Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Planalto: José Eduardo Cardozo deixa Ministério da Justiça

Por Redação

29 de fevereiro de 2016 : 17h54

no Blog do Planalto

Nota à imprensa

A presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deixará a pasta e assumirá a chefia da Advocacia-Geral da União, em substituição ao ministro Luiz Inácio Adams, que solicitou o seu desligamento por motivos pessoais.

Assumirá o Ministério da Justiça o ex-procurador-geral da Justiça do estado da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva.

Assumirá o cargo de ministro-chefe da Controladoria-Geral da União o Sr. Luiz Navarro de Brito.

A presidenta da República agradece os valiosos serviços prestados ao longo de todos estes anos, com inestimável competência e brilho, pelo Dr. Luís Inácio Adams e deseja pleno êxito à sua atividade profissional futura.

Agradece ainda ao ministro-interino da CGU, Sr. Carlos Higino, pela sua dedicação.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria do Carmo

01 de março de 2016 às 09h59

Já vai tarde! O pior ministro da justiça desse país, o pior de todos.

Responder

Octavio

01 de março de 2016 às 08h52

Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Vou empossar um PROMOTOR como Ministro da Justiça. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Vou empossar o Zé Cardoso como ADVOGADO da união. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio. Eu me odeio.

SÓ FALTA COLOCAR O MORO NO STF.

Responder

    Hell Back

    01 de março de 2016 às 15h57

    “Moro no STF”.
    Não dê ideia, porque ela é bem capaz de executar isso.

    Responder

Messias Franca de Macedo

01 de março de 2016 às 00h44

zé puxa PF e Moro pra baixo!

Lula tinha avisado: acabou o Lulinha paz e amor

https://www.youtube.com/watch?v=j5fS8XN48VU

Responder

thila

01 de março de 2016 às 00h22

Vamos esperar que ele não mude a defesa do Adams e ferre a Dilma e Lula de vez.

Responder

Gerson

29 de fevereiro de 2016 às 21h38

O Moro, PF, MP e a Globo vão tentar prender o Lula antes que o novo ministro da justiça assuma o cargo.

Responder

    Octavio

    01 de março de 2016 às 08h55

    Não. Eles vão esperar a posse do Ministro. Afinal, o Ministro é um promotor. Não irá desapontar os colegas.

    Responder

      Hell Back

      01 de março de 2016 às 16h02

      Sim; e além disso, uma das cidades onde atuou chama-se, acreditem, Tucano. (rs)

      Responder

Roberto de Paulo

29 de fevereiro de 2016 às 20h51

Enfim o panaca saiu,a PF chegou a isto por culpa da covardia deste sujeito,os fascistas do psdb, dem,pps,ficaram irados com sua saída,sinal que a Dilma fez o certo,tirando o omisso covarde.

Responder

Irion

29 de fevereiro de 2016 às 20h33

ALELUIA! FINALMENTE!!! (antes tarde do que mais tarde…) Vamos ver se o próximo tem sangue nas veias e dá um jeito de enquadrar a PFdoSDB, que já mostrou que seu único objetivo é perseguir o PT, enquanto faz vistas grossas para as fraturas expostas do PSDB!

Responder

Carlos Roberto

29 de fevereiro de 2016 às 19h34

Fico feliz por finalmente este ilustre republicano e inútil ministro José ser substituído o José foi engolido pela PF, chegou a hora de dar um basta na PF.

Responder

Deixe um comentário