Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Quantos crimes comete Carlos Fernando, procurador da Lava Jato, em entrevista à Globo?

Por Miguel do Rosário

23 de janeiro de 2016 : 12h55

Análise Diária de Conjuntura – Manhã – Edição extraordinária de Sábado

ScreenHunter_378 Jan. 23 11.16

A análise deste sábado não é muito bem uma análise, mas uma denúncia.

A entrevista de Carlos Fernando, um dos procuradores chefes da Lava Jato, ao Globo, infringe tantos itens do Código de Ética do Ministério Público, que chega a dar canseira listá-los.

No Código, há um capítulo sobre atos incompatíveis ou atentatórios com/ao Decoro do Cargo.

Alguns exemplos:

III – desacatar, por atos ou palavras, autoridades e quaisquer outras pessoas
com que se relacione em razão do cargo ou função;

XI – revelar publicamente informações ou documentos submetidos a segredo
de justiça ou manifestar-se publicamente sobre processo ou procedimento vinculado a
outro membro da Instituição;

XVI – discriminar, no exercício das funções, pessoas, por motivo político,
ideológico, partidário, religioso, de gênero, étnico, ou qualquer outro;

XIX – descurar-se do interesse público;

XXXIII – não zelar pela impessoalidade nas relações com a imprensa;

VI – exercer atividade político-partidária;

***

O Código de Ética do MP ainda não foi oficialmente aprovado, por razões burocráticas, mas entendo que a ética é algo a que se deve obedecer não para cumprir a lei, mas por bom senso e dever moral.

Se o procurador não quiser respeitar o Código de Ética que está sendo discutido pela própria instituição em que trabalha, então ao menos respeite a Constituição Federal.

Os procuradores brasileiros são os procuradores mais bem pagos do planeta justamente para isso: para fazer valer a Constituição.

Na Carta Magna, há um capítulo dedicado especialmente ao Ministério Público, sobre o que seus membros podem ou não podem fazer.

Entre as coisas que eles NÃO podem fazer, está lá, bem claro: exercer atividade político-partidária.

Também está na Constituição que eles devem respeitar o Conselho Nacional do Ministério Público, ou seja, obedecer ao código de ética discutido pelo CNMP.

O Procurador não está acusando apenas o governo. Está acusando todo o Congresso Nacional, que tem costurado, junto ao governo, aprovação da lei de leniência e da lei de repatriação de recursos.

Executivo e Legislativo seriam, na acusação do procurador, criminosos.

Que bagunça é essa?

Acusou tem de provar!

Esse procurador não foi eleito, à diferença da presidenta e dos parlamentares. Ele é um servidor público que deve respeitar as autoridades eleitas pelo povo brasileiro e não deve entrar no jogo político-partidário.

Acusar o governo de querer beneficiar corruptos é uma acusação de natureza político-partidária.

Esse procurador deve ser representado no Conselho Nacional do Ministério Público!

Ademais, o procurador está praticando uma odiosa aleivosia.

Os acordos de leniência são um esforço do governo para reduzir um pouco os danos que a Lava Jato provocou à economia brasileira, ao paralisar por quase dois anos centenas, quiçá milhares de obras estratégicas para nossa infra-estrutura.

A lei de repatriação de recursos tem pontos polêmicos, e todos podem criticá-la, mas não um procurador do Ministério Público, e sobretudo não nestes termos!

A lei tem como objetivo trazer ao Brasil dezenas de bilhões de dólares alocados no exterior! É um esforço pragmático do Estado para elevar, com a urgência necessária, a nossa arrecadação fiscal, beneficiando os 205 milhões de brasileiros que precisam do Estado, seja na forma de serviços de saúde e educação, seja na forma de melhores estradas, aeroportos, ferrovias, projetos de energia, mobilidade urbana e infra-estrutura em geral.

Apenas para este ano, a lei de repatrição pode trazer mais de 20 bilhões de reais, ou seja, pode ajudar a sanar o déficit fiscal do ano!

A campanha de setores golpistas do Ministério Público, dos quais este Carlos Fernando é um dos mais tristes representantes, para promover o caos econômico e a crise política é inacreditável!

Empresas não são apenas entidades que pertencem a seus proprietários. São também instituições com função social. A campanha para destruí-las é totalmente anti-ética. É criminosa!

Se um país descobrisse que as suas principais cooperativas de alimentos estiveram envolvidas em corrupção, seus procuradores trabalhariam para destruir essas cooperativas, pondo em risco a segurança alimentar de toda a população?

Se os procuradores fossem como Carlos Fernando, sim.

A corrupção não pode ser combatida através da destruição, como a Lava Jato está tentando fazer, da economia brasileira.

Esses procuradores estão manipulando a necessária luta contra a corrupção em prol de um projeto político-partidário.

O mesmo Carlos Fernando já deixou claro, em diversas outras entrevistas, que o seu alvo é o governo e o PT.

A equipe de Carlos Fernando está tentando ainda uma nova jabuticaba jurídica: incriminar o PT, para destrui-lo politicamente. Só não vai conseguir porque para isso terá de destruir primeiro o PMDB e o PP (os principais partidos envolvidos na Lava Jato), e seria a coisa mais antidemocratica do mundo promover a destruição seletiva de alguns partidos, quando é conhecimento geral que todos eles tem problemas de corrupção.

O crime de Carlos Fernando tem ainda uma natureza perversa, sádica, porque tenta emplacar um projeto político-partidário através de uma deliberada sabotagem da economia brasileira.

Carlos Fernando e sua equipe trabalharam abertamente para destruir milhares de postos de trabalho, e conseguiram.

Só que eles acham pouco. Eles querem mais, com o intuito evidentemente não apenas de piorar a situação econômica, mas de promover também uma crise social e, com isso, jogar a população contra o governo.

Tudo isso, naturalmente, com chancela da mídia, que é, no fundo, a representante maior do golpismo.

Não é por acaso que a sua entrevista aparece na capa do jornal O Globo…

Ora, se é para fechar empresas, então porque não fechar a Globo, se ela praticou crime fiscal?

Ou o procurador não sabe que a Globo cometeu um crime fiscal tão ou mais grave que os crimes da Lava Jato?

Ao invés de dar entrevistas à Globo, o procurador não deveria estar estudando formas de punir a empresa por seus crimes?

Carlos Fernando, ao infringir a Constituição, usando a mídia para fazer um ataque político ao governo e o parlamento, ao se empenhar de maneira tão frenética para impedir qualquer iniciativa do governo para vencer a paralisia econômica causada pela Lava Jato (segundo o FMI) e evitar uma crise social, porta-se como um irresponsável, um mandarim golpista que, bancado com nosso dinheiro, faz de tudo para prejudicar a mesma economia brasileira que lhe paga salários de marajá.

Alguém tem de parar esses loucos!

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

24 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Elizeu Colonheis

25 de janeiro de 2016 às 19h59

Salve os Procuradores Delegados e Juizes da Lava Jato

Responder

Túlio Almeida

25 de janeiro de 2016 às 11h25

Pra não esquecer a motivação do caos.
No fundo de tudo isso (golpe na democracia) se acha petróleo, no fundo do pré-sal. A grande motivação para desestabilizar o governo é o petróleo, então vão agredindo a coluna vertebral do país: A PETROBRAS. O “mercado” tem fome e a fome é tanta que nossos traidores não se importam de entregar nossas riquezas e nem mesmo nossa DEMOCRACIA por migalhas. O petróleo no contexto atual é de imprescindível importância ao país. O meta é o pré-sal, depois o restante. Petróleo é uma “commodity” finita, a desvalorização mundial é temporária e está atendendo interesses geopolíticos, esse preço baixo artificial não se manterá por muito tempo, mas que o manterão para enfraquecer os emergentes, ah isso eles tentarão, os grandes oligopólios estão se alinhando para derrubar os mercados emergentes.
https://www.youtube.com/watch?v=p3fE8ue0ViY Aqui não falam do Brasil por omissão, mas o interesse é claro.
A rede globo junto com o “mercado” externo tenta desvalorizar nossos recursos naturais para retirá-los das mãos dos brasileiros:
https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/210379/Para-Globo-'bilhete-premiado-de-Lula'-pr%C3%A9-sal-%C3%A9-in%C3%BAtil.htm

Responder

Antenor Nicolau

24 de janeiro de 2016 às 22h18

A culpa maior dessa desfaçatez é do governo, q sem saber até onde chegou em suas entranhas a roubalheira, preferiu se fazer de morto enqto esses paladinos do golpismo manobravam com apoio da mídia. Lembrando q essa turma só faz o q faz devido as manifestações de 2013.

Responder

Travis Accs

24 de janeiro de 2016 às 11h53

Por que não se contrata empresas estrangeiras para as obras de infra estrutura, como também de telefonia com a exigência de mão de obra local? Construtoras e telefonia não tem concorrência, por isso deu no que deu!

Responder

Marcelo Alencar

24 de janeiro de 2016 às 02h40

Hahah… Nunca estaria nessa foto!

Responder

Euler

23 de janeiro de 2016 às 22h49

Um cínico e cretino. Quem passa a ideia de que vale a pena roubar são os acordos imorais feitos pela Lava Jato com os bandidos que delataram aquilo que interessa ao complô do Paraná. Em breve estarão todos livres e ricos, demonstrando, aí sim, que vale a pena roubar, enquanto existir este aparato estatal – judicial-policial – a serviço de interesses partidários e golpistas.

Sem acordo de leniência, grandes empresas que geram milhares de empregos e impostos podem falir, causando danos ao país muito maiores do que a corrupção apurada por esta operação midiática-golpista. Seria até interessante, se não fosse prejudicial a todo o país, deixar esses imbecis sem salário por conta da crise que eles estão ajudando a criar. Mas, como se sabe, eles serão os últimos atingidos, e é pelo povo brasileiro que vale a pena empenhar todo esforço para a retomada do crescimento econômico. E isto passa necessariamente pelo desmantelamento desse esquema golpista montado a partir do Paraná, que procura inviabilizar setores estratégicos da economia brasileira.

Uma coisa é prender corruptos, baseado em provas, e não apenas em delações não comprovadas; outra coisa é inviabilizar empresas que geram milhares de empregos, tecnologia, impostos, etc. Esses mauricinhos que têm salário gordo garantido no final do mês não estão nem aí se o país quebrar, causando enormes prejuízos para milhões de famílias, sempre as mais pobres. Essa gente não tem compromisso com o povo brasileiro e se prende a um falso moralismo, ou a um moralismo sem moral e seletivo.

Desafio esses procurados, a PF e o juiz Moro a fiscalizarem qualquer escândalo envolvendo os caciques tucanos, como a Privataria tucana, a compra da reeleição de FHC, a Lista e o mensalão de Furnas, o trensalão de SP, entre outros. Enquanto vocês não tratarem esses escândalos com o mesmo rigor que vocês tratam os esquemas envolvendo PT e PMDB para mim vocês não têm moral para falar em combate à corrupção. Como disse Dilma, não passam de moralistas sem moral!

Responder

Alfonso Tarallo

23 de janeiro de 2016 às 22h56

Não tenho nenhuma simpatia pelo grande capital, mas concordo 100% com a postura do “cafezinho”: estão querendo destruir o Brasil e, com ele, o povo brasileiro!!!

Responder

surreal

23 de janeiro de 2016 às 15h31

O POVO QUER SABER…
Os interessados em destruir o Brasil são: Lavajato e cia, tucanos e mídia entreguista

NENHUM LESA-PÁTRIA SERÁ ESQUECIDO
Tucanos corruptos pensam que são intocáveis, mesmo assim estão no desespero por um “impeachment”, porque todo cuidado é pouco diante de tanto crimes hediondos lesa-pátria praticados por eles, o povo quer que a justiça faça o trabalho e os prendam, é o mínimo.
FHC propina de 100 MILHÕES DE DÓLARES.
Lava jato é movido por mega interesses externos.
LAVA-JATO É SELETIVA,GOLPISTA E FAZ TORTURA PSICOLÓGICA.

ALÉM DE MUITOS POLÍTICOS CORRUPTOS NA CÂMARA E NO SENADO FEDERAL, AINDA TEMOS JUIZES NO STF COMPRADOS PARA TRAIR A NAÇÃO BRASILEIRA. EXISTE UMA GUERRA COMERCIAL CONTRA O BRASIL, COM AJUDA DE POLÍTICOS TRAIDORES E ENTREGUISTAS, O BRASIL POSSUI MUITOS RECURSOS NATURAIS E ESTRATÉGICOS, UM DOS EX.: ENORMES RESERVAS DE PETRÓLEO E ESSE MANIFESTO VEM SE REPETINDO A MAIS DE UM ANO: AGORA INCLUINDO EDUARDO CUNHA COM CINCO DELATORES NAS COSTAS E SEUS COMPARSAS.

O POVO QUER SABER… SE NÃO QUEREM OU NÃO PODEM CHEGAR NOS VERDADEIROS MAFIOSOS TUCANALHAS E ASSOCIADOS DA CÂMARA E DO SENADO, CORRUPTOS SECULARES E NA MÍDIA MÁFIA ANTI-NACIONAL, VERDADEIROS LESA PÁTRIA, QUALQUER OPERAÇÃO DA PF, MP E STF CONTRA A CORRUPÇÃO SERÁ APENAS OPERAÇÃO POLÍTICA COVARDE DESTRUIDORA DE NOSSO POVO E DO BRASIL, PORQUE DESSA FORMA A JUSTIÇA CONTINUARÁ SENDO UMA BALANÇA MUITO DESEQUILIBRADA. O POVO QUER SABER… E OS MAFIOSOS CORRUPTOS TUCANALHAS SOLTOS??? SOLTOS DE INÚMERAS CPIS. ATÉ QUANDO??? ATÉ QUANDO OS CORRUPTOS TUCANALHAS VÃO CONTINUAR SENDO BLINDADOS PELOS JUÍZES E MÍDIA CÚMPLICE MERCENÁRIA SONEGADORA DE IMPOSTOS??? O POVO QUER SABER. ATÉ QUANDO??? OU ATÉ QUANTO??? OU MUITAS EMPRESAS, COMERCIANTES, POLÍTICOS, E AGORA TAMBÉM MILITARES, O POVO BRASILEIRO E A DEMOCRACIA VÃO PAGAR AS PENAS, MENOS O LÍDER DAS CORRUPÇÕES: O PSDB E SEUS PROTEGIDOS DENTRO DA CÂMARA E DO SENADO FEDERAL? ATÉ QUANDO A MÍDIA CRIADORA DE CAOS E SONEGADORA GOLPISTA VAI TRAIR O BRASIL E CONTINUAR IMPUNE???

NENHUM LESA-PÁTRIA SERÁ ESQUECIDO.

A pátria dos traidores é o dinheiro sujo, não importa de onde vem, é dinheiro manchado com o sangue do povo brasileiro.
A MÍDIA PIG SÓ DEFENDE BANDIDOS
http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/211421/Nota-de-rodap%C3%A9-da-Folha-sobre-A%C3%A9cio-j%C3%A1-diz-tudo.htm
http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/211427/Not%C3%ADcia-sobre-A%C3%A9cio-some-da-capa-do-Uol.htm

Valores desatualizados:
https://pbs.twimg.com/media/ByjU66OIEAAxgfh.jpg:large

Responder

Vera Kurizini

23 de janeiro de 2016 às 17h28

Vergonhoso é acreditar em tudo isso. Tem ser muito idiota. Lamentável.

Responder

    Stefan Kuricini

    09 de janeiro de 2019 às 11h03

    sind wir verwandt?

    Responder

Guilherme Coppi

23 de janeiro de 2016 às 17h22

Heberty Luis Alves Marietti

Responder

Decio Victor Ribeiro Lima

23 de janeiro de 2016 às 16h28

Precisamos nos unir contra esta tentativa de golpe judiciária-partidária contra a democracia do país. Bem colocado pelo André Pieroni, não existem santos do outro lado. Cabe a sociedade de modo maduro avançar em mudanças para que situações como estas de corrupção não se sucedam em repartições públicas de todas as instâncias. O fato é que querem repetir o 64 ou 92! e Isto never!!!

Responder

Az Botelho Paiva

23 de janeiro de 2016 às 16h04

É exatamente como diz um Deputado que foi campeão de votos no Rio de Janeiro: “A VERDADE TORTURA”, por isto é bom nem sabê-la. E é por este motivo que os esquerdo/petistas estão tão revoltados com o Procurador Carlos Fernandes. Afinal quem ele pensa que é, para vir jogar um monte de verdades nas nossas caras? Ah para oh!!!

Responder

Zé Antonio Toledo

23 de janeiro de 2016 às 16h04

Fala os absurdos que quiser. Já disse coisas bem piores em outras entrevistas de herói popstar e o governo faz cara de paisagem. Desanima…

Responder

Marcus Vinicius Meschini

23 de janeiro de 2016 às 16h02

O Cafézinho, porra criem coragem, deixem de ser bundas mole e processem o cara.
Vcs falam, dizem saber o que estao falando…. mas……
Bando de bundas mole, cagões

Responder

Rodrigo Figueiredo

23 de janeiro de 2016 às 15h46

Não vi nenhum crime aí!!!!!

Responder

Jorge Espindula

23 de janeiro de 2016 às 15h40

A arca…

No antigo testamento, a arca era onde estava o espírito de Deus e apenas os escolhidos podiam carregá-la.

Os fundamentalistas do judiciário, com essa cara de seminaristas revoltados, acreditam estar cumprindo uma missão divina e se julgam os escolhidos para carregarem a arca.
A arca assim como a verdade e a justiça é deles, só deles.
Até pouco tempo Cunha era o ungido que também ajudava a carregar.

Responder

    Hell Back

    25 de janeiro de 2016 às 01h08

    “(…) acreditam estar cumprindo uma missão (…)”
    Uma missão que o Pentágono planejou. É o golpe paraguaio em andamento.

    Responder

André Pieroni

23 de janeiro de 2016 às 15h39

Existem políticos corruptos, médicos corruptos, policiais corruptos, professores corruptos, engenheiros corruptos, advogados corruptos, empresários corruptos esses caras querem nos fazer acreditar que somente a carreira deles é incorruptível. São os únicos detentores da ética. Ungidos por Deus. Então tá, então.

Responder

João Leite Júnior

23 de janeiro de 2016 às 15h34

Sabe o que e isso? Certeza da impunidade. Certeza que nada, nada mesmo ira acontecer. Simples.

Responder

Fernando Loureiro

23 de janeiro de 2016 às 15h18

Tenho pensado como o saudoso Nelson Rodrigues reagiria diante da onda de “viralatismo” explícito que estamos vivendo. Como era um gênio cunharia (desculpem o “cunha”) uma nova e antológica frase.
Será que a rede esgoto de televisão e os agentes do pior tipo de imperialismo (será que existe o melhor?) não se aperceberam que hoje existe a internet que nos permite identificar a calhordice que tentam fazer com o nosso País?
O Nelson só tinha um defeito: era fluminense. Se fosse Flamengo seria unanimidade nacional.
Fiquemos vigilantes. Como disse o presidente Lula: “o golpe esta morto, mas não enterrado”!!!!!!!

Responder

    Hell Back

    25 de janeiro de 2016 às 01h17

    Por essa razão que ele é o autor da frase: “Toda unanimidade é burra.”

    Responder

Irion

23 de janeiro de 2016 às 13h06

Lamentável! Esses doidos do MPFSDB recebem salários astronômicos (do povo brasileiro) para sabotarem o Brasil em nome de um projeto político-partidário da direita, derrotada nas urnas! Com efeito, alguém tem que enquadrar esses doidos enquanto é tempo! (boa idéia também fechar a Rede Goebbels!)

Responder

Deixe um comentário