Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Por que a Operação Zelotes não bate na vice-presidência de Relações Institucionais da Globo?

Por Redação

29 de outubro de 2015 : 22h16

Diretoria de lobby da Globo e Operação Zelotes: tudo a ver

Por Helena Sthephanowitz, para a Rede Brasil Atual

A busca e apreensão na empresa de Luís Cláudio da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente Lula, tentando associar a prorrogação de uma medida provisória de 2009 com um negócio da empresa – de 2014 –, dada a fundamentação frágil que a justifica, parece pretexto para se fazer uma devassa na empresa, na expectativa de se encontrar qualquer coisa que renda manchetes aos portais e jornais. 

Lembra outro episódio mais ou menos recente, quando a promotora Márcia Milhomens Corrêa, do Ministério Público do Distrito Federal, pediu uma devassa sobre telefonemas de um certo local dando apenas as suas coordenadas geográficas. A alegação era investigar uma informação que, logo depois, mostrou ser mais um factoide lançado pela imprensa: o suposto uso de telefone celular pelo ex-ministro José Dirceu, quando estava preso em regime fechado. O problema é que a promotora “esqueceu” de mencionar que as coordenadas geográficas eram do Palácio do Planalto. Ou seja, na prática, a ação possibilitaria bisbilhotar todo e qualquer telefonema na sede da Presidência da República.

Se for para fazer busca e apreensão com bases tão frágeis, os investigadores da Operação Zelotes teriam de dar uma batida na vice-presidência de Relações Institucionais da Globo, pois existem também coincidências interessantes por lá.

“Vice-presidente de Relações Institucionais” é o nome comumente dado no mundo das grandes empresas ao executivo encarregado de fazer lobby junto a autoridades governamentais, parlamentares e, pelo visto recentemente, até nos tribunais e Ministério Público. Quem ocupa o cargo no grupo Globo, desde 2011, é Paulo Tonet Camargo. Uma busca na agenda pública de autoridades do Ministério das Comunicações mostra que Tonet é assíduo frequentador dos gabinetes do ministério. Seu papel é defender interesses das Organizações Globo junto ao governo.

Mas o que chama atenção é o currículo anterior de Tonet. Largou a carreira no Ministério Público do Rio Grande do Sul e, após passar pelo Ministério da Justiça como diretor do Departamento Penitenciário Nacional, de 1995 a 1997, no governo FHC, foi trabalhar na RBS (afiliada da TV Globo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina), onde foi diretor-geral em Brasília e vice-presidente jurídico e institucional, de 1998 a 2011, quando foi promovido para a matriz da Globo.

O cargo na RBS já foi ocupado anteriormente por Augusto Nardes, atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), também implicado pelos investigadores na Operação Zelotes da Polícia Federal.

A RBS é uma das empresas investigadas. Documentos apontam pagamento de propina de R$ 11,7 milhões a um conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) para anular ou reduzir uma vultosa dívida tributária da empresa com a Receita Federal. Pelo cargo de vice-presidente jurídico e institucional que ocupava na RBS, estaria dentro de suas atribuições lidar com esse assunto, a autuação milionária da Receita, além de fazer gestões junto a órgãos públicos no interesse da empresa.

Não fosse um diretor da Globo, esse conjunto de fatos seria prato cheio para repórteres inescrupulosos fazerem ilações e pressão para a Polícia Federal fazer uma devassa em seus endereços e sigilos fiscais, telefônicos e bancários. Mas o fato é que, sem uma evidência mais clara da participação da pessoa na autoria do ilícito, não há base que justifique buscas e quebras de sigilo apenas por cargos que ocupou e negociações de que participou, da mesma forma que se Luís Cláudio não fosse filho de Lula seria preciso algo bem mais concreto do que ilações sobre uma medida provisória necessária para o Brasil, de quatro anos antes, para justificar medidas judiciais invasivas.

Mas Tonet é da Globo. E Luís Cláudio Lula da Silva nem sequer é propriamente o alvo da ação política. O alvo é o pai. Parodiando frase de 1950 de Carlos Lacerda sobre Getúlio Vargas, a perseguição política em curso visa primeiro a que Lula não seja candidato à Presidência em 2018. Se for candidato, que não seja eleito. Se eleito, que não tome posse. Empossado, que seja derrubado.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

61 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jaime Baghá

31 de outubro de 2015 às 21h16

Isto deve ter um comando, gostaria de saber quem ou quais estão por de trás de toda esta orgia e como ela vai acabar.

Responder

Carlos Roberto Pina

31 de outubro de 2015 às 18h26

Por que o Moro e a Policia Federal são uma grande piada!

Responder

Eduardo Santtos

31 de outubro de 2015 às 09h53

Kkkkkkkkkkkk. Adoro ver vcs desesperados.

Responder

Helio Eduardo Pinto Pinheiro

31 de outubro de 2015 às 02h21

A MORAL TÁ ACABANDO….AS COISAS COMEÇAM A FICAR MAIS CLARAS…. ATÉ QUANDO ESSE TEATRO?? E SOBRE FURNAS, HELICÓPTERO DA COCAÍNA, SABESP, METRO DE SP, MENSALÃO DO PSDB, ZELOTES….., ETC, ETC, ETC???? MPF, PF, “JUSTISHSHA”…. VOLTANDO ÁS ORIGENS: ” IMPUNIDADE”!!!!

Responder

Renato Alves Machado

31 de outubro de 2015 às 00h07

A GLOBO É UMA ENTIDADE CRIMINOSA QUE DEVERIA SER EXTIRPADA DA SOCIEDADE!

Responder

Renato Alves Machado

31 de outubro de 2015 às 00h07

A GLOBO É UMA ENTIDADE CRIMINOSA QUE DEVERIA SER EXTIRPADA DA SOCIEDADE!

Responder

Jose Goncalves Ferreira

30 de outubro de 2015 às 22h23

Será preciso gerações para termos ética e moral.

Responder

Pedro Marcos Fraga Silva

30 de outubro de 2015 às 22h19

Esse desespero da mídia golpista, de juízes e da PF não vai adiantar. Lula será eleito no primeiro turno.

Responder

Jader Kleyber Telesforo

30 de outubro de 2015 às 22h00

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Lorena Rousseff

30 de outubro de 2015 às 21h18

Acorda Brasil!

Responder

Gil Rocha

30 de outubro de 2015 às 20h24

Esses caras são o triunvirato do 4º poder da república, ilegítimo, inconstitucional, imoral, mas operam de fato como quadrilha.

Responder

Paulo Bessa

30 de outubro de 2015 às 19h32

DILMA 13, E NAO VAI TER GOLPE E PRONTO….

Responder

Carlito Carlito

30 de outubro de 2015 às 18h11

Na verdade o lulinha é apenas um laranja.

Responder

Luiz Henrique

30 de outubro de 2015 às 17h21

Gente o está acontecendo com o sait o cafezinho quase não temos informações nenhuma hoje o mesmo com carta capital

Responder

Meire Souza

30 de outubro de 2015 às 16h28

A Zelotes tá virando conversa pra boi dormir!

Responder

Antonio Valadão

30 de outubro de 2015 às 15h00

Responder

Elias Moreira da Silva

30 de outubro de 2015 às 14h58

Será que tudo isso é medo do Lula em 2018

Responder

Rogério Maestri

30 de outubro de 2015 às 12h54

Somente um teste

Responder

João Bosco Pacheco

30 de outubro de 2015 às 14h45

São blindados e fazem escárnio.

Responder

Franco Araujo

30 de outubro de 2015 às 14h38

kkkk boa, eita zé…

Responder

Fernando Ferraz

30 de outubro de 2015 às 14h13

Pq estão procurando bonecas…

Responder

Jorge Menezes

30 de outubro de 2015 às 14h01

O objetivo é Lula,faz parte do contexto revirar a vida de qualquer pessoa ligada a ele com argumentos frágeis ou não,os grandes acusados na Zelotes serão deixados de lado em nome de um bem maior que é acabar com o sapo barbudo.

Responder

Ge Munhoz

30 de outubro de 2015 às 13h41

Porque Eles nao sao do PT..óbvio

Responder

Maria Regina Novaes

30 de outubro de 2015 às 13h40

E o pavor do pessoal na zelotes….vai bater em quem precisa!

Responder

Cosme Motta

30 de outubro de 2015 às 13h37

O Cardoso tem que pedir pra cagar e ir embora.

Responder

Jorge Moreira

30 de outubro de 2015 às 13h36

Isso não é investigação…é perseguição !

Responder

Haroldo H Da C Lima Lima

30 de outubro de 2015 às 13h25

Parece que os 20 anos de governo do PSDB está enlouquecendo paulistas.

Responder

Elliel G Barros

30 de outubro de 2015 às 13h10

Estão querendo desviar o foco das investigações! O verdadeiro foco são a grande mídia, bancos, multinacionais e outras grandes empresas, mas sabem que se mudar o foco para atingir a imagem do grande presidente Lula estarão com uma jogada atingindo dois objetivos dessa oposição asquerosa.

Responder

Jorge Vasconcelos de Brito

30 de outubro de 2015 às 12h55

Isso acaba desmoralizando a própria PF. Por que a esposa e a filha de um não é siquer citada e a cunhada do outro vai presa????Responde Morto, responde PF.

Responder

Ramont Barroso Costa

30 de outubro de 2015 às 12h43

Onde esta a diferença entre o filho do Lula e a RBS, Bradesco, Santander, Mitsubishi e outros acusados na Zelotes? Qual a diferença entre 1,5 milhões e 19 Bilhões? Qual a diferença entre um deputado que recebe para votar uma lei, um juiz que vende uma sentença , um promotor e um policial federal que investiga só o que quer, e uma mídia, que para garantir a conta de publicidade ou um jabá , poupa uns em detrimento de outros?

Responder

    Lanna Firmo

    30 de outubro de 2015 às 13h15

    Sera que estão investigando tudo ?Senão deixa de ser investigação vira perseguição.que investiguem tudo mesmo.Pode ser também que a mídia só divulga o que interessa a ela mesmo.alias mídia não informa ela quer é moldar a opinião publica de acordo aos seus interesses.

    Responder

    Mário Alves Ferreira Jr.

    30 de outubro de 2015 às 14h38

    “Pode ser” que a mídia só divulga o que interessa a ela??? Será??

    Responder

    Ivan Brasílico Brasilico

    30 de outubro de 2015 às 15h02

    A grande diferença é que o filho de Lula não está na Zelotes. Estão desviando o caso para uma hipótese e deixando de investigar o que está provado. Basta ler o inquérito que está no site cafezinho para entender.

    Responder

    Seiji Okamoto

    30 de outubro de 2015 às 15h05

    E por que o MPF e a PF ficaram 7 meses em silêncio e agora criam essa operação midiática?

    Responder

    Seiji Okamoto

    30 de outubro de 2015 às 15h10

    A diferença vc acaba de dizer, são esses bilhões q fazem a diferença, vc sinceramente acredita q o MPF e a PF irão bater de frente com esses grupos econômicos e midiáticos se até hoje foram parceiros?

    Responder

Messias Franca de Macedo

30 de outubro de 2015 às 10h41

[FORA DE PAUTA II]

“Vida longa aos Tucanos!” Pela ‘dupla’ Janot, o atual ‘Sonso geral da nação [em frangalhos]’, e até tu Teori?

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Relator da Lava Jato arquiva denúncia contra senador Antonio Anastasia

DE BRASÍLIA

30/10/2015 08h51

(…)

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/10/1700441-relator-da-lava-jato-arquiva-denuncia-contra-anastasia.shtml

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de outubro de 2015 às 10h29

[FORA DE PAUTA!]

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Sinais de jabuti na Zelotes

29 de Outubro de 2015

No despacho em que autorizou as ações realizadas pela PF na segunda (26), que incluíram buscas na empresa de Luís Claudio Lula da Silva, a juíza Regina Celia Ody Bernardes acrescentou uma determinação curiosa, que sugere uma interferência suspeita na condução da Operação Zelotes, aponta a colunista do 247 Tereza Cruvinel; a juíza determina que a autoridade policial informe o juízo acerca das providências tomadas para esclarecer em que circunstâncias ocorreu a visita do delegado da PF Reinaldo de Almeida Cesar Sobrinho ao investigado Fernando Cesar de Moreira Mesquita e o fato de ter sido encontrado na residência do investigado Alexandre Paes relatório de Inteligência Policial da PF; “A ordem faz supor que a juíza suspeita de uma ação do referido policial em favor dos investigados”, avalia Cruvinel; Reinaldo de Almeida foi secretário de Segurança Pública do governo Beto Richa (PSDB), no Paraná, e teria sido indicado pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira; sua participação na Zelotes também chama a atenção pelo fato de ele ser lotado em Curitiba, mesmo a operação sendo conduzida pela Superintendência de Brasília
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.brasil247.com/pt/blog/terezacruvinel/203076/Sinais-de-jabuti-na-Zelotes.htm

Responder

Jose Luiz Torres

30 de outubro de 2015 às 12h15

E a RBS nada?? Ô Gerson!! Tá de brincadeira!!!

Responder

Jose Do Carmo da Silva

30 de outubro de 2015 às 11h57

mas nem o ze cardoso sabe de nada desde as 6 manha esperando o filme e a pf nao fala nada toda sexta tem matine sera que hoje vai ser os netos do lula

Responder

Albaney Guedes Baylão

30 de outubro de 2015 às 11h56

Acabou o amor do cafezinho pela Zelotes? Kkkkkk

Responder

Gugu Mello

30 de outubro de 2015 às 11h53

Cenas da Vida Real !!! muito boa.

Responder

J.P. Lorraine

30 de outubro de 2015 às 09h52

Como disse o Ruy Falcão, o Lulinhazinho é um ” peixinho “, num mar de ” tubarões “

Responder

Vicente

30 de outubro de 2015 às 08h17

Enquanto isso, no meio da lambança de investigar quem não é suspeito, os suspeitos de verdade dão risada com seus bilhões.
A Zelotes, de quase inoperante, passou a adulterada.
Nas contas suíças do HSBC nem se fala mais. Já “prescreveu”.
E a gente ainda tem que aguentar os ignorantes manipulados pela Globo comemorando, dizendo que “agora vão pegar o Brahma”, pensando que sabem do que falam.
É triste ver tudo isso.

Responder

italo

30 de outubro de 2015 às 02h26

Se algum dia as Instituições desconfiarem da mulher do Cunha, D. Mariza está lascada.

Responder

Carlos Hums

29 de outubro de 2015 às 23h50

Matou a charada. Não duvidem de que a PF vai, inclusive, inventar “provas”. A falta de nexo é tão grande da operação que já se permite desde o início ver que ela não quer apurar sonegação, pelo contrário, o objetivo é desviar o foco – não precisa ser conhecedor de direito para entender isso, basta saber raciocinar.

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de outubro de 2015 às 23h29

Um pouco do histórico do *facínora que burlou descarada, criminosa e covardemente o rito das investigações da Operação Zelotes para atingir um dos filhos do [eterno] presidente Lula
*até o bico de Tucano depõe contra o tal “procurador”!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Busca em firma de filho de Lula foi pedida por procurador alheio à operação
Vinícius Segalla
Do UOL, em São Paulo29/10/201519h46
(…)
FONTE: http://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/2015/10/29/busca-na-lft-nao-constava-no-acao-da-pf-e-foi-incluida-por-procurador.htm

https://www.youtube.com/watch?v=R39kNEkG42g

Responder

Mauricio Gomes

29 de outubro de 2015 às 22h34

A direita tupiniquim é uma das mais asquerosas, deploráveis, primitivas, preconceituosas e corruptas do mundo. Não passam de um bando de fanáticos e picaretas que clamam contra a ameaça bolivariana contra a democracia e a favor do combate à corrupção, enquanto marcham e fazem selfies sorridentes com saudosos da ditadura, pastores pentecostauros e corruptos do naipe do achacador com contas na Suíça, Paulinho da Farsa Sindical, Agripino Mala e Aébrio.

Responder

    J.P. Lorraine

    30 de outubro de 2015 às 09h54

    Já a esquerda tupiniquim é a escumalha da política !

    Responder

      Messias Franca de Macedo

      30 de outubro de 2015 às 10h32

      … Vai falar ‘abobrinha’ lá no no blogue do fascista e beócio reinaldo AZEDOvedo!…

      Responder

      Mauricio Gomes

      30 de outubro de 2015 às 11h52

      Apareceu de novo o “Jean Pierre Borraine” (ex-USP-embora duvido que tenha estudado lá por tamanha burrice- e agora nada). Senta numa mandioca seu fracassado golpista!

      Responder

Deixe um comentário