vamos lá, galera, vamos responder a isso”. Não, a linguagem pode até ser divertida e irônica, mas adulta.

6) Os pronunciamentos na TV aberta deveriam ser mais frequentes, mas muito menores. Coisa de 2 ou 3 minutos, e com um formato decididamente mais leve e bem humorado. Eu pensaria até em brincar com a questão das panelas. Tipo trazer Dilma com uma panela na mão.

7) Os pronunciamentos na TV deveriam se dar exclusivamente para anunciar políticas públicas concretas, e não para dar recados inúteis sobre isso e aquilo. Dilma poderia anunciar, por exemplo, um PAC da Tecnologia da Informação, montando núcleos de pesquisa de alta tecnologia em todas as capitais. Esse PAC poderia ser um ataque, pelos flancos, para a questão da democratização da mídia.

8) Podia-se pensar em coisas com impacto real na vida das pessoas, como por exemplo, um grande programa para instalar bebedouros limpos e decentes nas grandes cidades. Banheiros públicos também. Imagine nossas cidades com bebedouros e banheiros, ambos limpíssimos, higiênicos, como isso teria impacto prático em nossas vidas. Isso impactaria no custo e na qualidade de vida do cidadão das grandes cidades, onde a presidenta encontra sua maior rejeição.

9) A internet  está ficando muito cara. Esses programas pré-pagos estão consumindo a renda de milhões de pessoas. Dilma poderia intervir nesse mercado, com alguma ideia nova. Queria até fazer uma autocrítica aqui a um post que publiquei no Tijolaço, sobre isso. Escrevi bobagem. É claro que foi uma péssima ideia posar ao lado do proprietário do Facebook. O Brasil tem que investir em tecnologias próprias de internet.

10) No campo parlamentar, Dilma bem que podia jogar um pouco mais. Propor uns projetos ousados, mesmo sabendo que iria perder, apenas para mexer um pouco com o debate político, obrigando a mídia a ficar numa posição constrangida, de defender os reaças.

11) A imagem da presidenta precisa ser melhor trabalhada. Mas para isso, me desculpem, não  tenho sugestões. Só acho evidente que precisa ser melhor pensada. A imagem está muito ruim! Nunca ouviram falar que existe uma ciência chamada “relações públicas”, que cuida desse tipo de coisa? O conceito de “coração valente” salvou a presidenta nas eleições. Deveriam pensar alguma coisa por aí, mas isso implicaria, naturalmente, algumas mudanças reais de atitude política.

12) Os discursos de Dilma deveriam ser escritos sem o maldito vício do “protocolo”. A coisa mais estúpida do mundo é obrigar a presidenta a ficar agradecendo dez minutos a cada presente. Não tem que agradecer ninguém. Enterrem o protocolo! O discurso tem de ser leve, bem humorado, bem escrito, sucinto, objetivo e prático. Apliquem-se umas pitadas de poesia, para dar uma dimensão simbólica mais profunda, e pronto.

13) Quando houver ameaça de “panelaço”, o PT poderia articular uma resposta de “apitaço”. Seria um contraponto interessante. Os jornais seriam obrigados a mostrar que havia também um outro lado.

Tenho algumas ideias para o PT, também, mas fica para outro dia.

*

Faço, por fim, um pedido aos leitores: quando eu critico a comunicação do governo, por favor não digam que eu quero ser “secretário de comunicação” do governo, ou coisa parecida.

Quando alguém faz uma crítica à política econômica do governo, não quer dizer que aspire ao posto de ministro da Fazenda. A mesma coisa vale para a comunicação.

Acho uma função muito nobre, trabalhar no governo, mas cada macaco no seu galho. Sou um blogueiro, com a obrigação de ser imparcial e independente, sem perder, é claro, a minha identidade ideológica.

Ademais, não sou dono da verdade. Apenas tenho minhas opiniões, embasadas em mais de dez anos analisando, na condição de blogueiro, a política brasileira.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

114 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria

07 de maio de 2015 às 12h28

Só comprovam com isso o quanto palhaços de péssima moral são.

Responder

Andrea C.

07 de maio de 2015 às 12h08

Eu acrescentaria, como sugestão, a criação de uma rádio, ,FM, integralmente dedicada ao governo. Não no formato da hora do Brasil. Mais ágil, com espaço para blogueiros, opiniões, palavra da presidente, etc, 24h! É isso!

Responder

    Eli Braz

    07 de maio de 2015 às 13h10

    Ótima ideia Andrea! E também com música de boa qualidade né? Alguém passa essa idéia para o Berzoini pelamordeDeus!!!!

    Responder

Lourival Amorim

07 de maio de 2015 às 01h04

Alguém poderia comentar, dentro de um raciocínio lógico/político, quais as estratégias que as oposições estão traçando para enfrentar o PT em 2018? Quem seria o candidato das oposições?

Responder

    borges-lg

    08 de maio de 2015 às 17h20

    O(s) candidato(s) da oposição já foi(ram) parido(s), mas ainda está(ão) sendo gestado(s).

    Responder

mineiro

06 de maio de 2015 às 21h28

para min hoje , quem luta no brasil contra a direita , sao os professores do parana. esses sim ta mostrando para o brasil o que é lutar de verdade. o resto que a gente por ai so conversa fiada. frente de esquerda, frente no senado , tudo conversa fiada. ta todo mundo borrando nas calças de medo da direita , so os professores que nao. cade os partidos politicos para defederem os prefessores? nao aparece um desgraçado se quer.

Responder

mineiro

06 de maio de 2015 às 21h22

eles estao tentando ganhar tudo no grito ou alguem ainda nao percebeu isso. eles estao tentando sufocar a voz que discordam deles. e o pior de tudo isso é que eles estao conseguindo. na conversa e na ameaça , eles estao conseguindo o proposito deles que é o golpe. desde o pt bundao , b………………m………………….e mais essa morta viva de pres. desgovernando o esse pais , fazer a comunicaçao como bem diz o texto. nao os desgraçados estao fugindo do pau , da luta, para se esconderem debaixo da cama. continuo nao acreditando nesse governo do jeito que esta. para min ela ta doidinha para entregar o ouro para a direita. a se ta.

Responder

Roberto Paschoal

06 de maio de 2015 às 22h28

em Portugal paneleiros quer dizer afeminados ,elas estao descontroladas.

Responder

Calebe

06 de maio de 2015 às 19h12

Quando uma criança não quer ouvir ela tapa os ouvidos e faz barulho, infantilidade de criança. Quando homens adultos, e principalmente políticos, o fazem é sinal de falta de argumentos, intolerância ou cretinice.

Responder

Rosângela Trolles

06 de maio de 2015 às 19h41

Q raiva q me deu esta palhaçada de ontem 05/05. Um cara ficou na janela tocando um sino, nem pude ouvir o programa do PT. A profa. universitária batia panela, o q ela quer? Provavelmente a privatização das universidades.

Responder

Eller

06 de maio de 2015 às 16h40

Quando um governo que não governa, gasta uma fortuna com um programa de marketing de 10 minutos na televisão em horário nobre, e a única coisa que se fala no outro dia foi o panelaço contra o governo, é porque a coisa já saindo saindo fora de controle!

Responder

ademir magaiver

06 de maio de 2015 às 15h50

gostaria de sugerir que o PT gastasse uns trocados para analisar o video panelaço.
achei sons muitos extranhos e desconexos o que foi apresentado.Seria uma montagem para dar a impressão de grandiosidade?

Responder

cocobabaçu

06 de maio de 2015 às 15h49

Alô galera do PSBD OU PSBESTEIRA É SÓ ISSO QUE SABEM FAZER? BATEREM PANELAS! EM 2018 É LULA DINOVO COM A FORÇA DO POVO É NÓS MANOS!

Responder

Flavio Ataliba Abreu Netto

06 de maio de 2015 às 18h43

mais varões de Plutarco…..

Responder

Vitor

06 de maio de 2015 às 14h20

Pra variar, Miguel com um dos textos mais lúcidos da blogosfera…
PN escreveu um que parece até que mora…
…em Londres. Ops!

Responder

Artuncio

06 de maio de 2015 às 13h46

– MAS HÁ QUE SE DAR DIGNIDADE A ESTAS PANELAS CHEIAS QUE ESTÁ NESTA CHARGE. De que forma? Simples e prática, mas real, mas marqueteira e inteligente é:

– Fazer protestos em ruas com bateção de panelas contra:
– a precarização da terceirização
– contra a fome
– a favor da reforma política
– a favor do combate à corrupção…. enfim bater panela publicamente por uma causa justa, o PT, as esquerdas deveriam para que não cresça despropositadamente e que a direita tenha não só a bandeira mais a primazia de bater panela aí sim contra Lula em 2018.

Responder

Carmem Stewart

06 de maio de 2015 às 16h21

Se a direita esta no poder, a midia colabora para manter o eleitor afastado de politica.

Contudo, se a esquerda esta poder, a conversa é outra, a midia, que faz partee da minoria dominante, usa o comum senso para alimentar preconceito, discriminação, machismo, racismo e muito mais.

Responder

Ciro

06 de maio de 2015 às 12h26

Bater le creuset da varanda é mole! Quero ver ir para a rua enfrentar PM e cachorros, como os valentes professores do Paraná!

Responder

José De Almeida Bispo

06 de maio de 2015 às 14h37

Vai ver que os cariocas lembraram, Ricardo Carelli, que, para acabar Brizola, a Globo (quase)acabou com o Rio. Depois, mudou-se de mala e cuia pra São Paulo. Agora tenta acabar com Brasil pra acabar com Lula e o PT.

Responder

Vitor

06 de maio de 2015 às 11h29

Podemos formatar todos os itens descrito pelo Rosário e transformar em um abaixo assinado para enviar a presidente Dilma.

Responder

Jota

06 de maio de 2015 às 11h26

Miguel, tudo isso que v. falou é muito bonito e correto, eu até acrescentaria a criação de uma TV estatal ou agencia de noticias no nivel da BBC, Telesur, RT ou Canal 7 argentino, com o dinheiro que ora se “investe” no PIG. Mas ontem depois de ouvir o Rui Falcão no programa eleitoral do PT, esquece tudo isso. Faz de conta que eu não disse nada.

Responder

    Miguel do Rosário

    06 de maio de 2015 às 11h28

    Por que? Não entendi.

    Responder

Jonas Bonomo II

06 de maio de 2015 às 14h25

Para onde vão os jornalistas da Globo quando ela fechar?

Responder

    Vitor

    06 de maio de 2015 às 14h17

    Volta pra realidade… Sabe quanto a Globo recebe só do Governo?

    Responder

Gerson

06 de maio de 2015 às 11h23

Enquanto “panelaços” vierem de bairro ricos não me preocupo, porque é somente choro de coxinhas e golpistas perdedores. Só me preocuparia se o panelaço contra o PT tivesse vindo de bairros de classe média baixa e na periferia. Enquanto eles estiverem batendo em suas panelas Le Creuset é somente choro da direita. Uma vez alguém escreveu que em certas residências de bairros ricos os donos não puderam bater panelas porque não sabiam onde era a cozinha (Sensacional)!!!
Mas o que me preocupa é que mesmo a Rede Globo fazendo propaganda desses panelaços e, inclusive, com jornalistas seus comemorando nas redes, o governo republicano do PT continua a enriquecer os donos dessa rede golpista.

Responder

    Vitor

    06 de maio de 2015 às 14h18

    Continua a enriquecer os bancos tb…

    Responder

      Gerson

      06 de maio de 2015 às 16h09

      Verdade…e ainda tem coxinhas e golpistas que chamam o governo do PT de comunista!!! Em cima dos trabalhadores ajuste fiscal do Levy, mas imposto sobre grandes fortunas não é nem cogitado.

      Responder

        Gerson

        06 de maio de 2015 às 16h13

        Também não vejo o governo se mexer para o combate à sonegação bilionária dos coxinhas. Se faz alguma coisa para combater isso é bem na surdina. Não vejo também os deputados e senadores do PT irem para cima da direita nos casos da Zelotes e HSBC. Tá difícil, é muito republicanismo para meu gosto.

        Responder

          Vitor

          06 de maio de 2015 às 19h26

          Fora que poderiam muito bem fazer uma auditoria na dívida!

Wellington Ap

06 de maio de 2015 às 14h09

Meia Dúzia de rico bate panela e a Globo diz panelaço kkkk pra mim micassooooo.

Responder

Comuna

06 de maio de 2015 às 10h29

Moro num bairo popular em Alvorada RS. Panelaço? Aqui coxinha não tem vez. Só se ouve barulho dos Colorados comemorando gols e mais um título ou das matracas na guerra do trafico.

Responder

Yvette Teixeira

06 de maio de 2015 às 10h25

Teve panelaço quando? estou sabendo agora.

Responder

Xis

06 de maio de 2015 às 10h22

Miguel, esse texto é uma grande e feliz contribuição. Sente-se o respeito à comunicação. A generosidade das propostas é admirável. Parabéns.

Responder

jacó

06 de maio de 2015 às 10h09

LULA é um DEUS na politica quando ele fala o MUNDO para pra ouvir, panelas pra quem te quero.

Responder

Editor da Caverna

06 de maio de 2015 às 10h02

Escrevi sobre o panelaço no meu blog, o Conspiração Ideológica, eis um trecho: “Essa gente que faz esse tipo de panelaço não luta contra a crise ou contra a corrupção, luta contra um partido e um governo. Ele espera (na verdade torce) para que as explicações das autoridades não sejam suficientes (mas teme que o sejam). Não querem soluções. Querem esse partido fora do governo. São com oaquelas crianças que quando não estão contentes com as verdades, botam as mãos nos ouvidos e gritam “não tô ouvino! não tô ouvino!”

Responder

margarida newlands

06 de maio de 2015 às 09h59

ONTEM AQUI EM COPACABANA EM UM APARTAMENTO NA RUA RAUL POMPEIA UM GRUPO DE PESSOAS BATIA FRENETICAMENTE AS PANELAS COM UMA PESSOA FILMANDO TODO ESSE ESTARDALHAÇO COMO QUERENDO MOSTRAR QUE O BARULHO VINHA DAS RUAS, COM MUITA GENTE APOIANDO O BARULHAÇO. QUE TRISTEZA VER A QUE PONTO CHEGOU A ELITE BRASILEIRA.

Responder

Anônimo

06 de maio de 2015 às 09h58

Escrevi sobre os panelaços aqui, antes mesmo desse último : http://conspiracao-ideologica.blogspot.com.br/2015/03/panelacos-e-freud.html?m=1 um trecho :

“É simbólico. Essa gente que faz esse tipo de panelaço não luta contra a crise ou contra a corrupção, luta contra um partido e um governo. Ele espera (na verdade torce) para que as explicações das autoridades não sejam suficientes (mas teme que o sejam). Não querem soluções. Querem esse partido fora do governo. São com oaquelas crianças que quando não estão contentes com as verdades, botam as mãos nos ouvidos e gritam “não tô ouvino! não tô ouvino!”

Responder

Leila Maria

06 de maio de 2015 às 12h46

Triste constatar que falta projeto para grande parte de quem faz a oposição no Brasil. Determinados membros do PSDB, DEM e asseclas, deveriam procurar ter projetos para o melhor do Brasil. Observo que a única ação e determinados indivíduos oposicionistas no momento é a fixação em tentar destruir que realmente trabalha pelo povo brasileiro! Nunca fizeram nada de bom para o país quando foram governo e agora questionam quem faz. Vão trabalhar, achacadores! Respeito homens e mulheres sérias independente de partido politico, credo religioso ou classe social. Agora não respeito quem fica de lenga, lenga, deseducando o povo brasileiro.
Parecem meninos em sua pré adolescência! Tá faltando vergonha na cara

Responder

Leila Maria

06 de maio de 2015 às 12h40

A oposição deveria procurar ter projetos para o desenvolvimento no do Brasil. Sua unica ação no momento é a fixação em tentar destruir que realmente trabalha pelo povo brasileiro! Vão trabalhar, achacadores!

Responder

Mauro Coelho

06 de maio de 2015 às 12h25

Bolsonaro, piada isso! kkkkkkkkkk

Responder

Ricardo Carelli

06 de maio de 2015 às 12h05

Silêncio na Região da Tijuca/RJ! Se não fosse pelos telejornais eu nem ficaria sabendo.

Responder

Pedro

06 de maio de 2015 às 08h58

Fala sério… o governo ja tem os canais câmara e senado. É inadmissível o executivo não ter um canal próprio mostrando o que se passa na conjuntura política, programas de governo, Petrobrás, etc. A Petrobrás poderia ter facilmente um canal próprio também, terceirizando o serviço com alguma agência, caso fosse necessário. Não sairia caro para ela.

Responder

jose carlos lima

06 de maio de 2015 às 08h56

duas coisas:

1-O café com a presidenta poderia ser via hangout

2-Nunca ouvi falar que o governo federal tenha promovido algum seminario sobre comunicaçao como tem feito o Quarto Poder ultimamente instituido o mpf

http://jornalggn.com.br/noticia/o-terceirizado-que-jogou-o-ministerio-publico-no-show-bizz

Responder

Lon Martin Wagner

06 de maio de 2015 às 11h44

Que super mico. Extremista de Direita, elites dominantes, burguesia, fã admirador, seguidor Klan ,Apartheid, Anos de Chumbo, nazismo, fascismo,,misógino, racista, xenofóbioc, homofóbico, cúmplice da tucanalha a qual saqueou o país , TUCANALHA= TUCANALHADA = REIS DA CORRUPÇÃO, ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO AOS MILHARES, ULTRAPASSANDO O EQUIVALENTE A CENTENAS DE TRILHÕES DE DÓLARES. ALIÁS A DESFAÇATEZ, CARA DE PAU , DESAVERGONHAMENTO DESTE SUJEITO NÃO TEM LIMITES.

Responder

Lon Martin Wagner

06 de maio de 2015 às 11h44

Que super mico. Extremista de Direita, elites dominantes, burguesia, fã admirador, seguidor Klan ,Apartheid, Anos de Chumbo, nazismo, fascismo,,misógino, racista, xenofóbioc, homofóbico, cúmplice da tucanalha a qual saqueou o país , TUCANALHA= TUCANALHADA = REIS DA CORRUPÇÃO, ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO AOS MILHARES, ULTRAPASSANDO O EQUIVALENTE A CENTENAS DE TRILHÕES DE DÓLARES. ALIÁS A DESFAÇATEZ, CARA DE PAU , DESAVERGONHAMENTO DESTE SUJEITO NÃO TEM LIMITES.

Responder

Luciano Cardoso

06 de maio de 2015 às 11h36

PAI RETARDADO FILHO IDEM LEITEIRA NAO E PANELA

Responder

Luciano Cardoso

06 de maio de 2015 às 11h36

PAI RETARDADO FILHO IDEM LEITEIRA NAO E PANELA

Responder

Claudio Paulon de Carvalho

06 de maio de 2015 às 11h32

#Batempanelaaté2018

Responder

Claudio Paulon de Carvalho

06 de maio de 2015 às 11h32

#Batempanelaaté2018

Responder

Sérgio Wanderley

06 de maio de 2015 às 11h30

A mão que bate panelas é a mesma que bate em professores …

#ForaPSDB

#ForaEspancadoresDeProfessores

#ForaCriminosos

#XoCoxinhasManipulados

Responder

Sérgio Wanderley

06 de maio de 2015 às 11h30

A mão que bate panelas é a mesma que bate em professores …

#ForaPSDB

#ForaEspancadoresDeProfessores

#ForaCriminosos

#XoCoxinhasManipulados

Responder

Juba

06 de maio de 2015 às 08h28

Enquanto eles batem panelas o Aécio faz tim-tim com o copo de uisque.

Responder

Rodrigues Zilda

06 de maio de 2015 às 11h20

Simplesmente ridículos!

Responder

Rodrigues Zilda

06 de maio de 2015 às 11h20

Simplesmente ridículos!

Responder

Ricardo Edmundo Ceconello

06 de maio de 2015 às 11h17

O FRACASSO RETUMBANTE PROVADO DO “PANELAÇO” FASCISTA

Ricardo Edmundo Cecconello

Facilmente provado que o “pisca pisca panelaço” de ontem, dia 05 de maio, foi acachapantemente frustrado para os movimentos fascistas de direita, principalmente em São Paulo.
O panelaço foi tão idiota quanto ordinário fracassado. Fácil de provar, quando as redes permissionárias de televisão, principalmente a globosta e a bandalheira mostravam alguns prédios em São Paulo, geralmente da classe média alta da população, piscando lâmpadas, em claro movimento “protestante” ante o programa do Partido dos Trabalhadores.
Claro que existem idiotas em todos os lugares do mundo. Vejam a “marcha para jesus” ou “marcha para Brasilia”, ou o fracasso do “panelaço de ontem”, dia 05 de maio.
Todas as redes de televisão fascistas, anti PT, mostraram as janelas piscando, em protesto, nos grandes edifícios das grandes cidades, principalmente em São Paulo, obviamente descontentes com a derrota retumbante do mega construtor do narcotráfico mineiro, em seus aeropós nas terras do titio claudio.
Curioso, congelei as imagens das empresas de televisão a serviço da direita extremada. E tive a pachorra de contar, entre todas as janelas dos edifícios mostrados pela globosta, sbtrouxas e bandalheira, quantas piscavam.
Vejam os números a que cheguei. Entre TODOS OS PRÉDIOS, alguns com mais de 100 janelas na face mostrada pela TV, apenas 5 estavam piscando luzes. Ou seja, dos duzentos apartamentos com famílias morando, apenas CINCO POR CENTO estava aderidas ao protesto anti PT.
Claro que virão os robozinhos do DEMO PSDB me contestar. Tudo bem. Agora, mostrem as imagens da rede GLOBosta e da BANDalheirqa, em todas elas que mostram as janelas piscando, ou mesmo acesas, durante o “panelaço”,
E VAMOS CONTAR JUNTOS, publicamente, e fazer o cálculo percentual de quantos, realmente, idiotas estavam aderindo ao “movimento protestante anti LULA na TV” com suas janelas piscando?
Ah, em tempo:- Os barulhos nas “redações” das panelas batendo não valem, haja vista a possibilidade do “bater panelas” nos puxasacos dos jornalecos, revistas do naipe veja, e do anti petismo interesseiro.
Peguem as ‘reportagens” feitas ONTEM, dia 05 de maio, e vamos contar, nas imagens das redes fascistas de televisão, o número de janelas piscando?:
VAMOS CONTAR AS JANELAS ACESAS PISCA PISCA, NOS GRANDES CENTROS PAULISTA, MINEIRO E CARIOCA?
Que tal? Vocês verão minha certeza em 2.016 e 2.018, principalmente em São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná.

Responder

Ricardo Edmundo Ceconello

06 de maio de 2015 às 11h17

O FRACASSO RETUMBANTE PROVADO DO “PANELAÇO” FASCISTA

Ricardo Edmundo Cecconello

Facilmente provado que o “pisca pisca panelaço” de ontem, dia 05 de maio, foi acachapantemente frustrado para os movimentos fascistas de direita, principalmente em São Paulo.
O panelaço foi tão idiota quanto ordinário fracassado. Fácil de provar, quando as redes permissionárias de televisão, principalmente a globosta e a bandalheira mostravam alguns prédios em São Paulo, geralmente da classe média alta da população, piscando lâmpadas, em claro movimento “protestante” ante o programa do Partido dos Trabalhadores.
Claro que existem idiotas em todos os lugares do mundo. Vejam a “marcha para jesus” ou “marcha para Brasilia”, ou o fracasso do “panelaço de ontem”, dia 05 de maio.
Todas as redes de televisão fascistas, anti PT, mostraram as janelas piscando, em protesto, nos grandes edifícios das grandes cidades, principalmente em São Paulo, obviamente descontentes com a derrota retumbante do mega construtor do narcotráfico mineiro, em seus aeropós nas terras do titio claudio.
Curioso, congelei as imagens das empresas de televisão a serviço da direita extremada. E tive a pachorra de contar, entre todas as janelas dos edifícios mostrados pela globosta, sbtrouxas e bandalheira, quantas piscavam.
Vejam os números a que cheguei. Entre TODOS OS PRÉDIOS, alguns com mais de 100 janelas na face mostrada pela TV, apenas 5 estavam piscando luzes. Ou seja, dos duzentos apartamentos com famílias morando, apenas CINCO POR CENTO estava aderidas ao protesto anti PT.
Claro que virão os robozinhos do DEMO PSDB me contestar. Tudo bem. Agora, mostrem as imagens da rede GLOBosta e da BANDalheirqa, em todas elas que mostram as janelas piscando, ou mesmo acesas, durante o “panelaço”,
E VAMOS CONTAR JUNTOS, publicamente, e fazer o cálculo percentual de quantos, realmente, idiotas estavam aderindo ao “movimento protestante anti LULA na TV” com suas janelas piscando?
Ah, em tempo:- Os barulhos nas “redações” das panelas batendo não valem, haja vista a possibilidade do “bater panelas” nos puxasacos dos jornalecos, revistas do naipe veja, e do anti petismo interesseiro.
Peguem as ‘reportagens” feitas ONTEM, dia 05 de maio, e vamos contar, nas imagens das redes fascistas de televisão, o número de janelas piscando?:
VAMOS CONTAR AS JANELAS ACESAS PISCA PISCA, NOS GRANDES CENTROS PAULISTA, MINEIRO E CARIOCA?
Que tal? Vocês verão minha certeza em 2.016 e 2.018, principalmente em São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná.

Responder

Fabricio Condé

06 de maio de 2015 às 11h06

Eu gostaria de propor uma correção: não são eleitores do Aécio. São eleitores anti-PT. Eles votam em qualquer um que esteja concorrendo com o PT. Se você diz que tal sujeito é eleitor do Aecio, ele apela.

Responder

    Edi Passos

    07 de maio de 2015 às 23h24

    Verdade. Votam em qualquer um, inclusive no bostalnaro e cia!

    Responder

Fabricio Condé

06 de maio de 2015 às 11h06

Eu gostaria de propor uma correção: não são eleitores do Aécio. São eleitores anti-PT. Eles votam em qualquer um que esteja concorrendo com o PT. Se você diz que tal sujeito é eleitor do Aecio, ele apela.

Responder

Claudio Motta

06 de maio de 2015 às 11h03

O jogo tem que ser jogado. Isso mesmo!!!

Responder

Claudio Motta

06 de maio de 2015 às 11h03

O jogo tem que ser jogado. Isso mesmo!!!

Responder

Gilmar

06 de maio de 2015 às 07h34

No meu cafofo do mcmv foi um silêncio só, a elite brasileira é um lixo, sempre foi, quer o pobre seu eterno serviçal, ganhou dinheiro a rodo na era PT mas não perdoa o fato de ter que dividir espaço com os pobres

Responder

Joao Helder Helder

06 de maio de 2015 às 10h34

Se fossem respeitosos, sim mas são bando de baderneiros e anti-democraticos, então nada elogia-los, pois não admitem a derrota, se fossem dos que votaram na Dilma estariamos respeitando mas j´pa que isto nao aconteceu, nada de elogia-los, ok?

Responder

Joao Helder Helder

06 de maio de 2015 às 10h34

Se fossem respeitosos, sim mas são bando de baderneiros e anti-democraticos, então nada elogia-los, pois não admitem a derrota, se fossem dos que votaram na Dilma estariamos respeitando mas j´pa que isto nao aconteceu, nada de elogia-los, ok?

Responder

orlando zica

06 de maio de 2015 às 07h29

acredito que poderiamos ter uma chapa presidencial com michel temer e um vice petista ,pois iria tirar o PT do foco ,e teriamos alguem tambem com equilibrio emocional e com postura

Responder

Edson Junior

06 de maio de 2015 às 10h22

Quem não tem respeito nem entre eles imaginem com o povo? Belo exemplo!

Responder

Edson Junior

06 de maio de 2015 às 10h22

Quem não tem respeito nem entre eles imaginem com o povo? Belo exemplo!

Responder

Almir

06 de maio de 2015 às 07h11

Os servidores públicos federais, estaduais e municipais, de todos os poderes, pensam que estão “a salvo” da terceirização. ENGANO. Veja o que diz a Constituição: Art. “175. Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, sempre através de licitação, a prestação de serviços públicos. “
Repare bem: a prestação de serviços públicos pode ser feita diretamente (cargos públicos) OU “sob regime de concessão ou permissão” (olha a autorização pra terceirização aí, gente). Basta uma leizinha – o texto diz “na forma da lei”, para que a terceirização seja estendida ao setor público. Essa mesma lei pode também decretar a desnecessidade de cargos públicos (fim dos concursos), desnecessidade prevista no Art. 41, § 3º da CF.
Quem mandou votar na direita? Ah, foi a rede globo… Então, prepare o lombo!!!

Responder

José De Almeida Bispo

06 de maio de 2015 às 09h54

O governo se deixou acuar e parece que não quer sair dessa “zona de conforto”, Miguel Do Rosario! Não se percebe o menor sinal de coordenação política na comunicação do governo. E o partido que chegou ao poder graças à comunicação, ao uso de qualquer fresta no poderio comunicacional da elite, e fantástica produção de comunicação própria não consegue sair da sinuca de bico em que foi colocado. Não há inteligência na comunicação do governo; só repetição de mantras manjados que a direita domina muitíssimo melhor. Tudo quanto é vira lata agora resolve mandar o governo TNC com a maior desenvoltura. E eu não pressinto absolutamente nenhum trabalho de reação a isso no ar. Desesperador!

Responder

Célvio Girão

06 de maio de 2015 às 09h16

Panelaço de rico e de coxinha é elogio.

Responder

L|igia

06 de maio de 2015 às 05h54

Eu moro no Grajau no Rio de Janeiro , teve panelaço mas também gritos Lula 2018. Resumindo com panelaço ou sem panelaço meu voto é do cara.

Responder

Doriam Pereira Lima

06 de maio de 2015 às 08h48

Viche os burgues nem jantarao as panelas tava ocupada kkkkkk lula 2018

Responder

Mauricio Gomes

06 de maio de 2015 às 05h42

Depois de ontem, quando assistimos “jornalistas” da maldita platinada atiçando a turba como animadores de circo (como a indefectível Leilane Neubarth), ou o governo rompe com essa política de boa vizinhança e contemporização com essa mídia bandida e golpista ou acharei que é masoquista e que merece outros panelaços ridículos como esse. Eles nem disfarçam mais, o descaramento é tão grande que eles escondem um massacre contra professores e dão destaque a paneleiros. O PT precisa contra-atacar urgentemente essa escumalha, sob o risco de deixar o país ser tragado pelas vanguarda do atraso nas próximas eleições. #AcordaPT

Responder

Roni Santos

06 de maio de 2015 às 03h57

A Dilma vai governar quatro anos, o Lula mais oito e as panelas vão furar.

Responder

Leo Oliveira

06 de maio de 2015 às 03h03

É um sucesso que precisa ser relativizado, pois ele acontece aonde o PT perdeu a eleição, nos bairros mais ricos, e é um tanto quanto ridículo, algo sem sentido. Parece coisa de criança mimada que tampa os ouvidos e começa a gritar quando não quer escutar algo.

Será que em Curitiba teve panelaço depois do massacre contra os professores?

Do ponto de vista objetivo, o panelaço dos coxinhas não significa nada. O governo precisa, sim, é manter a classe trabalhadora longe das panelas.

O que acontece no Paraná mostra o quanto os tucanos estão longe de representar uma alternativa para o povo. O Beto Richa conseguiu a façanha de ser mais odiado do que o PT, e não é só em Curitiba, no interior do estado também. Parece que ele sequer pagou as diárias e a alimentação dos policiais que trouxe de outras cidades.

Mas esses panelaços vão ser interessante nas campanhas eleitorais próximas. Será que vão ficar em silêncio na hora do PSDB e fazer barulho na hora que o PT falar?

Resta o PT enfrentar, fazer o debate e manter o que tem, ou, num cenário mais pessimista, perder o menos possível de apoio.

Certamente essa direita que faz panelaço, mostra a bunda, faz caminhada até Brasília, não representa risco algum, pois é tudo muito patético.

A inação e a falta de estratégia são os verdadeiros riscos para o governo.

No campo político é necessário de todas as formas arrumar a base no Congresso, fazer o ajuste, explicá-lo, manter a economia no atual nível, para em alguns meses voltarmos a crescer.

O desgaste do PT era quase inevitável depois de 13 anos. Em que pese os erros na comunicação, há um momento econômico mais difícil, que cria um clima de maior revolta na sociedade. Nunca devemos esquecer que em 8 anos o FHC saiu odiado do Planalto, mesmo com todo apoio da mídia.

O futuro do partido vai depender muito do resultado do ajuste. Se o país voltar a crescer, manter a taxa de desemprego em torno dos 6%, controlar a inflação, tem chances reais em 2018. Isso parece e é óbvio, e, por ser tão óbvio, não é algo inatingível.

Responder

Nôni Simon

06 de maio de 2015 às 05h24

alguém do Palácio do Planalto tem que ler isto!

Responder

André Ari Schmitt

06 de maio de 2015 às 05h02

Ta virando desespero.

Responder

André Ari Schmitt

06 de maio de 2015 às 05h02

Ta virando desespero.

Responder

Silvio Melgarejo

06 de maio de 2015 às 05h02

Responder

Silvio Melgarejo

06 de maio de 2015 às 05h02

Responder

alex

06 de maio de 2015 às 01h26

MIGUEL .. encaminha suas ideias pro novo secreario de comunicação da Dilma, o Edinho.. Ou vc deve conhecer alguém que possa entregar suas idéias para alguém de comunicação do governo. Vc deve ter algum interlocutor na comunicação do governo.Algumas idéias são muito legais!

Responder

    Miguel

    06 de maio de 2015 às 01h49

    alex, modestia a parte, todo mundo lê o cafezinho.

    Responder

Ozzy Gasosa

06 de maio de 2015 às 01h11

O Rodrigo Pilha desvendou a farsa do panelaço.
Confira Miguel ..
https://www.facebook.com/rodrigopilha

Responder

Meire Souza

06 de maio de 2015 às 03h45

Só digo uma coisa: enquanto os ridículos batiam panelas, o povo trabalhador desse país ( que é maioria) ouvia atentamente o programa do pt – contra a terceirizaçao, contra a redução da maioridade penal, contra a corrupção e contra os métodos de se investigar só o pt enquanto ignoram partidos da direita, ….

Responder

Maria Celia F. Bouzada Nable

06 de maio de 2015 às 03h34

Quando se escuta gritos tipo “Dilma, Lula vá tomar no c.” questiono esse tipo de comunicação que é a cara dos órfãos da canalhice de um derrotado.

Responder

    Newton Bello

    06 de maio de 2015 às 11h05

    É uma das provas da escassez de argumentos da direita, só lhes restou o ruído e o baixo calão.

    Responder

    Newton Bello

    06 de maio de 2015 às 11h05

    É uma das provas da escassez de argumentos da direita, só lhes restou o ruído e o baixo calão.

    Responder

Edilene Machado

06 de maio de 2015 às 03h27

Ridículos !!!!!!!!!!!!!!!

Responder

dalva

06 de maio de 2015 às 00h26

com certeza panelas de aço inox ,conhecem seus donos a pouco tempo ,pois eles nunca tinham ido até a cozinha, o problema é que todas tem tampa de vidro ,cuidado

Responder

Marco Espirito Santo

06 de maio de 2015 às 03h26

.#PodeBaterPanelaMasComPTaPanelaéCheia

Responder

Adma Viegas

06 de maio de 2015 às 03h25

Eu moro em Vila Isabel próximo ao Grajaú e ouvi muitos barulhos de gente batendo panelas de prédios próximos. Gritavam “Fora PT” Infelizmente a classe média adere a essas palhaçadas.

Responder

Arlene Fatima Vicente

06 de maio de 2015 às 03h22

Se não falassem sobre esse assunto no face, realmente não saberia que houve esse tal panelaço. Na boa ,isso não existe na periferia.

Responder

Fernando Luís Cavalcante

06 de maio de 2015 às 03h19

ScreenHunter_5737 May. 05 22.50

Responder

j. andrade

06 de maio de 2015 às 00h09

Coisa boa: o panelaço serviu para Bolsanal e Bolsanalzinho conhecerem a serventia da panela. Da última vez que utilizaram o artefato: o primeiro achava que era penico; o segundo, chapéu.

Responder

Josefa Conceição

06 de maio de 2015 às 03h08

PSDB bate panelas e PT bate no PSDB á 16 anos na eleição.panela cheia, e urna vazia.

Responder

Francisco Ebeling Barros

06 de maio de 2015 às 03h05

Apenas complementando. Após 2018, Dilma já era politicamente. Provavelmente tb não vai mais querer. O desafio é o PT (ou a esquerda) ganhar a eleição. Mas, com as notícias horripilantes do campo adversário – PSDB no Paraná e a fusão PSB/PPS – esse desafio parece ficar menor. Então, penso que trata-se de alavancar a imagem do PT tanto enquanto governo como enquanto partido. Mas sempre partindo do princípio que algo entre 30-40% já estão garantidos e que Lula (o possível candidato), tem um poder de arrastar multidões…..

Responder

    Miguel Do Rosario

    06 de maio de 2015 às 03h19

    bem, eu veria com mais humildade esses cálculos de 30-40% e essa coisa de arrastar multidões. Lula é muito forte sim, mas não faz milagre. O governo tem de se mexer mais.

    Responder

    Francisco Ebeling Barros

    06 de maio de 2015 às 03h23

    Por isso que o range 30-40%. Trinta é o muito mal, quarenta é o com uma política de comunicação

    Responder

    Francisco Ebeling Barros

    06 de maio de 2015 às 03h25

    Talvez metade disso a esquerda, a outra metade o Nordeste, que não mais tem um líder como Eduardo Campos

    Responder

    Vitor

    06 de maio de 2015 às 11h27

    Eu acho que a esquerda é muito dependente do PT, que é muito dependente do Lula… Está na hora de preparar outros quadros…

    Responder

Nilda

05 de maio de 2015 às 23h56

Dois ridiculos invejosos. Que papelão! As parteiras jogaram os filhos e deram os fetos!

Responder

cvilela

05 de maio de 2015 às 23h52

Banheiros e bebedouros públicos limpos??? depender de prefeitos?? sem falar dos vândalos que destruiriam os banheiros e bebedouros em pouco tempo. O que falta é obra de infraestrutura urbana, sobretudo transporte público eficiente: metrôs, metrôs, metrôs, trens metropolitanos em estradas férreas abandonadas há décadas, depois VLTs, BRTs e anéis rodoviários. Aqui em BH a promessa de reforma do anel e metrô subterrâneo completaram duas décadas.

Responder

    Miguel do Rosário

    05 de maio de 2015 às 23h58

    Sim, infra-estrutura urbana, claro. Faça isso também!

    Mas beber água e ir ao banheiro é tão importante quanto, e o governo federal podia fazer parcerias para levar ideias como essa à frente.

    Responder

    Gilmar

    06 de maio de 2015 às 07h42

    Façam escolas técnicas federais com período integral nas favelas e periferias com bons professores ensinem uma profissão, e a história do Brasil de porquê este é um dos países mais desiguais do planeta, formem este cidadão de maneira integral crítico, ou ele será formado pela rede esgoto e achará que melhorou de vida porque ele é bom como o mocinho da novela

    Responder

Moema Barreira Costa

06 de maio de 2015 às 02h50

#ToNaLutaPeloBrasil com DILMA e LULA

Responder

Vagner Santos Guarani Kaiowá

06 de maio de 2015 às 02h47

Marília Marques

Responder

    Marília Marques

    06 de maio de 2015 às 14h26

    Tão aí as caras de quem está organizando o “samba”.

    Responder

    Vagner Santos Guarani Kaiowá

    06 de maio de 2015 às 14h30

    Após, Miguel Do Rosario, por diversas vezes já deu algumas ideias pra melhorar a comunicação do governo, a impressão que tenho que governo ler e não tem interesse de fazer a ofensiva nessa “mídia perversa” que temos. Enquanto isso o Instituto Lula e João Santana ensinam ao governo Dilma como combater o PIG.

    Responder

Joel Julio Thurler

06 de maio de 2015 às 02h44

Já que a oposição não tem proposta para o Brasil. Fazem panelaços. Quem sabe no próximo se comunicam por tambores.

Responder

Francisco Ebeling Barros

06 de maio de 2015 às 02h42

Concordo, concordo! Mas, de certa forma, o esforço deve também se direcionar para já ir construindo a imagem do sucessor…..

Responder

Leo Lira

06 de maio de 2015 às 02h39

http://bolsonazi.tumblr.com/

Responder

Flá Ahm

06 de maio de 2015 às 02h38

Já não é mais sucesso de comunicação, agora é só resposta pavloviana.

Responder

Deixe um comentário