Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Vídeo: a ferrovia que realizará o sonho de Bolívar!

Por Miguel do Rosário

02 de junho de 2015 : 09h19

Acho que ainda não caiu a ficha, entre nós, da importância que terá a ferrovia bioceânica, ligando o Brasil ao Pacífico, através do Peru.

Ela será a consumação, dois séculos depois, do sonho de Simón Bolívar de integrar a América Latina!

Enganam-se ainda os que pensam que apenas exportaremos commodities. No mesmo trem, cabem produtos industriais e, sobretudo, pessoas.

O trem Brasil – Peru romperá a muralha natural – a cordilheira dos Andes – que nos separa, desde o início da história do nosso continente, de nossos irmãos latinos.

Os brasileiros e seus vizinhos de fala espanhola, que sempre estiveram voltados de costas uns para os outros, finalmente, poderão se encontrar.

A dinâmica comercial, cultural e política do continente será profundamente transformada.

O projeto deve começar a ser implementado em 2018 e as obras ficarão prontas em 2023.

Impressionante como a mídia brasileira é, de fato, a pior do mundo.

A imprensa peruana, que não é esquerdista – muito pelo contrário – está comemorando euforicamente o projeto, enquanto a nossa faz de tudo para não permitir que os brasileiros tenham sequer o prazer de sonhar!

(Vídeo pescado no blog Conversa Afiada).

Para a imprensa brasileira, o clima de pessimismo e depressão não pode ser rompido por nenhum projeto chinês.

Nada pode dar certo!

Nada pode dar certo enquanto ela, a imprensa corporativa (leia-se Globo), não voltar ao poder, através de seus laranjas na política, o PSDB.

Mas os coxinhas que se preparem, porque o bolivarianismo está apenas começando!

Viva Simón Bolívar!

Falando nisso, todos devem assistir ao filme O Libertador, sobre Bolívar. Achei o filme completo no Youtube.

O Cafezinho ainda vai escrever muito sobre Bolívar… Tenho uma surpresa para os leitores, em breve!

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

28 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Igor Guimarães

03 de junho de 2015 às 03h26

Cara, muito bom!

Responder

Igor Guimarães

03 de junho de 2015 às 03h26

Cara, muito bom!

Responder

Danilo Villaça de Azevedo

03 de junho de 2015 às 02h53

Igor Guimarães

Responder

Paulo Oliveira

03 de junho de 2015 às 02h22

E a região Norte, nunca?

Responder

    LC Marinho

    03 de junho de 2015 às 19h01

    Até onde soube, vai acompanhar o traçado da BR-364

    Responder

    LC Marinho

    03 de junho de 2015 às 19h01

    Até onde soube, vai acompanhar o traçado da BR-364

    Responder

LC Marinho

02 de junho de 2015 às 22h36

Dúvida. Alguns dizer que o início será no Rio de Janeiro, outros, em Santos. Qual o correto?

Responder

Isadora Bonder

02 de junho de 2015 às 19h01

Esse é um projeto arrojado, visionário, evoluído e libertador (o Canal estadunidense do Panamá, ficará obsoleto e em desuso) Viva o Brasil, palmas para a Dilma do PT, e acima de tudo, viva a America do Sul unida!!!

Responder

Maurício Mendes Mendes

02 de junho de 2015 às 18h33

Calma pessoal….Os yankees já devem estar articulando alguma coisa para ao menos dificultar isso!

Responder

Reinaldo Bordon Carletti

02 de junho de 2015 às 18h28

bye, bye canal do panamá

Responder

Márcio Souza

02 de junho de 2015 às 12h15

Será igual ao trem-bala que ligaria Rio de Janeiro a São Paulo? Ou a participação da China na ferrovia será um factoide igual à participação da Venezuela na refinaria Abreu e Lima?

Responder

Vitor

02 de junho de 2015 às 11h31

Claro que não Miguel… Trem de carga e trem de passageiro são bem diferentes! A maioria dos trens hoje no Brasil só transportam carga.
Fora que não está claro como será feito o trecho de Campinorte até o Rio de Janeiro ou Santos (na verdade, nem dá pra saber se o projeto é para o Porto de Santos ou o Porto de Açu). A China tá nessa?
De acordo com o blog do planalto, a intenção da parceria com a China é uma ferrovia que sai de Campinorte, passa por Lucas do Rio Verde, Acre e chega ao Peru… Aí vc imagina se nesse trajeto vai entrar mais soja ou pessoas.
http://blog.planalto.gov.br/index.php?s=ferrovia
Enfim, antes de festejar, eu prefiro esperar! Acho que ainda estamos muito longe dessa realidade que você está pintando!

Responder

Edu Marcondes

02 de junho de 2015 às 13h59

Não será fácil a concretização. Tem muito vira lata lutando contra.

Responder

Luiz Carlos Vieira

02 de junho de 2015 às 13h48

,..um Brasuca burro destruiu a pouca malha ferroviária q tínhamos, qdo grd países vivem de seus tens p transportar tudo + barato e + rápido…aki e malha viária, vide a famosa transamazônica q é um lamaçal em toda ela…uma vergonha…trágico.Sds. :-(

Responder

André Ari Schmitt

02 de junho de 2015 às 13h33

A norte sul era sonho, coxinhas

Responder

Vitor

02 de junho de 2015 às 09h59

“Enganam-se ainda os que pensam que apenas exportaremos commodities. No mesmo trem, cabem produtos industriais e, sobretudo, pessoas.”
Não há nenhum indicativo que haverá transporte de pessoas nessa linhas ou que os produtos industriais serão no sentido Brasil-China (é óbvio que a esmagadora maioria transitará no sentido contrário). Sem contar que ainda tem muito chão pela frente para essa obra sair do papel, não tem nada certo ainda…
Eu acho a construção dessa linha muito boa, já que nosso transporte ferroviários é ridículo, mas ficaria muito mais animado na construção de uma linha norte-sul, ligando nordeste, sudeste e sul, com foco na logística interna.
Em linhas gerais discordo do pessimismo da mídia tradicional e do otimismo do cafezinho. Achei a matéria da BBC mais coerente:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/05/150518_ferrovia_transoceanica_construcao_lgb

Responder

    Miguel do Rosário

    02 de junho de 2015 às 10h28

    Não há indicativo de que haverá transporte de pessoas? Como assim? Trem é trem, meu amigo! Leva tudo!

    Responder

      Vitor

      02 de junho de 2015 às 11h32

      Ih, a resposta foi lá pra cima…

      Responder

Asiole Senun

02 de junho de 2015 às 12h50

Lindo, lindo sonho! Espero que vire realidade mesmo, a exemplo da Europa.

Responder

João DaSilva

02 de junho de 2015 às 12h46

Engavetou não Geisa. E quer o Brasil como parceiro.

Responder

João DaSilva

02 de junho de 2015 às 12h46

Engavetou não Geisa. E quer o Brasil como parceiro.

Responder

Cristina Teixeira

02 de junho de 2015 às 12h41

Eu também !!!!

Responder

Jomar Almeida

02 de junho de 2015 às 12h40

Eu sabia! Bolivarianos!! (Ironia mode on) :)

Responder

Uirá Hans Emmermacher

02 de junho de 2015 às 12h38

viiiixi. ferrovia bolivariana? prevejo protestos acoxinhados a cerca do tema. =D

Responder

Geisa Menezes

02 de junho de 2015 às 12h37

Sabe dizer se a China engavetou a ideia do canal da Nicarágua?

Ou essa ferrovia é mais uma alternativa?

Responder

Liana Carvalho Santos

02 de junho de 2015 às 12h29

Quero ir de trem pra Machu Picho!

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina