Lançamento do livro “Lawfare: uma introdução”, com Lula

Aventura golpista isola a Nação

Por Redação

21 de outubro de 2016 : 05h05

por Fernando Rosa, em seu blog

O governo golpista ironizou as declarações de Mujica, Cristina Kirchner, Rafael Cortez, Evo Morales e Maduro, entre outros líderes latinos, em protesto ao ilegal afastamento da presidenta Dilma Rousseff. Em seguida, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, arreganhou a dentadura imperial para os vizinhos, ameaçando implodir o Mercosul. A arrogância chegou ao ponto do Ministro da Justiça, Alexandre Moraes, ir cortar galhos de pé de maconha em território paraguaio.

Os golpistas acreditavam que a mídia internacional fora iludida pela retórica petista, e apostavam que a narrativa de golpe se desvaneceria com o passar do tempo. Nesta semana, no entanto, a realidade bateu forte na porta dos golpistas, durante a reunião do BRICS e, depois, no encontro com o governo do Japão. O resultado foi a desmoralização diplomática e política do Brasil em um dos fóruns mais importantes para a inserção mundial do país.

Na reunião do BRICS, o imolação dos golpistas foi pública, com requintes irônicos, como a foto em que todos, menos Temer, aparecem de mãos dadas. O mais grave, no entanto, é o fato de Putin ter realizado reuniões bilaterais com todos os líderes dos países e, novamente, menos com Temer. Um fiasco precedido da divulgação mentirosa de que Putin havia “se encantado” com a PEC 241, a ponto de pedir informações para adotá-la na Rússia.

No Japão, autoridades e empresários reclamaram dos prejuízos bilionários das suas empresas em consequência da Operação Lava Jato. Um dos exemplos, é a Kawasaki, maior fabricante de navios, trens e outros maquinários pesados do Japão, que declarou perdas de R$ 760 milhões com o Estaleiro Enseada, em sociedade com as empreiteiras Odebrecht, OAS e UTC. O Japão tem cerca de 700 empresas instaladas no Brasil, em diversas áreas, do setor elétrico à indústria naval.

A política externa do Brasil tem uma história que não pode ficar exposta a interlocutores sobre os quais pairam suspeitas sobre quem, quais interesses, de fato, eles representam. É natural a desconfiança dos países diante de porta-vozes de um golpe de Estado ao arrepio da Constituição e das eleições nacionais. Um fato agravado por suceder um período em que o país ampliou sua inserção mundial de forma multilateral, herança dos anos sessenta e setenta, em especial.

A tirar pelas imagens e simbologias políticas, mas principalmente pela frustração no terreno dos negócios, o país perderá muito se a aventura golpista não for interrompida. O alinhamento ideológico e geopolítico aos Estados Unidos só trará prejuízos para a economia, para empresários nacionais e para o país. Ainda mais neste momento em que o mundo depois de longos anos está saindo da ditadura imperialista do “mundo unipolar”.

É urgente impedir que interesses externos dividam a Pátria brasileira e comprometam o respeito e o protagonismo internacional do país. O Brasil é um dos países mais importantes na construção de um novo mundo multipolar, com paz e desenvolvimento. Os brasileiros precisam levantar a bandeira da Nação, com um projeto de desenvolvimento do tamanho da nossa história.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gilmario

22 de outubro de 2016 às 20h42

Realmente foi execrado e isolado, o que de fato mereceu e merecerá todas as vezes que sofrer tal tratamento. Mas, a bem da verdade, a foto exibida é apenas um frame de um vídeo (http://video.aljazeera.com/channels/eng/videos/inside-story—building-brics/5172760235001). O início do vídeo mostra todos os líderes de mãos dadas, esse frame exibe apenas o momento em que o Putin libera a mão do dito cujo, portanto, fica fora de contexto.

Responder

FabioPalmeiras

21 de outubro de 2016 às 22h16

Esqueçam… o povinho brasileiro merece o que está acontecendo aqui. Jamais vão enxergar a meleca que fizeram. Isso aqui não tem jeito. Cheguei a acreditar por algum tempo, mas a coisa toda só estava escondida esperando a hora de aparecer. O povo daqui não presta.

Responder

17Abril2016

21 de outubro de 2016 às 12h42

Pois eh cara, so aqui no Brasil que traidor da Patria nao eh execrado. No Brics todo mundo sabe que o m.temer eh informante dos EUA. Por isso ninguem fala nada serio com ele (nem com j.serra).

Responder

Messias

21 de outubro de 2016 às 11h12

Com essa cambada de ladrões não tem como os brasileiros levantar a bandeira.

Responder

Carlucio

21 de outubro de 2016 às 08h15

E uma pena que os coxinhas amestrados e entreguistas não veja o buraco em que vamos cair do pensa em Miami e em dólares deixando o Brasil se explodir não mão dos golpistas o moro já quebrou o Brasil três vezes ele é pior que o Fernando Henrique

Responder

Deixe uma resposta