Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Lula não teme investigações: rejeita o arbítrio

Por Redação

29 de fevereiro de 2016 : 10h31

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

no Instituto Lula

Em relação à reportagem publicada em 28/02/2016 pela Folha de São Paulo (“Procurador diz que acusados da Lava Jato tentam criar ‘teoria da conspiração”), é preciso esclarecer que o ex-presidente Lula não é réu em nenhuma ação relativa à chamada “Operação Lava Jato” e, portanto, não é “acusado” de nenhuma conduta ilícita.

Dessa forma, as declarações feitas ao jornal na noite de sábado pelo Procurador da República Deltan Delagnol, ao contrário do que afirmam o título e o texto da reportagem, não podem ter qualquer relação com o ex-presidente Lula.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sempre agiu com estrita observância da lei e não teme qualquer investigação, desde que conduzida por autoridade competente nos termos das regras estabelecidas na Constituição Federal e nas leis do País.

Este foi o sentido da representação ao CNMP, parcialmente acolhida, para redistribuição de inquérito no âmbito do Ministério Público de São Paulo, e é o objetivo da ação movida no STF para dirimir o conflito de atribuições entre os MPs Federal e de São Paulo. Lula não teme investigações. Rejeita, como todo democrata, o arbítrio.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Edmilson Porto

26 de março de 2016 às 14h43

CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS! QUE CUMPRA-SE A LEI.

Responder

Maria Rita

29 de fevereiro de 2016 às 22h07

O messiânico mente (que coisa feia, Dallagnol). A lava jato acaba de declarar oficialmente que investiga Lula por denúncia feita pelo deputado Major Rocha (PDSB-AC, da bancada da bala)) com base em reportagem da Veja. Lula foi ao STF para que a justiça decida quem vai investigá-lo – já que todo mundo investiga mesmo. Até as sogras dp FHC. A denúncia é a mesma com o mesmo velho assunto – o sítio e o triplex e o que mais de novo inventarem. Quem falou publicamente isso foi o Messiâncio Dallagnol e a juíza que está com a análise do caso é Rosa Weber, a mesma que foi assessorada pelo Moro no mensalão. As cartas estão na mesa, mais claras do que nunca. Se isso não é perseguição, papai noel existe e é brasileiro, curitibano mesmo. Se isso é justiça, o Brasil está perdido. Nós também.

Responder

Manoel Teixeira

29 de fevereiro de 2016 às 21h20

Lula apequenou-se na CPI do Banestado.
Lula não mandou investigar as privatizacões do governo FHC.
Lula apequenou-se na CPI de Cachoeira.
Lula apequenou-se no caso da República dos Grampos, deixando Demóstenes Torres e e Gilmar Dantas mandaram na República.
Lula apequenou-se ao abandonar os líderes do PT no caso do mensalão.
Agora é tarde, será preso e destruído políticamente e os brasileiros pagarão por isso.

Responder

    Anônimo

    01 de março de 2016 às 20h15

    Legal. Mas não disse nada. Por que será preso. Com provas. Dados oficiais. Documentais. Tem ?

    Responder

renato andretti

29 de fevereiro de 2016 às 12h38

LULA…
O BRASILEIRO!!!!

Responder

Deixe um comentário