Ciro Gomes ao vivo na Band

Reflexões sobre a ascensão do fascismo no Brasil

Por Miguel do Rosário

28 de junho de 2015 : 14h17

Ontem conversei com um professor do Iesp (Instituto de Estudos Sociais e Políticos, um dos mais importantes da América Latina, vinculado à UERJ), que me contou sobre um seminário ocorrido na instituição, na semana passada, para discutir as “jornadas de junho” de 2013.

Um dos professores fez uma abordagem mais crítica, e identificou o embrião, naquelas manifestações, de um novo tipo de fascismo, o qual, desde então, só vem crescendo, com apoio de importantes forças políticas, em especial a mídia.

Espero voltar a este assunto, inclusive entrevistando o professor, mas por enquanto fiquemos apenas nesta menção.

Recentemente, a rua onde mora o apresentador Jô Soares foi pichada com uma ameaça de morte:

“JÔ SOARES, MORRA”.

A razão: Jô Soares entrevistou a presidenta da república, eleita em outubro passado com 54 milhões de votos.

Vou falar de novo: um apresentador foi ameaçado, publicamente, no lugar onde mora, porque entrevistou a presidenta da república de um país democrático.

Por mais que o apresentador tente fingir que não dá bola para isso, e leve na esportiva, é claro que ele deve ter ficado profundamente abalado, assim como todos os apresentadores de tv do país.

É um recado do Brasil fascista ao Brasil democrático: “não insista, nós, fascistas, temos a mídia, temos o dinheiro e queremos o poder!”

Jô Soares, apesar de ser um apresentador da Globo, não foi defendido pela Globo.

Não vimos nenhum editorial, nenhuma reportagem, nenhuma cobertura decidida da Globo contra os ataques fascistas a um de seus apresentadores mais tradicionais.

Ao contrário, a Globo empurrou Jô Soares para o horário mais vazio da madrugada. A própria entrevista com Dilma não foi sequer aproveitada devidamente nos telejornais da emissora.

Por que a Globo nem nenhum outro canal, nenhum jornalão, fez uma defesa enfática de Jô Soares contra os ataques fascistas que recebeu, os quais, aliás, não se limitaram à pichação na rua, mas também se materializaram em ofensas e ameaças nas redes sociais?

Porque a nossa mídia não iniciou imediatamente uma campanha contra essa escalada fascista que atinge profundamente a liberdade de expressão no país?

Afinal, que apresentador de TV terá coragem de entrevistar a presidenta Dilma, uma presidenta eleita duas vezes consecutivas pelo povo brasileiro?

Simples.

A mídia não defendeu Jô, porque ela é a matriz do novo fascismo brasileiro.

É duro dizer isso, mas é a pura verdade.

A criação da figura de um juiz-justiceiro, idolatrado pela classe média, ovacionado nos saguões dos aeroportos, e que não respeita direitos de defesa, e que prende ricos e poderosos, integra uma narrativa clássica do fascismo.

O fascismo, para se consolidar perante a opinião pública, precisa de figuras e narrativas que galvanizem a massa.

E como o fascismo esconde, no fundo, uma ideologia profundamente elitista, antissocial e antidemocrática, a única maneira de ganhar apoio das massas é sacrificando cordeiros gordos no altar do populismo penal.

Os fascistas de outrora faziam isso com judeus ricos.

As massas aplaudiam, entusiasmadas, a repressão a toda uma classe de ricos burgueses de ascendência judaica.

Os fascistas de hoje querem fazer o mesmo com empreiteiros que financiaram a ascensão do PT.

Não importa que os mesmos empreiteiros também financiaram, até em maior escala, a oposição.

É preciso promover um circo para o populacho.

Enquanto o populacho segue distraído pelo espetáculo, os representantes do capital fazem avançar sua pauta no congresso, destruindo leis trabalhistas e vendendo o patrimônio público para interesses estrangeiros. É o que fazem Eduardo Cunha e José Serra, faturando em cima do fato da esquerda estar sendo encurralada pelas agressões crescentes de movimentos fascistas.

O capital sempre usou o fascismo para promover seus interesses, como quem solta uma fera em cima de seus adversários.

De que outro nome chamar a pichação contra Jô Soares?

De que outro nome chamar essa onda ultrarreacionária e ultraviolenta que corre o Brasil, culpando menores de idade pela violência urbana, mesmo que as pesquisas apontem que estes respondem por menos de 0,3% dos crimes contra a vida?

Temos fingido não ver a ascensão do fascismo no Brasil, como quem se recusa a acreditar no horror, mas é exatamente isso que está acontecendo. Não é mais um movimento marginal, periférico, insignificante, de grupos radicais nas redes sociais.

Não, é um movimento de massa, que bota milhões de pessoas nas ruas.

As manifestações de 15 de março e 12 de abril foram positivamente fascistas. Qual a solução apontada para elas para a crise política?

Intervenção militar.

Derrubada do governo eleito.

Essas bandeiras não eram “minoritárias”. A maioria das pessoas nessas manifestações apoiaria uma intervenção militar.

O repórter do Telesur que entrevistou pessoas numa dessas marchas, em Copacabana, me contou que 9 entre 10 pessoas com que falou defendiam a intervenção militar.

Viam-se faixas pedindo intervenção militar do início ao fim das manifestações. Os grupos que defendiam intervenção militar tinham carros de som que ocupavam as partes centrais dos protestos.

Outra característica das manifestações fascistas é a mitificação da figura do juiz-justiceiro, modelo máximo da falsa meritocracia fascista. O líder não-eleito, o representante histórico da classe dominante.

E sempre se nota, em toda parte, uma carga de preconceito muito pesada contra o voto popular.

Tenta-se fazer o povo se envergonhar de seu próprio voto.

Olha só o comentário de um internauta num post recente aqui do Cafezinho:

NÃO É CERTO ESCREVER O TEXTO E NÃO ASSINAR. O COMUNISTA ASQUEROSO Q ESCREVEU O TEXTO DO BLOG TEM Q ASSINAR PARA SABERMOS SEU NOME. ASSIM ELE TBM PODERÁ SER PERSEGUIDO E PRESO QUANDO OS MILITARES TOMAREM O PODER.”

O meu texto tinha assinatura, sim, o fascistinha é que, de tão nervoso, não viu. Esse tipo de manifestação tem crescido de maneira avassaladora, e agora ocupa as ruas.

Com apoio da mídia.

A imprensa democrática teria a obrigação moral e política de iniciar uma grande campanha contra o avanço do fascismo político na sociedade.

Mas não o faz, porque ela, a imprensa, não é democrática. A imprensa comercial brasileira tem o DNA da ditadura e do fascismo. Os atuais jornalões consolidaram seu poder durante a ditadura.

Beneficiaram-se da ditadura.

A ditadura matou seus concorrentes. Matou economicamente, politicamente e até mesmo fisicamente.

O Brasil que emerge no pós-ditadura era um sombrio deserto jornalístico, onde meia dúzia de oligarcas nacionais, coligados a algumas dezenas de oligarcas regionais, estabelecem um domínio absoluto sobre o mercado de opinião pública.

A democracia brasileira está órfã na imprensa comercial, que rasgou a pose pró-democrática que adotou durante o final da ditadura e os anos iniciais da redemocratização.

Hoje ela voltou a ser o que é: uma imprensa fascista, golpista, a serviço da preservação dos velhos privilégios de sempre, além de submissa aos interesses do imperialismo americano.

Com Lula e Dilma, a esquerda conseguiu vencer a batalha do estômago. A fome foi vencida no país. Agora vem a batalha mais difícil: a dos corações e mentes, que é onde a direita tem mais poder, por seu domínio sobre os meios de comunicação.

Mais uma vez, é uma batalha de David contra Golias.

Os setores sociais que escaparam da lobotomização midiática, que engoliram a pílula vermelha e decidiram ver a realidade como ela é: uma paisagem sombria e devastada, repleta de conspirações diárias, na qual praticamente todos, absolutamente todos, os fatos jornalísticos são distorcidos com finalidades golpistas, estes setores são minoritários.

Somos poucos diante da manipulação midiática.

Mas estamos aumentando. Enquanto a grande mídia perde audiência rapidamente – e talvez exatamente por isso ela se arrisca mais pela via fascista – a audiência dos blogs e das redes sociais críticas à mídia, cresce.

O crescimento da audiência da blogosfera e das redes sociais críticas à mídia cresce na mesma proporção em que declina a audiência da grande mídia.

Por isso o desespero.

Por isso querem dar um golpe rápido!

Em 2005, éramos alguns gatos pingados. Hoje somos um grupo bem maior.

Quantos somos?

200 mil? 500 mil? 1 milhão? 10 milhões?

A luta política não se dá entre todos os 140 milhões de eleitores. Ela se dá antes num universo bem menor, quiçá um terço disso, ou ainda menos, algo entre 10 a 50 milhões de cidadãos que acompanham a política um pouco mais de perto.

Por isso a grande mídia tem tanto medo dos blogs, e por isso ela faz de tudo para criminalizá-los ou asfixiá-los financeiramente.

As campanhas para que nenhuma estatal, órgão público ou empresa privada anuncie nos blogs é outra vertente do fascismo midiático.

É como se a mídia repetisse o gesto dos pichadores da rua de Jô Soares: BLOGS, MORRAM!

Aliás, não é isso que repetem, em coro, todos os coxinhas, quando comentam nos blogs? .

Sempre que festejam suas vitórias políticas, em geral na esteira do avanço das conspirações midiáticos-judiciais, eles comentam nos blogs: “agora vocês ficarão desempregados, perderão seus patrocínios”.

É como se eles não ficassem felizes com suas vitórias sujas, baseadas em delações forjadas e teorias manipuladas da mídia.

Eles apenas ficam felizes com a perspectiva da eliminação do adversário, de preferência numa câmara de gás.

Entretanto, nunca vencerão completamente. Poderão esmagar nossa economia, fazer sofrer o povo, submeter o país novamente aos ditames de nações estrangeiras.

Mas enquanto restar um fio de consciência, dignidade e independência intelectual no Brasil, haverá sempre resistência.

E dessa resistência resultará nossa vitória.

Porque o fascismo é uma força enorme, terrível, uma doença política que incha rapidamente. Em algum momento, contudo, ele sempre será derrotado.

A história, neste sentido, se repete.

A mídia fascista, portanto, que aproveite bem os seus últimos dias em Paris.

Enquanto vocês festejam os bombardeios diários sobre nossas cidades, a resistência cresce nos subterrâneos.

O nosso dia D ainda vai chegar.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

99 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo Machado

06 de outubro de 2017 às 18h03

Sou um comunista portanto, defendo o enfrentamento com o fascismo, ao identificá-lo, devemos então elimina-lo , somente isso, doa a quem doer. Se doer na direita burguesa Brasileira, que eles sintam cada centímetro de dor em suas peles. O COMBATE A DIREITA É REAL E NÃO TERMINARÁ TÃO CEDO: GARANTO ! Também não gosto de mimimi, sou do Tipo Wladimir Puttin , bater e deixar marcas profundas. Não há mais tempo de ficar alimento o EGO desses meninos bundões de internet, portanto a hora é agora. A DIREITA VAI MORRER , MESMO QUE ISSO DEMORE DEZ ANOS OU MAIS.

Responder

Vitor D Amato Rocha

25 de abril de 2016 às 08h42

É tanta besteira escrita nesse artigo. Nao sei o que é pior de se acreditar:pensar que a pessoa dedique tanto esforco para forjar esse discurso ideologico falso ou pensar que a pessoa pode realmente acreditar na besteira que escreve.

Responder

ulysses freire da paz jr

11 de outubro de 2015 às 20h26

Peço desculpas ao camarada COBALTO, na pressa olvidei mencionar a fonte de seu primoroso blog de onde transcrevi a listagem sobre o NAZISMO : http://desatracado.blogspot.com.br/2015/09/ensaio-sobre-cegueira.html

Responder

Ric

11 de agosto de 2015 às 11h53

Antes governo fascista do que comunista.

Responder

    Miguel do Rosário

    11 de agosto de 2015 às 11h58

    ã???? e onde tem governo comunista, no PT??

    Responder

ulysses freire da paz jr

02 de julho de 2015 às 16h51

Todo desinformado está fadado a CRER em TUDO além de FAZER CORO COM O SOFISMA MIDIÁTICO

Empiricamente a cronologia histórica denota que ÓDIO É UM EXPEDIENTE, UM RECURSO EXCLUSIVAMENTE BOLCHEVISTA – NUNCA FASCISTA !!!!

O que se sabe efetivamente sobre o Fascismo? http://inacreditavel.com.br/wp/einstein-alerta-para-o-fascismo-sionista-em-israel

TODA PROPAGANDA, TODA MENSAGEM MIDIÁTICA de ataque ao fascismo visa exclusivamente defender o SIONISMO e reforçar a aversão ao FASCISMO, “único sistema segundo EZRA POUND com possibilidade de vencer o sistema financeiro internacional, identificado por ele como a causa principal dos problemas do mundo. POUND atribuía a culpa pelos conflitos à finança internacional, e acusou o Judaísmo norte-americano de haver criado o Bolchevismo: “Esta guerra não nasceu de um capricho de Hitler (NAZISMO) ou Mussolini (FASCISMO) ”, afirmou certa vez: “Esta guerra é parte da luta milenar entre usurários e trabalhadores, entre a ‘usurocracia’ e todos os que fazem uma jornada de trabalho honrado com o braço ou com o intelecto”Einstein iguala, pejorativamente, o Nazismo ao Fascismo, jamais mencionando que ambos defendem a cultura popular, a propriedade privada, e um estado forte para poder restrigir as exigências das altas finanças.

Segundo a escritura “Dottrina del Fascismo”, em 1932 após os primeiros anos de experiência de governo, Mussolini, define como doutrina, espírito ou princípios do fascismo resumido todo o conhecimento prático, a sua aplicação e a implementação planejada para o futuro. A partir do programa ausente na emergência do fascismo, registra-se uma visão de mundo que seviu mais como um guia prático para a ação do que uma filosofia teórica desenvolvida para isso. Uma afirmação centralizada e abrangente : “O Estado fascista é um RESUMO E UNIFICAÇÃO DE TODOS OS VALORES DA VIDA; confere significado à vida de toda população, fomenta seu desenvolvimento e fortalecimento.

Desde a década de XX, a extrema esquerda, conforme orientações da INTERNACIONAL COMUNISTA – uma congregação global de partidos comunistas sob a liderança soviética – emprega o termo ANTI-FASCISMO para combater os vários adversários políticos, sem qualquer associaçao ao Fascismo real. Especialmente o termo FASCISMO HITLERIANO, completamente irrealista quanto ao Nacional Socialismo, e FASCISMO SOCIAL – ensejando a social democracia, revelam a distorção exacerbada. A dicotomia expressa no termo ANTI-FASCISMO foi sempre empregada por comunistas e outros extremistas de esquerda com uma arbitrariedade generalizada proposital para difamar uma gama de adversários além de encontrar parceiros dispostos a apoiarem suas práticas.

O resultado concreto dessa perseguição é até hoje a Indústria Antifa: – centenas de diferentes iniciativas existentes:, grupos e órgãos consultivos, que paralelamente às perseguições às opiniões indesejadas recebem ainda apoio financeiro estatal em causa própria. Aliam-se com esquerdistas radicais antifascistas, que se apresentam como críticos do sistema , mas em verdade servem como infantaria dos poderosos para fazer o trabalho sujo.

“Fascismo” – jamais desenvolveu um dogma e, portanto, nunca quis, tipicamente como fazem os comunistas, perseguir os heréticos; o seu grau de violência 1919-1939 não foi além do que outros – também regimes democráticos, no contexto de guerras civis e coloniais, foram responsáveis . Em nenhum lugar o Fascismo alcançou o número de vítimas gerado pelo terror vermelho “.

Na narrativa do livro ‘DOTTRINA DEL FASCISMO’, entendido como espírito ou fundamentos do fascismo, Mussolini formula resumidamente JÁ em 1932 após as primeiras o início de sua gestão todo o conhecimento prático, sua aplicação e a implementação planejada ao futuro. A partir do programa que faltava, por ocasião do surgimento do Fascismo, registra-se uma VISÃO DE MUNDO em uma concepção mais pragmática que filosófica. A afirmação é central e abrangente: “O ‘Estao Fascista’ como um resumo e unificação de todos os valores que dão um sentido à vida de TODOS OS POVOS fortalecendo-0s por meio do desenvolvimento.”

Fascismo pressupõe um estado totalitário em que o poder é centralizado em um grupo que o exerce. A meta estatal deste poder governamental é o trabalho conjugado e integrado das classes (não um parlamento divergente) da sociedade, visando atingir o bem estar( justiça social) até para os de capacitação limitada e grupos de trabalhadores desorganizados. Também significa uma rejeição ante as exigências das altas finanças ( ou quaisquer outras forças) para transferência de riquezas a forças e grupos que não trabalharam por tais conquistas. TAL PODER simboliza também uma crítica ao sistema usurário. (Ezra Pound) http://www.samamultimidia.com.br/artigo-detalhes.php?id=2612 A propriedade privada, no fascismo, é intocável. A proteção deste poder central através de instrumentos totalitários como polícia secreta e grupos de combate é essencial; eles garantem o estado totalitário, todavía não em causa própria. Igualmente, no Nacional
Socialismo é rejeitada a transferência de riqueza, porém uma conceção a cada cidadão de uma parte equitativa da riqueza nacional, conforme sua participação na produção desta riqueza.

Chauvinismo é a aspiração de um grupo que se supõe escolhido por Deus em detrimento total de outras etnias, outros povos outros grupos.

O Nacional Socialismo quer, ao contrário, desenvolver seu próprio povo convicto que o espírito da humanidade vive em todos os povos e que a perda de um desses povos uma representa uma irreparável perda para a humanidade.

Nacional Socialismo e Chauvinismo não apresentam de forma alguma qualquer semelhança ou parentesco, como Einstein, acima, pretendeu convencer, visto que são diametralmente opostos.

Fonte: https://verbotenesarchiv.wordpress.com/2013/04/04/die-wahrheit-uber-den-faschismus/ A VERDADE SOBRE O FASCISMO

A desinformação é terreno fertil para a disseminação da balela, principal instrumento das forças diabólicas visando adquirir poder suficiente para escravizar e submeter a humanidade às suas taras.

Responder

ulysses freire da paz jr

02 de julho de 2015 às 10h27

Todo desinformado precisa acreditar em TUDO além de FAZER CORO COM O SOFISMA MIDIÁTICO

Empiricamente a cronologia histórica denota que ÓDIO É UM EXPEDIENTE, UM RECURSO EXCLUSIVAMENTE BOLCHEVISTA – NUNCA FASCISTA !!!!

O que se sabe efetivamente sobre o Fascismo? http://inacreditavel.com.br/wp/einstein-alerta-para-o-fascismo-sionista-em-israel

TODA PROPAGANDA, TODA MENSAGEM MIDIÁTICA de ataque ao fascismo visa exclusivamente defender o SIONISMO e reforçar a aversão ao FASCISMO, “único sistema segundo EZRA POUND com possibilidade de vencer o sistema financeiro internacional, identificado por ele como a causa principal dos problemas do mundo. POUND atribuía a culpa pelos conflitos à finança internacional, e acusou o Judaísmo norte-americano de haver criado o Bolchevismo: “Esta guerra não nasceu de um capricho de Hitler (NAZISMO) ou Mussolini (FASCISMO) ”, afirmou certa vez: “Esta guerra é parte da luta milenar entre usurários e trabalhadores, entre a ‘usurocracia’ e todos os que fazem uma jornada de trabalho honrado com o braço ou com o intelecto”Einstein iguala, pejorativamente, o Nazismo ao Fascismo, jamais mencionando que ambos defendem a cultura popular, a propriedade privada, e um estado forte para poder restrigir as exigências das altas finanças.

Segundo a escritura “Dottrina del Fascismo”, em 1932 após os primeiros anos de experiência de governo, Mussolini, define como doutrina, espírito ou princípios do fascismo resumido todo o conhecimento prático, a sua aplicação e a implementação planejada para o futuro. A partir do programa ausente na emergência do fascismo, registra-se uma visão de mundo que seviu mais como um guia prático para a ação do que uma filosofia teórica desenvolvida para isso. Uma afirmação centralizada e abrangente : “O Estado fascista é um RESUMO E UNIFICAÇÃO DE TODOS OS VALORES DA VIDA; confere significado à vida de toda população, fomenta seu desenvolvimento e fortalecimento.

Desde a década de XX, a extrema esquerda, conforme orientações da INTERNACIONAL COMUNISTA – uma congregação global de partidos comunistas sob a liderança soviética – emprega o termo ANTI-FASCISMO para combater os vários adversários políticos, sem qualquer associaçao ao Fascismo real. Especialmente o termo FASCISMO HITLERIANO, completamente irrealista quanto ao Nacional Socialismo, e FASCISMO SOCIAL – ensejando a social democracia, revelam a distorção exacerbada. A dicotomia expressa no termo ANTI-FASCISMO foi sempre empregada por comunistas e outros extremistas de esquerda com uma arbitrariedade generalizada proposital para difamar uma gama de adversários além de encontrar parceiros dispostos a apoiarem suas práticas.

O resultado concreto dessa perseguição é até hoje a Indústria Antifa: – centenas de diferentes iniciativas existentes:, grupos e órgãos consultivos, que paralelamente às perseguições às opiniões indesejadas recebem ainda apoio financeiro estatal em causa própria. Aliam-se com esquerdistas radicais antifascistas, que se apresentam como críticos do sistema , mas em verdade servem como infantaria dos poderosos para fazer o trabalho sujo.

“Fascismo” – jamais desenvolveu um dogma e, portanto, nunca quis, tipicamente como fazem os comunistas, perseguir os heréticos; o seu grau de violência 1919-1939 não foi além do que outros – também regimes democráticos, no contexto de guerras civis e coloniais, foram responsáveis . Em nenhum lugar o Fascismo alcançou o número de vítimas gerado pelo terror vermelho “.

Na narrativa do livro ‘DOTTRINA DEL FASCISMO’, entendido como espírito ou fundamentos do fascismo, Mussolini formula resumidamente JÁ em 1932 após as primeiras o início de sua gestão todo o conhecimento prático, sua aplicação e a implementação planejada ao futuro. A partir do programa que faltava, por ocasião do surgimento do Fascismo, registra-se uma VISÃO DE MUNDO em uma concepção mais pragmática que filosófica. A afirmação é central e abrangente: “O ‘Estao Fascista’ como um resumo e unificação de todos os valores que dão um sentido à vida de TODOS OS POVOS fortalecendo-0s por meio do desenvolvimento.”

Fascismo pressupõe um estado totalitário em que o poder é centralizado em um grupo que o exerce. A meta estatal deste poder governamental é o trabalho conjugado e integrado das classes (não um parlamento divergente) da sociedade, visando atingir o bem estar( justiça social) até para os de capacitação limitada e grupos de trabalhadores desorganizados. Também significa uma rejeição ante as exigências das altas finanças ( ou quaisquer outras forças) para transferência de riquezas a forças e grupos que não trabalharam por tais conquistas. TAL PODER simboliza também uma crítica ao sistema usurário. (Ezra Pound) http://www.samamultimidia.com.br/artigo-detalhes.php?id=2612 A propriedade privada, no fascismo, é intocável. A proteção deste poder central através de instrumentos totalitários como polícia secreta e grupos de combate é essencial; eles garantem o estado totalitário, todavía não em causa própria. Igualmente, no Nacional
Socialismo é rejeitada a transferência de riqueza, porém uma conceção a cada cidadão de uma parte equitativa da riqueza nacional, conforme sua participação na produção desta riqueza.

Chauvinismo é a aspiração de um grupo que se supõe escolhido por Deus em detrimento total de outras etnias, outros povos outros grupos.

O Nacional Socialismo quer, ao contrário, desenvolver seu próprio povo convicto que o espírito da humanidade vive em todos os povos e que a perda de um desses povos uma representa uma irreparável perda para a humanidade.

Nacional Socialismo e Chauvinismo não apresentam de forma alguma qualquer semelhança ou parentesco, como Einstein, acima, pretendeu convencer, visto que são diametralmente opostos.

Fonte: https://verbotenesarchiv.wordpress.com/2013/04/04/die-wahrheit-uber-den-faschismus/ A VERDADE SOBRE O FASCISMO

A desinformação é terreno fertil para a disseminação da balela, principal instrumento das forças diabólicas visando adquirir poder suficiente para escravizar e submeter a humanidade às suas taras.

“Um engano não se torna verdade por meio de ampla divulgação, nem a verdade se torna um engano porque ninguém a enxerga.” M.K.Gandhi

Responder

Ivone Ribeiro

30 de junho de 2015 às 00h33

Povo hipócrita,não foram defender o Brasil,foram defender a hipocresia,a ignorância ,e a elitização de poucos.

Responder

Juca

29 de junho de 2015 às 20h19

Caramba, meu. Esse professor é tão convicto do que disse ao articulista que nem autorizou a publicação do seu nome no post. “O fascismo no Brasil está crescendo, cafezinho, mas essa informação é em off”. Vocês são uns comédias. Deixa de mimimi, rapaz. Perdeu!

Responder

    Miguel

    30 de junho de 2015 às 00h42

    O prof deu uma palestra, então está bem seguro do que falou. Eu não o citei porque peguei a info de terceiros, e fiquei de entrevistá-lo mais adiante. Até onde eu sei quem perdeu aqui foram os coxinhas, tanto que estão tentando dar o golpe dos derrotados

    Responder

Fernando

29 de junho de 2015 às 15h10

O Facismo não está chegando, ele já estar ai e com toda força. É uma pena que nossa sociedade ainda não aprendeu com a historia o mal que ele faz.

Abraços

Responder

Jose Marcos Guimaraes

29 de junho de 2015 às 16h18

Responder

Leonidas Mendes Filho

29 de junho de 2015 às 12h24

Caro Miguel…

já dizia o poeta: “(…) o fascismo é fascinante e deixa genge ignorante fascinada!”

Eu defendo o enfrentamento, inclusive, no campo deles!

Benjamin certa feita alertou: “nem os mortos estarão salvos se o inimigo vencer…”

Vamos pro o enfrentamento… Nos apressemos, defendamos o que temos, se não, perderemos o que não temos!

Leonidas Mendes Filho
(comunista)

Responder

Cláudia Castro

29 de junho de 2015 às 14h36

Ricardo Zamboni

Responder

Luís CPPrudente

29 de junho de 2015 às 11h10

Lendo o seguinte texto no Vermelho “Natália Viana: A direita abraça a rede” (www.vermelho.org.br/noticia/266362-6) vemos como o pensamento reacionário e fascista vem tomando conta de camadas populares da população, pois eles não conseguem enxergar os avanços sociais, eles só enxergam o que é produzido pela “mídia independente” do Revoltados On Line e outros.

É mais que necessário fazer a democratização do meios de comunicação, pois a grande mídia se posicionou pelo atraso e pela barbárie e dão fomento ao fascismo da “mídia independente”. É necessário também cortar a Bolsa PIG e usar este dinheiro para promover a diversidade cultural do país, mas o Governo Dilma tem medo de fazer isto.

Responder

Luiz Mattos

29 de junho de 2015 às 10h46

Então Miguelito,poucos compreenderam o que ocorria em 2013.Entre os sujos méritos ao Eduguim.

Responder

Nelson Roberto

29 de junho de 2015 às 12h52

O Fascismo bate a nossa porta, Desdenha do Direito, da Cidadania e da Justiça!!!!!

Responder

Pablo Goulart

29 de junho de 2015 às 12h35

Alvaro Pacheco

Responder

Ana Letycia Crespo

29 de junho de 2015 às 12h32

Vcs então precisam visitar minha cidade pra deixar o vitimismo de lado. Se todas as pichações fossem levadas em conta como ameaça, fechavam a bodega…kkkk
Sem vitimismos, usem a razão, a pichação é a expressão do indivíduo… Simples assim

Responder

    Janaina

    29 de junho de 2015 às 10h36

    O texto vai além,para uma analise rasa.

    Responder

Adilsonribeirodasilva RibeirodaSilva

29 de junho de 2015 às 12h10

Isto está indo longe demais, começou com política sabe lá onde vai terminar e tem gente que acha que o problema e só político, enquanto uma emissora com centenas de canais de rádio e teve for irresponsável aponto de instigar isto que se vê, precisamos rever o poder e liberdade que ela tem.

Responder

Judson Silva

29 de junho de 2015 às 04h06

A diferenca marcante entre nazismo e facismo ja q ambos sao extremismos de direita, eh o fator racial. Seu comentario foi totalmente um fato lamentável, pensar q no seculo 21 ainda existam mentes obtusas tal qual a sua.

Responder

Judson Silva

29 de junho de 2015 às 03h57

O artigo foi no ponto, sem exageros e sem ódio fundamentalista. Gostei de como ele usou uma palavra q eu uso comumente com meus amigos: narrativa. O q esta levando a midia a discretido total eh a narrativa constante de assuntos, como se tais ja fossem fatos comprovados. E isso nao e so na midia nacional, na midia da lingua inglesa toda semana sai um artigo de lado, aparentemente inócuo, mas sempre tirando o merito e ofuscando as conquistas. A estrada adiante sera ardua e longa, pois estao em sua maioria alinhados na mesma narrativa. Eu noto nas expressoes aqui e acolá onde a expectativa eh q um tem q se definir ou nesta ou naquela posição, onde o meio termo ou mesmo a omissao nao sao fatores relevantes. Uma pena, pois isso eh a definicao de extremismo, ou vc esta comigo ou contra mim, nunca se cogita q eu possa ter minha propia opiniao ou opiniao nenhuma.

Responder

Sergio Rodrigues

29 de junho de 2015 às 02h54

Até quando o Governo continuará aceitando !!!

Responder

Jurgen

28 de junho de 2015 às 23h50

Que texto maravilhoso Miguel. Fico gratificado quando lembro que participei com uma pequena quantia para a continuidade deste Blog.
Grande Abraço

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 23h46

A histeria nazista

Por Jorge Furtado

O clima de histeria fascista, inteiramente criado pela mídia que abandonou o jornalismo para fazer política, em breve produzirá vítimas fatais. Os argumentos racionais se tornaram inúteis, já que muitas pessoas – incrivelmente mal informadas – pensam com o fígado.

No filme Cabaret, de Bob Fosse, Brian (Michael York) fica muito impressionado com a atitude beligerante dos jovens nazistas que agridem um judeu. O nobre Maximiliam (Helmut Griem) diz que ele não se preocupe. “Vamos deixar que eles acabem com os comunistas, depois nós acabamos com eles”. O tempo passa e, num almoço campestre, Brian e Maximilian assistem um jovem nazista cantar uma linda canção patriótica (O futuro me pertence) que contamina a todos, homens e mulheres se emocionam em louvor cívico. Briam comenta: “Você ainda acha que eles podem ser controlados?”. Todos sabem quem tinha razão.

https://www.youtube.com/watch?v=29Mg6Gfh9Co

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/casal-de-imbecis-hostiliza-mantega-e-e-retirado-do-restaurante#comment-679438

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 23h12

Padre e pastor lavam os pés da travesti que se crucificou na Parada LGBT de 2015

Postado em 28 de junho de 2015 às 10:31 pm
Do unisinos:

O Padre Júlio Lancelotti e o pastor evangélico da Igreja Batista José Barbosa Júnior contrariam a leitura tradicional da Bíblia e lavaram os pés da travesti Viviany Belebone como forma de pedir a ela desculpas pelas ameaças e ofensas que sofreu. Viviany se crucificou na Parada LGBT de 2015, em ato que gerou polêmica por parte dos setores conservadores da sociedade.

(…)

Sobre a higiene a transexual disse apenas: “Me sentindo abençoada”. A lavagem aconteceu na tarde deste Sábado (27), em São Paulo.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/padre-e-pastor-lavam-os-pes-da-travesti-que-se-crucificou-na-parada-lgbt-de-2015/

######################

DESABAFA, MATUTO!

Luz, muita luz!

Muito obrigado oh Deus!
Ainda temos alguma réstia de esperança na humanidade!…

Pausa para chorar de emoção!

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia
Brasil

Responder

Janaina

28 de junho de 2015 às 23h09

Ao ler vários comentários feito por “pessoas” contra ao Governo e o desrespeito aos portadores de deficiência física , Idosos , doentes psíquicos entre outros… usam como xingamento.. “seu CEGO” (deficiente visual) Essa VELHA ( idoso) ” Esses esquizofrênicos ( doença psíquica ) ” GORDO ( um corpo físico de uma pessoa ). quem tem algum tipo de deficiência, doença ou por ser gordos são MONSTROS? ASQUEROSOS? Para serem usados como exemplo para ofensa ? Vai alem da IGNORÂNCIA de um ser “humano”. E esses portadores podem se defender? Essa e uma bandeira minha solitária por ter na família dois dessas “deficiência”citada, o que alivia e saber que Eles são muito mais inteligentes e HUMANOS que esses, sim, MONSTROS que ecoam em comentários arrogantes e inúteis. Fui pedir a um desses para pensar antes de escrever tantas ofensas, ele aumentou a dose de ofensas e acrescentava mais absurdos, tenho todas arquivadas. Denunciar ? A Globo publicaria em seus jornais? A VEJA ou NÂO VEJA colocaria em letras GARRAFAIS… INSULTOS E OFENSAS CORREM SEM LIMITES NAS REDES SOCIAIS ….. Não!!!!!! isso também ficaria escondido em suas gavetas dos esgotos.esgotos.

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 22h48

… Pesquisando no link http://www.jornaldepoesia.jor.br/autoria1.html, encontrei algumas considerações bastante relevantes:

segundo Soares Feitosa, o poema ‘No caminho com Maiakovski’ é da autoria de Eduardo Alves da Costa.

Segue mais um excerto do texto:

Agora lhes falo de um outro poema, a rigor um trecho de sermão, ou prédica, de um pastor luterano, alemão, da época do nazismo, Martin Niemöller, ao que parece de 1933 (o poema).

Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista.
Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico.
Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar.

Responder

    Messias Franca de Macedo

    28 de junho de 2015 às 22h51

    [UM EXCERTO DO POEMA]

    No caminho com Maiakóvski

    “[…]
    Na primeira noite eles se aproximam
    e roubam uma flor
    do nosso jardim.
    E não dizemos nada.
    Na segunda noite, já não se escondem;
    pisam as flores,
    matam nosso cão,
    e não dizemos nada.
    Até que um dia,
    o mais frágil deles
    entra sozinho em nossa casa,
    rouba-nos a luz, e,
    conhecendo nosso medo,
    arranca-nos a voz da garganta.
    E já não podemos dizer nada.
    […]”

    Autor: Eduardo Alves da Costa

    Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 22h47

… Ou ainda a primeira música do espetacular show de Zeca Baleiro e Fagner…

https://www.youtube.com/watch?v=Z-WqijtQRYM

Responder

Hannah da Terra

29 de junho de 2015 às 01h14

Os paulistanos estão recebendo o diploma de Analfabetos políticos ..

Responder

Hannah da Terra

29 de junho de 2015 às 01h14

Os paulistanos estão recebendo o diploma de Analfabetos políticos ..

Responder

Gervásio Chaves Nunes Vieira

29 de junho de 2015 às 00h53

texto idiota, para analfabeto.

Responder

    Janaina

    29 de junho de 2015 às 10h43

    Realmente, para quem leu e não entendeu. Não seria questão de analfabetismo, PIOR , o individuo foi alfabetizado mas não sabe interpretar nem rótolos de embalagens.

    Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 21h30

… Em tempos bicudos,

relembrar – e refletir – é preciso!

https://www.youtube.com/watch?v=9qKVJQ7LEvU

Ednardo – A palo seco

Composição de Belchior

######################

Reiteradamente: “A palo seco”, Belchior, Ednardo e Amelinha

SAB, 27/06/2015 – 16:22

Enviado por Odonir Oliveira

Reitero cada palavra cantada por Ednardo, Belchior e Amelinha, da década de 1970 até aos últimos anos… até 2015.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/reiteradamente-a-palo-seco-belchior-ednardo-e-amelinha

Responder

Luiz Mattos

28 de junho de 2015 às 20h59

Palavras não vencerão a guerra que se avizinha por isso cansei, é preciso mostrar aos canalhas que estamos prontos prá luta.

Responder

Fatima Campos

28 de junho de 2015 às 23h39

Aécio afirma que é bobagem MPF cobrar R$ 14 bi desviado do SUS por ele e Anastasia

O senador Aécio Neves (PSDB) chamou nesta sexta-feira, 26, de “bobagem” a ação movida pelo Ministério Público Federal para investigar a falta de repasse, o desvio de R$ 14 bilhões para a área de saúde, entre 2003 e 2012, nas gestões dele e do também senador tucano Antonio Anastasia no governo de Minas Gerais.
“Isto é uma bobagem. Isto já foi arquivado lá atrás. Isto é coisa requentada. Esta é uma discussão que o Tribunal de Contas (do Estado) considerou que estávamos com a razão e nossas contas foram aprovadas”, disse o senador, durante evento em Manaus.

E se fosse com o PT, Aécio classificaria a pedalada como bobagem?

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação civil pública contra o Estado de Minas Gerais por descumprimento da Emenda Constitucional 29/2000, que fixou a obrigatoriedade de os estados aplicarem o percentual mínimo de 12% do orçamento na saúde pública. Segundo o MPF, entre 2003 e 2012, durante as gestões dos governadores Aécio Neves (PSDB) e Antonio Anastasia (PSDB), R$ 9,5 bilhões deixaram de ser aplicados no Sistema Único de Saúde (SUS) por Minas Gerais, quantia que, em valores atualizados, chega a R$ 14,2 bilhões. O MPF pede na ação que o estado crie uma conta-corrente específica para receber os recursos destinados à saúde e estudos técnicos para investir nos próximos anos o que não foi aplicado no setor.

Ou seja, Aécio desvia o dinheiro e quem tem que pagar a conta é o governador Petista

De acordo com o MPF, o governo estadual do PSDB fez manobras contábeis – mais conhecida como pedaladas – para aparentar o cumprimento da EC 29. O resultado, prossegue a ação, “revela-se com as filas extenuantes, a falta de leitos nos hospitais, a demora que chega a semanas e até meses para que o cidadão se entreviste com um médico, a demora na marcação e na realização de exames clínico-laboratoriais, as mortes nas filas”. O MPF aponta que as administrações tucanas entre 2003 e 3012 incluíram nos gastos da saúde “até despesas com animais e vegetais”, já que verbas direcionadas ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e à Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM) foram computadas como gastos com saúde.

Faltando mais de 3 anos para a eleição presidencial, Aécio já esta em campanha eleitoral

Aécio Neves batizou de Caravana da Gratidão a série de viagens que ele vai fazer por Manaus e Parintins. Hoje o tucano visitará obras com o prefeito da capital amazonense e depois irá ao festival dos grupos de boi-bumbá na cidade ribeirinha. Vai fazer discurso, dar tapinhas nas costas e amassar barro

Na agenda de campanha de Aécio, repassada para a colunista Monica Bergamo, consta que, em julho o ex-presidenciável tucano derrotado por Dilma, deve visitar o Sul e, em agosto, o Nordeste.
Helena™

Responder

Elisabete Jardelino

28 de junho de 2015 às 23h25

Afranio Santos Afranio Laercio Cfreitas Joseilton Lima Santos

Responder

Gesse Rodrigues

28 de junho de 2015 às 23h24

É preciso democratizar a midia, não suportamos mais o monopólio e a manipulação da Rede Globo.

Responder

Manoel PeTralha

28 de junho de 2015 às 20h19

Isso já estava claro há vários anos e se evidenciou na jornada das manifestações de 2013.
A safada omissão do PT tem tudo a ver com isso.
O PT deixou seus dirigentes serem imolados em praça pública e ficou quietinho.
Lula apequenou-se e só resolveu e só resolveu agir agora, por ver que sua eleição em 2018 está ameaçada face a criminalização do PT e a possível cassação do registro da agremiação.
Na Alemanha, no início da década de 30, os primeiros atingidos pelos nazistas foram os comunistas e os judeus. Como ninguém reclamou e a maioria esmagadora dos alemães foram conduzidos à imbecilidade nazista, aconteceu o que todos sabem. Só de soviéticos foram mais de 20 milhões de mortos.

Responder

Suzana Kusabara

28 de junho de 2015 às 23h09

Disse e repito: Miguel Do Rosario para porta-voz da presidência. Dilma Rousseff, prestatenção!

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 20h04

Considerações do matuto ‘bananiense’ proferidas originalmente para Ana Maria Schirmer,
que ao ver postados os vídeos escreveu:
“Desculpe eu nem vou olhar . Me irrita!”
Em
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/mantega-e-outra-vez-hostilizado-por-fanaticos-de-direita-em-restaurante-de-sp/

Prezada, generosa e consciente Ana Maria,

há cerca de dois meses, procurei o diretor das Rádios Sociedade 970 AM e Princesa FM 96.9, emissoras da Rede [de Frades] Capuchinhos.
Emissoras católicas [do lucro!].
As mesmas empresas de mídia que retransmitem, todos os dias, o programete panfletário-terrorista ‘MAU Dia Brasil’ do rádio!
Programete fascista, golpista e antinacionalista produzido pelo *boçal [pseudo-]jornalista Alexandre Garcia “dos Marín(hos) do FIFALÃO”!
*e ex porta-voz da ditadura militar
Falei:
“Frei, o jornalismo implementado pelas emissoras de rádio sob a tutela do senhor é execrável!
Frei, se – qualquer dias desses – alguém defender e/ou demonstrar simpatia pela presidente Dilma Rousseff e/ou ao [eterno] presidente Lula e/ou ao Partido dos Trabalhadores, e, em razão deste fato, ser morto e esquartejado em praça pública… Frei, caso essa iminente tragédia aconteça, fique o senhor sabendo que a linha editorial do jornalismo difundido pelas emissoras de rádio em tela terá grande parcela de (ir)responsabilidade…”

Dileta amiga Ana,
o resultado do colóquio:
As emissoras de rádio da Rede Capuchinhos de Comunicações são emissoras católicas!
Católicas do lucro!
Sendo que, rigorosamente, são [reles] concessionárias públicas do estado brasileiro!
No entanto, propagam a apologia ao golpe!
Através das ondas potentes do rádio!

Lamentável!
A barbárie e a contemporânea pré-Idade Média é aqui!
Para deleite &$ usufruto da [eterna] Casa Grande!

Triste ‘braZ$il’!

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Roberto Costa Melo

28 de junho de 2015 às 22h46

Coxinhas idiotas… Todos são assim… Basta ajudar a um pobre p eles tentarem linchamento

Responder

Isabel Cristina Rodrigues Cesar Teixeira

28 de junho de 2015 às 22h28

Pessoas ainda tem na alma marcas do nazifascismo e ignoram a história e a morte de tantos inocentes

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 18h49

VÍDEO ESTARRECEDOR
A barbárie, o regime fascista e a contemporânea pré-Idade Média é aqui no ‘braZ$il’ da [eterna] oPÓsição representante da nefasta e famigerada Casa Grande!

https://www.youtube.com/watch?v=w4C1GmfK46M

Premonição e/ou mediunidade do conspícuo, perspicaz e impávido jornalista Miguel do Rosário?!

#######################

Casal de imbecis hostiliza Mantega e é retirado do restaurante

DOM, 28/06/2015 – 18:23

Por conspícuo e impávido jornalista Luis Nassif

O fato ocorreu no restaurante Aguzzo, em Pinheiros.

Seria interessante saber da identidade desses marginais, para expô-los em seus ambientes sociais e de trabalho, animais que comprometem a imagem de São Paulo.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/casal-de-imbecis-hostiliza-mantega-e-e-retirado-do-restaurante#comment-679239

Responder

    Messias Franca de Macedo

    28 de junho de 2015 às 21h01

    … Guido Mantega um dos mais longevos ministros [Planejamento e Fazenda] da história republicana brasileira.
    Catedrático e economista desenvolvimentista.
    Guido Mantega, respeitosa e humildemente, rogamos:
    perdoai esses(as) imbecis!
    ‘Elles(as)’ não sabem o que dizem – e o que fazem!

    Nossa irrestrita solidariedade ao ministro, professor e ilibado ser humano Guido Mantega!

    Felicidades!

    E muito obrigado pelo legado que o senhor deixa ao país!

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias e nacionalistas,

    Messias Franca de Macedo
    Feira de Santana, Bahia
    Brasil – em homenagem ao conspícuo, sapiente e honesto ítalo-brasileiro Guido Mantega!

    Responder

Lucas Rios

28 de junho de 2015 às 21h47

Não é Ascenção. Somente virou moda

Responder

Roney Dutra

28 de junho de 2015 às 21h47

Olívia, Marino, Utymo, Lucas, Rafa, Ulisses, Sérgio, Gerson, Ana, Katia, Elaine…

Responder

    Katia Itioka

    28 de junho de 2015 às 21h59

    Ótimo!

    Responder

    Gerson Lima Duarte

    28 de junho de 2015 às 22h08

    Falei para um amigo enquanto discutia sobre política que caminhamos a largos passos para um mundo de doutrinas de intolerância e intransigência. Ele aborda um prisma deste ponto…

    Responder

    Olívia Andreolli Gonçalves

    29 de junho de 2015 às 16h53

    Muito boa análise. Mas que esse crescimento do facismo é assustador, isso é. Ainda bem que existe a imprensa independente.

    Responder

Ademir Jorge da Silva

28 de junho de 2015 às 21h43

Tenso…mas muito do que foi dito no BLOG é verdade. Uma parte da população elitista saudosista pede a volta da intervenção militar.
A posição da emissora de não defender o apresentador foi de longe uma postura covarde.
O ápice da crise foi o desempenho desastroso do governo em vigor.
Lamentável…

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 18h38

Premonição e/ou mediunidade do conspícuo, perspicaz e impávido jornalista Miguel do Rosário?!

[Ainda sobre os verdadeiros ‘coxinhas’ idiotas subprodutos da ‘opinião publicada’ pelo PIGolpista, irresponsável, fascista, terrorista e, óbvio, [mega]corrupto até a enésima geração de [emissoras] afiliadas!
E de [alopradas(os)] afilhadas(os) também!]

FASCISTAS VOLTAM A ATACAR GUIDO MANTEGA EM SP

https://www.youtube.com/watch?v=A2TYOoOZTcs

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, voltou a ser agredido, quando almoçava, neste domingo, no restaurante Trio em São Paulo; “Ladrão, ladrão, sim senhor, palhaço, sem vergonha, sem vergonha, é isso o que o senhor é”, disse um cidadão, que conseguiu agredir impunemente o ex-ministro; “Estão acabando com esse país. Acabaram com a Petrobras, acabaram com tudo”, disse outro; antes, Mantega já havia sido hostilizado no Hospital Albert Einstein; outro ex-ministro petista, Alexandre Padilha, foi também atacado por um executivo que levou à falência a empresa BRA; recentemente, a calçada do apresentador Jô Soares foi pichada com ameaça de morte; escritor Fernando Morais também recebeu ameaças pelas redes sociais; ódio político, alimentado por meios de comunicação e grupos radicias, se transforma em fascismo à luz do dia; confira as imagens, que serão colocadas à disposição da polícia para identificação dos agressores

28 DE JUNHO DE 2015 ÀS 17:21

(…)

FONTE: http://WWW.BRASIL247.COM/PT/247/SP247/186714/FASCISTAS-VOLTAM-A-ATACAR-GUIDO-MANTEGA-EM-SP.HTM

Responder

Emanoel Ribeiro de Almeida

28 de junho de 2015 às 21h35

Que porcaria!

Responder

Aglaê Guimarães Gueguê

28 de junho de 2015 às 20h21

Gostei… Excelente texto!!!

Responder

Fernando Steinbruch Milman

28 de junho de 2015 às 20h19

O ovo da serpente ficou adormecido, enquanto a desigualdade permaneceu quase intocada dormia. Quando ocorerram alterações significativas, ou pelo menos a perspectiva clara de mudanças, aí a serpente começou a quebrar a casca do ovo.

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 17h09

TODA NUDEZ, INVEJA E ÓDIO FIGADAL DE UMA FASCISTA ANTINACIONALISTA “CHEIROSA”!
E [reles] LACAIA DOS YANKEES, ESCRAVAGISTAS (SIC)

############################

‘Agenda de Dilma começa em NY, onde ela tenta convencer investidores de que Brasil ainda é Brasil

Dilma vai, a crise fica

*Eliane Cantanhêde
[*também conhecida pela famigerada alcunha de [Eliane] TACANHêde ou [Eliane] TUCANêde! A mesma ‘[Terrorista] Rainha da Febre Amarela’! Adendos nossos!]

28 Junho 2015 | 03h 00

A presidente Dilma Rousseff desembarca nos Estados Unidos justamente quando ela e o Brasil estão em baixa e os EUA e Barack Obama estão em alta. Dilma vive de pedalada em pedalada, com Lula jogando pedra, o PT botando casca de banana e o juiz Sérgio Moro na cola de todos eles. Já Obama esbanja seu charme natural e saboreia a reaproximação com Cuba, a vitória do Obamacare na Suprema Corte e o
principal: a recuperação da economia americana.
(…)
A agenda de Dilma começa em Nova York, onde ela tenta convencer empresários brasileiros e investidores estrangeiros de que o Brasil, apesar de tudo (e, cá para nós, dela própria), ainda é o Brasil. (…) Afinal, se o Brasil ainda é o Brasil, os EUA ainda serão a principal potência mundial por décadas.
Na visita oficial a Washington… E os jornalistas americanos? Perguntarão a Obama sobre terrorismo, questões internas, aprovação do casamento gay. Ou seja: não darão a menor bola para Dilma e para o Brasil. Pelo menos, é de praxe.
Dilma encerra a viagem pela bela Califórnia, onde irá à Universidade Stanford, ao Centro de Pesquisas da Nasa e à sede do Google. Se tiver sorte, dará um passeio e tirará boas fotos nos carros inteligentes que o Google, entre outros, desenvolve. Um carro sem marchas, sem espelhos, sem volante – e sem motorista.
Mais ou menos como o atual governo brasileiro, mas não aos trancos e barrancos.
Um conselho para Dilma, porém: ela deve fugir da tentação de sair de bicicleta em Nova York. Entre residentes e turistas, há muitos brasileiros por lá e o risco de ser vaiada é grande. Pior: isso remeterá fatalmente às peripécias de Fernando Collor no Central Park, suado, correndo de manhã até o memorial de
John Lennon, enquanto sua ministra da Economia, Zélia Cardoso de Mello, desfilava de charrete à noite para comunicar ao mundo a paixão pelo colega da Justiça.
A hora é de tentar reverter para a política interna os lucros externos da visita a Obama, sem extravagâncias e riscos desnecessários. Dilma tem 65% de rejeição, só três pontos a menos que Collor às vésperas do impeachment. Que a comparação entre os dois pare por aí.
PS. Por falar em Collor, por que raios a UTC teria doado R$ 20 milhões para o ex-presidente, duas décadas depois do impeachment?

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,dilma-vai–a-crise-fica,1714840

Responder

    Messias Franca de Macedo

    28 de junho de 2015 às 17h23

    PSDB da “massa cheirosa” “da ‘pena amestrada’ Eliane Tacanhêde”!
    https://www.youtube.com/watch?v=yuXgolrKWjA

    Responder

      Messias Franca de Macedo

      28 de junho de 2015 às 17h46

      [PSEUDO-]JORNALISTA ELIANE CANTANHÊDE “DO PIG” E TUCANA DE CARTEIRINHA ‘A RAINHA DA FEBRE AMARELA’!
      Dileto público,
      “O terrorismo e o fascismo mediático a serviço do ‘braZ$il’!”
      ENTENDA

      #################

      Surto que não houve e mortes por vacinação desnecessária
      SEX, 02/11/2012 – 16:10

      Do blogue do jornalista Luis Nassif
      Por O Escritor
      (…)

      FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/surto-que-nao-houve-e-mortes-por-vacinacao-desnecessaria

      Morre em São Paulo a primeira vítima de Eliane Cantanhêde

      sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

      – Eliane Cantanhêde, colunista da Folha de S. Paulo, casada com um publicitário do PSDB.

      “Se na remota hipótese de alguém morrer por tomar desnecessariamente a vacina a Sra.Eliane Cantanhêde vai se responsabilizar? Ou vai culpar o governo de novo?
      (…)
      FONTE [LÍMPIDA!]: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2008/02/morre-mulher-com-suspeita-de-reao.html

      A cara de pau de Eliane Cantanhêde não tem limite

      Por conspícuo e impávido jornalista Antonio Mello
      quarta-feira, 26 de março de 2008

      Estava começando a ler uma postagem do Eduardo Guimarães, quando me assustei com o que ele dizia. Segundo Guimarães, dona Cantanhêde, a esposa do marqueteiro de Alckmin, estava defendendo a cobertura da imprensa no caso da febre amarela.
      Pensei comigo: ela não teria essa cara de pau. E fui, como um perito criminal, ao local do crime, a coluna de Eliane Febre Amarela Cantanhêde.
      Não tenho por hábito ler certos colunistas, porque sempre estou à procura de alguém que possa me trazer informações novas. Pessoas como dona Cantanhêde escrevem sempre a mesma coisa, e ela ainda tem o agravante de um texto fraco. Mas vesti a luva, peguei a lupa e fui à coluna.
      Não é que ela teve a cara de pau mesmo?! Reparem no que diz:
      “A mídia teve um papel fundamental ao alertar a população para o aumento da incidência da febre amarela, seus riscos, o combate ao mosquito e a vacinação. Nunca vai se saber quantas centenas de vidas foram salvas neste país pela ação diligente de jornais, rádios, TVs.”
      Que centenas de vidas foram salvas, Cantanhêde? A epidemia de febre amarela só existiu na sua cabeça e na da imprensa antiLula.
      (…)
      Vá à casa do pai da enfermeira Marizete Borges de Abreu, de 43 anos, o senhor Francisco Borges de Abreu, de 75 anos, e explique a ele que a morte da filha foi – como dizem as bulas – efeito colateral indesejável de sua coluna salva-vidas. Vamos ver o que ele acha.

      FONTE [LÍMPIDA!]: http://blogdomello.blogspot.com.br/2008/03/cara-de-pau-de-eliane-cantanhde-no-tem.html

      Responder

        Messias Franca de Macedo

        28 de junho de 2015 às 17h51

        “O terrorismo mediático a serviço do ‘braZ$il’!”

        Responder

Marina Carvalho Coudry

28 de junho de 2015 às 20h05

Que horror! !! Tenho medo desses fascistas …..

Responder

Tania Saunders

28 de junho de 2015 às 19h47

Jô para cadeia fez parte da corja e roubou nosso dinheiro, gordo safado.

Responder

Tania Saunders

28 de junho de 2015 às 19h47

Jô para cadeia fez parte da corja e roubou nosso dinheiro, gordo safado.

Responder

    Janaina

    29 de junho de 2015 às 10h59

    Xingar uma pessoa, usando “GORDO” isso é preconceito? Qual o problema de uma pessoa ser GORDA? AGORA, PESSOA GORDA !!!!!! E O MESMO QUE “MERDA” ? QUE FEDE? PERGUNTO NOVAMENTE, QUAL O MOTIVO DE DENEGRIR A IMAGEM DE UM GORDO,DEFICIENTE AUDITIVO. QUER XINGAR, PODE XINGAR!!!!! MAS NÃO OFENDA AS PESSOAS COMO ELAS SÃO.

    EM DEFESA DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS E PSÍQUICAS, EM DEFESA AOS IDOSOS E EM DEFESA AOS “GORDOS” ( “OBESOS ) !!!!!!!!!!!! DIGA NÃO AO XINGAMENTO OFENSIVO !!!!!!!!

    Responder

Claudio Teixeira

28 de junho de 2015 às 19h46

PUTZ MIGUEL! (Miguel Do Rosario) QUE TEXTO! VC ESTAVA INSPIRADO MESMO…

Responder

Marcos A. P. Pecci

28 de junho de 2015 às 19h46

não passarão!

Responder

Marcos A. P. Pecci

28 de junho de 2015 às 19h46

não passarão!

Responder

Alex Almeida Gomes

28 de junho de 2015 às 19h40

Excelente texto!

Responder

Alex Almeida Gomes

28 de junho de 2015 às 19h40

Excelente texto!

Responder

Waldeck Jose

28 de junho de 2015 às 19h33

Adorei o artigo! Belo e inteligente contexto!

Responder

Waldeck Jose

28 de junho de 2015 às 19h33

Adorei o artigo! Belo e inteligente contexto!

Responder

Vania Cunha

28 de junho de 2015 às 19h29

Já tem anos que na minha casa a Globo não entra, Nem as revistinhas Veja , etc…

Responder

Vania Cunha

28 de junho de 2015 às 19h29

Já tem anos que na minha casa a Globo não entra, Nem as revistinhas Veja , etc…

Responder

Integralismo VIVE

28 de junho de 2015 às 16h29

Miguel, em breve pessoas como vcs, irão achar o que buscam, espero que no confronto vc esteja nas filas de Stedile, do MST, dos Comunistas, Bolivarianos e Sindicalistas.
Estarei nas linhas das FFAAs, iremos caçar vcs por todo o território nacional, cuidado com as fronteiras de Bolívia e Venezuela, estarão minadas.
Logo, os voos da FAB irão recomeçar, em direção a Trindade, vê se aprende a nadar e a rezar!
Os Gralhas brancas oceânicos agradecem!

Responder

    Miguel do Rosário

    28 de junho de 2015 às 22h06

    Hummmmm provou o que eu escrevi, obrigado

    Responder

    Miguel do Rosário

    28 de junho de 2015 às 22h10

    E pq perseguirão ? Por crime de opinião ?

    Responder

Messias Franca de Macedo

28 de junho de 2015 às 16h22

[Um pouco mais sobre a escrota ‘veja’!]

Quanto cobra um matador profissional?

Tem a forma de um detrito sólido de maré baixa

Publicado em 28/06/2015

https://www.youtube.com/watch?v=mO6i20v02zQ

http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2015/06/28/quanto-cobra-um-matador-profissional/

Responder

Edson Maia

28 de junho de 2015 às 19h11

uma nação de covardes desmemoriados ….

Responder

Edson Maia

28 de junho de 2015 às 19h11

uma nação de covardes desmemoriados ….

Responder

Maria Francelina Sousa

28 de junho de 2015 às 18h52

E esta mídia facista invade nossa casa,

Responder

Maria Francelina Sousa

28 de junho de 2015 às 18h49

O

Responder

Porcina Frota

28 de junho de 2015 às 18h45

Excelente reflexão, Miguel? É isso que queremos para o Brasil????

Responder

Marilena Dorea

28 de junho de 2015 às 18h42

Gente, é preciso ler este texto. Estou ficando assustada. Por favor, preciso está inspirada para processar este fato. Qual a saída?

Responder

Cicero Ferraz

28 de junho de 2015 às 18h21

Marcio Destro, pesquise sobre os “soldados judeus de Hitler e vc verá que o exército nazista era cheio de judeus inclusive oficiais de alta patente!

Responder

    Judson Silva

    29 de junho de 2015 às 04h03

    Eles foram a exceção e nao a norma, use isso como licao de vida: tudo, ate o inimaginavel e possível, inclusive um golpe facista como pregam por ai.

    Responder

Eduardo Andrade

28 de junho de 2015 às 18h08

Os fascistas estão soltos por ai….

Responder

Marcio Destro

28 de junho de 2015 às 17h54

Estranho é que os judeus, sitados no artigo, foram grandes vítimas do fascismo e vejo muitos sobrenomes deste povo, em postos de mando e influência, bem confortáveis em pregar o ódio.

Responder

Edson Alves

28 de junho de 2015 às 17h46

Excelente texto.

Responder

Renata Biscaia

28 de junho de 2015 às 17h45

Antes eu ainda lia alguns cadernos de “O Globo”, como esporte e cultura. Agora nem isso. Perdi o respeito completamente.

Responder

Janaina

28 de junho de 2015 às 14h44

Estamos vivendo em um País em que sair de vermelho você pode ser lixado. As pessoas estão absorvidos pelo ódio que a “MÍDIA ” prega todo dia. A ordem é ÓDIO a quem apoia o GOVERNO.
E VIVA O GORDO!!!! MUITA SAÚDE JÔ !!!!!

Responder

Josias Vicente

28 de junho de 2015 às 17h35

Ja passou da hora da população que não compactua com as safadezas da Globo e as demais que instigam esse terrível sentimento, a fecharem as portas por falta de telespectador….temos a chave dessas portas, o controle remoto…

Responder

    Maria Pereira

    28 de junho de 2015 às 21h50

    Vocês falam da Globo mas ela sempre foi chapa branca faz o mesmo com o PT a globo até omitiu as vaias da Dilma!

    Responder

      Janaina

      28 de junho de 2015 às 21h56

      Omitiu? E as panelas? Ela omitiu? A Globo é um esgoto, assim como a “não VEJA”

      Responder

        Messias Franca de Macedo

        28 de junho de 2015 às 22h33

        … Pesquisando no link http://www.jornaldepoesia.jor.br/autoria1.html, encontrei algumas considerações bastante relevantes:

        segundo Soares Feitosa, o poema ‘No caminho com Maiakovski’ é da autoria de Eduardo Alves da Costa.

        Segue mais um excerto do texto:

        Agora lhes falo de um outro poema, a rigor um trecho de sermão, ou prédica, de um pastor luterano, alemão, da época do nazismo, Martin Niemöller, ao que parece de 1933 (o poema).

        Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
        Como não sou judeu, não me incomodei.
        No dia seguinte vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista.
        Como não sou comunista, não me incomodei.
        No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico.
        Como não sou católico, não me incomodei.
        No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar.

        Responder

    Paulo Cunha

    29 de junho de 2015 às 01h29

    Facistinha medíocre essa Maria

    Responder

Antonio Benedito B Silva

28 de junho de 2015 às 17h28

Quem escreveu morre também

Responder

Lon Martin Wagner

28 de junho de 2015 às 17h24

Fascismo, nazismo=EXTREMA DIREITA, ANOS DE CHUMBO, KLAN, APARTHEID, TUCANALHADA.

Responder

    JB

    28 de junho de 2015 às 16h36

    tucanos são de centro esquerda, e comunismo também é da mesma panela

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com