Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

‘Aecim’ foi o idiota útil – Perdeu de novo em Minas e deu tchau ao sonho de concorrer à presidência

Por Redação

31 de outubro de 2016 : 18h56

De novo, de novo… Aécio e a hora de dar tchau

por Luciana Oliveira, em seu blog

Desde a reeleição de Dilma Rousseff que Aécio Neves se esforça para faturar politicamente com o discurso anticorrupção.

Ele foi “o primeiro a ser comido”, não na Operação Lava Jato como profetizou em gravações com o então ministro Romero Jucá, o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, mas no tabuleiro da política.

Pela segunda vez, perdeu em Minas sô!

Bão dimais!

Aecim foi o idiota útil. O PSDB abocanhou 14 das 19 prefeituras que disputou, mas Aécio perdeu de novo em Minas e deu tchau ao sonho de concorrer à presidência da República em 2018.

Melhor que ver mirradinho o garoto propaganda do golpe, só quando for comido também pelos delatores da Lava Jato.

Quando João Dória sugeriu Geraldo Alckmin como futuro candidato a presidência, Aécio recorreu a uma invenção do PT, a escolha interna por meio do voto: “A prévia é um belo caminho e pode revitalizar o partido”, afirmou o mineiro.

Pode rir, estou rindo.

O PT, naturalmente, foi triturado nas eleições municipais, mas ainda tem seu líder disparado nas pesquisas de intenção de votos para usar a faixa que Aécio tanto deseja.

Se Lula não for preso ou assassinado, porque a história não é escrita em linha reta, porque o PSDB aproveita somente a onda azul de hipocrisia que criou, a esquerda pode retomar o poder com a força do povo.

O que não muda é que pra Aécio é hora de dar tchau!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

C.Poivre

01 de novembro de 2016 às 11h59

Foi um consolo para nós a derrota de aécim de Furnas justamente no único grande colégio eleitoral que ele venceu em 2014. Qualquer derrota deste pilantra asqueroso é um bálsamo para os mineiros:

http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/os-nomes-e-valores-da-lista-de-furnas

Responder

    Ester L. Nepomuceno

    03 de novembro de 2016 às 15h35

    Foi uma gloria mesmo para nós mineiros derrotar este salafrário, noiado, meninão mimado,sem vergonha…..

    Responder

      Ester L. Nepomuceno

      03 de novembro de 2016 às 15h37

      ipi ipi hurra!!!!

      Responder

Josemar Madiba Moisés

31 de outubro de 2016 às 22h32

O povo mineiro é conservador…, mas baniu Áh! É sim, do pó.

Morei lá 10 anos, sei o que digo. Eles tiveram que fazer esse “forfé” todo no país e na sociedade, “macumunados” com a Globo Overseas e os Frias, Civitas e Saad’s, porque sabiam que iriam desaparecer da vida política nacional. Iriam virar o DEM. Que hoje preside a Câmara. Compreende?

Quando a ficha da sociedade cair, verão que o golpe foi pra dar uma sobrevida ao PSDB, não deixar o PMDB virar o PSDB e para tentar descobrir o que está nas mãos dos tribunais e encobrir as falcatruas dos anos FHC que, convenhamos, demorou pra aparecer.

Quando a blindagem caiu, viram que iriam aparecer os podres todos e os desenrolos daqueles anos trágicos em que o Brasil foi três vezes pedir dinheiro ao FMI, vendeu a Vale e começou a germinar a roubalheira que fizeram na Petrobras.

Se o povo de Minas fez isso pra todo mundo ver, em dois turnos, em 2014 e eles enfiaram o Dória, a puço, e tiveram que pagar a fatura do Edir Macedo/Record com a prefeitura o Rio, onde moro agora, você pode ter certeza, a direita esta surfando na espuma… da derrocada da Globo. Quando chegarem na areia nunca mais serão levados a serio e estarão sepultados com a cara pra baixo, como devem ser enterrados o traidores de seus pais.

Uma revolução social se aproxima.

Comecem a olhar acima do muro.

Saiam das cercas mentais.

O futuro é uma maravilha.

Lula semeou em cada um amado desse povo pobre e humilde que trabalha e mantém esse país, toneladas e mais toneladas de Antonio’s Conselheiros…

Olhem para o horizonte e celebrem.

Em cada escola, em cada universidade, a educação se elevará e a sociedade vai dar o braço a torcer. Os golpistas perderão essa batalha…

Não poderão prender, nem torturar todas essas crianças…

A revolução, não será televisionada…, nunca esqueçam disso.

Serão descartados, tal como se faz com lixo.

Ousaram tomar o país e foram expulsos por crianças, se liguem.

#OCUPATUDO

Responder

    Eder Barbosa de Sousa

    01 de novembro de 2016 às 12h33

    Falou bonito, é isso aí. Vejo nos resultados da eleição, espiando por cima do muro, o silêncio de 66% dos eleitores que não foram votar em protesto. MEU VOTO NÃO VALE NADA, VOTAR PRA QUE? Mas a pasmaceira passa. A direita teve o que sempre tem, 34% dos votos, os mesmos votos que Aécio teve no 1º turno em 2014. Na verdade perderam, serão os únicos responsaveis pela desgraceira que vem por aí. Cada vez mais parecido com o PMDB do Cruzado, de Sarney. Depois da desgraceira, virou coadjuvante e golpista.

    Responder

baltazar pedrosa

31 de outubro de 2016 às 21h42

O filhote do Gilmar mendes,e afilhado de Sergio moro o super homem da rede golpe,deu um adeusinho, a vida pública, em minas gerais.há não ser que o PSDB,prepare mais um golpe a nível municipal ou estadual,para relocar o seu o defunto político,o Aecinho das alterosas,mermo sendo super protegido, peço STF,mas o povo que é o que importa não o perdoa jamais,por ser o mentor do golpe,por delapidar furnas,por ser citado por enumeras vezes na lava jato,por não parar na blitze,por que estava bêbado e han,han e por ser tão um mau caráter

Responder

Welbi Maia

31 de outubro de 2016 às 20h49

O PSDB foi o maior vitorioso dessas eleições. O apoio do governador Geraldo Alckmin foi fundamental para eleger prefeitos no primeiro e segundo turno em São Paulo e até em outros Estados. Com isso, se tornou a liderança mais forte e influente do partido. E essa força deve ter muito peso na troca do comando do partido no ano que vem e na definição do candidato à presidência em 2018.

Responder

    J. Esperança

    31 de outubro de 2016 às 22h09

    O PSDêBosta?
    Ah!

    Responder

    Josemar Madiba Moisés

    31 de outubro de 2016 às 22h11

    PSDB maior vitorioso dessas eleições…?!

    Acorda, men…!!!

    Quem lhe garante qualquer urna com Gilmar Dantas Presidente do TSE, e a justiça loteada entre facções?

    Vocês estão dando corda pra esses caras.

    Não há segurança jurídica e nem institucional nesse pais.

    É por isso que esses caras fazem o que querem.

    Os opositores os legitimam. Fica fácil.

    E outra.

    Não se engane.

    O Brasil jamais será de direita.

    Se você estudar bem a história de seus pais um pouco verá que o povo, mesmo, jamais vai pra direita.

    É de sua constituição ancestral.

    Para com essa balela.

    Se prepare pra uma revolução, ou dê adeus à liberdade.

    A ditadura vai cobrir de repressão militar alguns anos à frente….

    Ou se prepare para ver ocupadas todas as escolas desse pais, universidades, praças e centros comunitários.

    Haverá mudanças profundas no tecido social.

    Nem sonhe que o conjunto da sociedade brasileira é Dória e Crivella.

    Espera só a cortina em cima do Moro ruir, pra vocês verem o tamanho do estrago.

    Responder

      C.Poivre

      01 de novembro de 2016 às 12h12

      Não acho honesto um partido se declarar vitorioso visto que não conquistou corações e mentes e sim foi o beneficiário de uma escandalosa blindagem midiático-judicial que protegeu TODOS os grandes ladrões de cofres públicos (e são muitos) abrigados no PSDB enquanto a mídia massacrava sem qualquer imparcialidade os “investigados” do PT. O “sistema de justiça” (mp+judiciário) fez uma intensa campanha de boca-de-urna contra o PT e apresentando o PSDB como um partido puro, feito só de anjos, enquanto o massacre midiático não dava um minuto de trégua. Desse jeito, com apoio e proteção midiático-judicial qualquer partido leva muita vantagem numa eleição mesmo que suas propostas sejam totalmente desconhecidas dos incautos eleitores, ou que simplesmente não existem. No caso do PSDB a ideia é sempre a mesma: assaltar os cofres públicos como fizeram na Privataria Tucana, lavando depois as propinas no Banestado, a compra da reeleição de FHC, mensalão tucano (o original e autêntico), o PROER, o caso Marka-FonteCidam, Suiçalão, Pasta Rosa, e a famosa Lista de Furnas que envolve toda a cúpula tucana nos desvios de dinheiro da Hidrelétrica de Furnas, que não se sabe ao certo quantos anos durou porquê o “sistema de justiça” se recusa a investigá-lo.

      http://www.vermelho.org.br/noticia/282397-1

      Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?