Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Preposto de Michel Temer na Petrobrás tem pressa de entregar nosso patrimônio

Por Miguel do Rosário

23 de maio de 2017 : 14h09

No site da FUP

Enquanto Temer agoniza em praça pública, Parente segue vendendo a Petrobrás
23 de Maio de 2017

Em menos de uma semana, a gestão golpista da Petrobrás colocou à venda dois grandes campos de gás natural no Amazonas, que já estão sendo negociados com empresas estrangeiras. Primeiro foi o Campo de Azulão, na Bacia do Amazonas, cuja venda foi anunciada pela direção da estatal no último dia 16. Agora é o Campo de Juruá, na Bacia do Solimões, que a companhia anunciou ao mercado nesta segunda-feira, 22.

Esses dois campos com “valores significativos de gás natural”, como informa a Petrobrás em seu anúncio, pertencem integralmente à estatal brasileira e agora estão na iminência de serem apropriados pelas multinacionais, que há muito tempo estão de olho nesta região estratégica do nosso país.

Além de se apossarem desses ativos valiosos, as empresas estrangeiras terão a seu dispor toda a logística construída pela Petrobrás na região, podendo, inclusive, utilizar os dutos que interligam o polo produtor de Urucu a Manaus.

Pedro Parente, que assumiu a presidência da estatal pelas mãos de Michel Temer para entregar o petróleo brasileiro aos grupos econômicos que financiaram o golpe, não tem legitimidade alguma para continuar no comando da Petrobrás, doando as riquezas do povo brasileiro. A FUP e seus sindicatos exigem que ele e sua diretoria renunciem e que todas as medidas de sua gestão sejam anuladas.

FUP

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Alexandre Lara

26 de maio de 2017 às 13h30

Será que não é possível mover uma ação judicial contra as ações desse sr. pedro parente (em minúsculas); essa escancarada alienação de um patrimônio que é público, portanto do Povo brasileiro? Nosso judiciário está se apequenando a cada dia ao não se antepor ao processo em que a “nossa” Petrobrás – peça estratégica para construirmos um futuro com ensino e saúde de qualidade para todos os brasileiros e brasileiras, é retaliada pelos golpistas FHC e Temer. Será medo ou conivência?

Responder

jr

24 de maio de 2017 às 08h19

Amazonas na mão dos gringos. Não precisa arma melhor para os americanos tomar conta do Brasil. Eles são capazes de destruir todo o rio em um vazamento de petróleo, além disso, depois de se instalarem lá, é certo que o Brasil perderá se maior Estado. A ganância dos EUA é tão grande, que será uma catástrofe anunciada, aliás eles já tem costume de tomar terras fora de seu país.

Responder

José Cornelio Carvalho de Argolo

23 de maio de 2017 às 21h27

Canalha!

Responder

Laercio Ferreira

23 de maio de 2017 às 20h24

PARENTE DA EXXON , JUNTO NOSSO SERRA , GOSTAM MUITO DO ECO SISTEMAS DA NEO COLÔNIA TANTO QUE ESTÃO ENTREGANDO RIQUEZA DO PAÍS AO GRINGOS , O PRÓXIMO SERÁ O AQUÍFERO GUARANI , QUE SÃO TRILHÕES DE ÁGUA DOCE NO SUBSOLO TEM A AMAZÔNIA DE PINDORAMA ,O CELEIRO DAS COMMODITIES PRA O PLANETA ,E NÓS POVO FICAMOS VER NAVIOS PARTIREM COM NOSSAS RIQUEZAS PRO PAÍSES RICOS??

Responder

Jesus Calixto

23 de maio de 2017 às 18h43

Anderson Dias

Responder

Vanderlei Modesto da Silva

23 de maio de 2017 às 15h11

Perdão, embora eu não goste de nenhum dos dois políticos, mais o inicio da venda dos ativos da Petrobras se deu no governo corrupto da Dilma em março de 2016, e não governo golpista do Temer. A reportagem está sendo um tanto tendenciosa…

Responder

Roselaine Chiari Cesarino

23 de maio de 2017 às 17h39

Canalhas

Responder

Elianne Leall

23 de maio de 2017 às 17h33

Uma vergonha cadê o povo Brasileiro.

Responder

Oliveira Luis Claudio

23 de maio de 2017 às 17h23

Responder

Jozelia Sales Pimentel

23 de maio de 2017 às 17h14

Responder

Deixe um comentário