Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Coletivo Floripa contra Estado de Exceção divulga carta-denúncia contra ministro da Justiça

Por Miguel do Rosário

07 de fevereiro de 2018 : 13h22

Do Coletivo Floripa Contra o Estado de Exceção, enviado por email

ARQUIVAMENTO DA DENÚNCIA DE ABUSO DE PODER
Escárnio, Hipocrisia e Desfaçatez!

O Ministro da Justiça, Torquato Jardim, quer isentar de responsabilidade o Estado e seus agentes na morte do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, que completa quatro meses.

O abuso de poder típico do Estado de Exceção que se abateu sobre a UFSC tem o DNA de agentes públicos da PF, da Justiça Federal, do MPF e da CGU. A posição do ministro Torquato, em entrevista à imprensa nesta semana, poderia ser classificada como parte de uma comédia policialesca, não fosse por tamanho escárnio, hipocrisia e desfaçatez com o princípio constitucional de imparcialidade da Justiça.

O ministro disse ter devolvido o processo de sindicância da PF à família e aos interessados e divulgou conteúdos da “apuração interna” cujo parecer inocenta os acusados e orienta pelo arquivamento por falta de provas. No entanto, a investigação das denúncias de abuso de poder pelos agentes do Estado, entre eles a Delegada da PF Erika Marena, foi claramente viciada por corporativismo e parcialidade.

O ministro age ao estilo dos órgãos e agentes da Ditadura Militar, algozes cujas narrativas imputavam às vítimas a responsabilidade pelas mortes anunciadas nos processos do regime. Em ação corporativista, covarde e irresponsável, o Ministério da Justiça não apurou as responsabilidades de forma imparcial.

Trata-se de uma farsa, sem a mínima preocupação com as aparências, típica de quem se sente intocável por dispor das garantias do regime de exceção legitimado por uma mídia acrítica e servil. Ministro e PF tomaram por base relatório do delegado Luiz Carlos Korff, que também é o responsável pela comunicação daquele órgão e assessorou a delegada investigada na malfadada operação que levou à morte o professor Cancellier. Korff, portanto, fez parte do longo processo de linchamento público da UFSC (iniciado muito antes de setembro de 2017) e dos acusados pela operação Ouvidos Moucos.

Diante disso, mais uma vez, nós, do Coletivo Floripa Contra o Estado de Exceção, exigimos justiça. É inadmissível que o Ministério da Justiça ignore o conjunto de evidências contra os agentes do Estado responsáveis pela operação, denunciadas em inúmeros relatos e artigos, em eventos e sessões públicas nas universidades, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, no Senado Federal e na imprensa nacional e internacional. Mais de 500 cidadãos assinaram nosso Manifesto de denúncia do estado de exceção, incluindo membros das três categorias da UFSC, governadores, senadores, deputados, juristas, acadêmicos de todo o país, jornalistas, advogados, religiosos e lideranças de movimentos sociais e dos direitos humanos.

Apresentamos mais uma vez nossa solidariedade à comunidade universitária e em especial à família de Cancellier, neste momento de luta e dor. Para dar efetividade a essa solidariedade e para exigir justiça, apelamos à UFSC (Reitoria e Conselho Universitário), ao Governador do Estado, à ALESC e seus parlamentares, à OAB e a outras lideranças e personalidades públicas, para que promovam abertura imediata de Processo Civil Criminal de Perdas e Danos, em favor da UFSC e das vítimas, contra o Estado e seus agentes públicos, por sua responsabilização e criminalização em atos de abuso de poder, nos termos encaminhados pelo Ofício ao Reitor pro tempore da UFSC e ao Conselho Universitário, em 6 de Dezembro de 2018 (cópia em anexo).

Florianópolis, fevereiro de 2018.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Professor Mauro

09 de fevereiro de 2018 às 09h58

Paulo Mosaino
Estamos vivendo um Apartheid Judiciário controlado pelo serviço secreto americano desde 2014 uma ingerência da CIA que com ajuda dessa operação de guerra lesa pátria lava jato monitora e planeja os passos do golpe e faz uma feroz espionagem para levar na mão grande, com ajuda de juízes treinados na CIA e um quadrilhao de 300 políticos corruptos, saquear nossas riquezas naturais, obter renúncia fiscal e isenção total de impostos sobre o petróleo que eles roubaram com ajuda dessas figuras sinistras do judiciário medieval e dos políticos do quadrilhao de TEMER, FHC, SENADOR GÂNGSTER AÉCIO, JOSÉ CHIRICO SERRA, ELISEU QUADRILHA, GATUNO MOREIRA FRANCO, EDUARDO CUNHA, GEDDEL VIEIRA e muitos outros políticos corruptos vira latas ladrões de malas de dinheiro, Reis da Extorsão que ajudam os EUA a destruir o país.
O Brasil prdeu 500 bilhões de reais com essa operação de guerra planejada pela CIA que treinou Sérgio Moro e outros juízes do Paraguai para golpear esses países. Eles recriaram uma GESTAPO TUPINIQUIM muito parecida com a do regime do ESTADO NOVO de 1937 quando os chefes do STF daquela época tinham juízes da GESTAPO ALEMÃ em Hamburgo e oficiais da SS alemã tinham regularmente ao Brasil orientar torturas leia o livro A HISTÓRIA DA LAVA JATO Paulo Moreira leite e OLGA do professor Fernando Morais páginas 95 a 102 a GESTAPO GEHEIM STASTS POLIZEI esteve presente no Brasil através do STF JOSÉ LINHARES um nazista declarado.
Como alertou SNOWDEN desde 2011 o Brasil seria ferozmente espionado e impiedosamente golpeado o país ocupava o NONO lugar no mundo agora voltou para o MAPA DA FOME e pasme entregou TODAS suas riquezas naturais com ajuda de entreguistas num golpe judiciário e parlamentar

Responder

Paulo Mosanio

08 de fevereiro de 2018 às 05h20

VIVEMOS UM TAMANHO E TÃODESLAVADO ESTADO DE EXCEÇÃO QUE NÃO SEI MAIS EM QUE TIPO DE ESTADO VIVEMOS. UM ARREMEDO DE DEMOCRACIA COM TONS FORTES DE DITADURA TOGADA, EM QUE POLICIAIS FEDERAIS SÃO PROMOVIDOS POR ATENTADOS AO ESTADO DE DIREITO SOB A MANTA DE SEUS SUPERIORES, EM QUE UMA REDE DE TV SE ACUMPLICIA COMO PODER PARALELO QUE SILENCIA MAUS FEITOS. NÃO SABEMOS MAIS SEQUER DOS PRÓXIMOS PASSOS DO GOLPE. PORQUE QUEREM QUE A NARRATIVA TENHA O FINAL QUE ESCREVERAM

Responder

Professor Mauro

08 de fevereiro de 2018 às 00h55

O reitor preso Chancellier foi algemado e com corrente nos pés foi torturado espancado na coercitiva da medieval inquisitoria operação lava a jato.
Essa operação foi cuidadosamente planejada COMO OPERAÇÃO DE GUERRA para golpear o Brasil entregar o que SOBROU dos DESMONTES das privatarias tucanas remuneradas pelas multinacionais no Banco do Estado do Paraná o ESCÂNDALO BANESTADO abafado peli juiz tucano Sérgio MORO parente dos tucanos fundadores do PSDB no Paraná HILDEBRANDO MORO Osvaldo MALUCELLI MORO e JOEL MALUCELLI esses dois
últimos são banqueiros donos do Paraná Banco, da construtora J MALUCELLI que FEZ um consórcio de OBRAS em Belo Monte e também donos da sinistra BAND NEWS com joao Saad e donos do sinistro GRUPO
MALUCELLI.
Esse juiz tucano Sérgio Moro atuou em muitos processos no Paraná PARA BLINDAR CRIMES TUCANOS;
No caso BANESTADO o propinoduto de MEIO TRILHÃO DE REAIS pagos pelas multinacionais a 300 políticos corruptos obedientes a FHC em troca das 137
privatarias tucanas.
Sergio MORO atuou no caso Garibaldi também blindando políticos picaretas tucanos
Sergio MORO atuou no caso LUIZ ANTONIO PAOLUCCHI secretário das finanças do Paraná que desviou 500 MILHÕES DE REAIS na prefeitura de Maringá pelo corrupto prefeito GIANOTO amigo pessoal de Sérgio Moro e seus familiares. Esses desvios foram feitos com ajuda do Office boy dos tucanos ALBERTO YOUSSEF E OLGA YOUSSEF, ADIR ASSAD E DÁRIO MESSER.
LUIZ ANTONIO PAOLUCCHI FOI PRESO E TEVE A PRISÃO DOMICILIAR DECRETADA PARA QUE FOSSE MORTO. O CORPO DE PAOLUCCHI FOI DEIXADO NUM PORTA MALA DE UM CARRO NO CENTRO DE MARINGÁ
PASMEM O JUIZ SÉRGIO MORO AGIU COMO TESTEMUNHA DO CORRUPTO PREFEITO DE MARINGÁ GIANOTO E O CRIME FOI COLOCADO COMO PASSIONAL POIS ALBERTO YOUSSEF ERA MARIDO DE LUIS ANTONIO PAOLUCCHI
Sergio MORO atuou na operação abafa do caso dos irmãos Palermo Cristiano Palermo e Sólon Palermo que também desviaram dinheiro para campanha tucana eles foram presos na operação CURACAO
Os irmãos tucanos Álvaro dias e Osmar dias tiveram as campanhas financiadas pelo corrupto doleiro Alberto Youssef e eles usaram o JATO de Alberto Youssef nas campanhas tucanas para o SENADO em 2009. SÉRGIO MORO CARLOS FERNANDES SANTOS LIMA RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA, OS DOLEIROS DO PARANÁ
ALBERTO YOUSSEF OLGA YOUSSEF ADIR ASSAD E
DÁRIO MESSER E OS IRMÃOS DIAS E OS MALUCELLI
SAO PRODUTOS GENUINAMENTE TUCANOS

Responder

Professor Mauro

07 de fevereiro de 2018 às 22h18

Marcos você tem razão em 1977 com o golpe militar na Bolívia que derrubou Paz Estensoro pelos generais Natuci Busci e depois esse general foi derrubado pelo general Garcia Meza contava-se muito essa piada de uma visita do sinistro ministro Delfim Neto a Bolívia QUANDO foram apresentados em la paz os ministros o Delfin Neto achou engraçado quando foi apresentado o ministro da Marinha da Bolívia. Delfin Neto indagou; como se a Bolívia não tem mar!!!!!O presidente da Bolívia respondeu; ” CALMA ahi você me apresentou o seu ministro da justiça eu não falei nada!!!”

Responder

Lucy

07 de fevereiro de 2018 às 17h45

REDE GLOBO TIME LIFE, O GANGSTER AÉCIO NEVES, EDUARDO CUNHA, JOSÉ CHIRICO SERRA, ALOÍSIO NUNES, BETO MANSUR, O GATUNO MOREIRA FRANCO, ELISEU QUADRILHA, CAIADO, O SINISTRO MARUN REI DA EXTORSÃO, O GANGSTER ROCHA LOURES, GEDDEL VIEIRA, MARINA SILVA, FHC, OS 300 POLÍTICOS DO QUADRILHÃO DE TEMER SÃO TRAIDORES QUE DEFENDEM OS INTERESSES ESTRANGEIROS: ENTREGA DE RESERVAS NA AMAZÔNIA PARA MINERADORAS ESTRANGEIRAS

ESSA SINISTRA DONA MARINA SILVA É UMA TRAIDORA DO BRASIL ELA É TESTA DE FERRO DE MINERADORAS INGLESAS, DA WWF (DESDE AGOSTO DE 2008) FUNDAÇÃO FORD E DA BP E CHEVRON, FOI PEÇA FUNDAMENTAL NO GOLPE CONTRA DILMA ROUSSEF E NO DESAPARECIMENTO BIOLÓGICO DE EDUARDO CAMPOS E NO ROUBO DOS VOTOS DE CAMPOS REPASSADOS AO SENADOR TRAFICANTE CORRUPTO AÉCIO NEVES (Vide matéria “ALL FACTORS: MARINA SILVA, AECIO NEVES AND EDURADO CAMPOS AERIAL ASSASSINATION IN BRAZIL- CIA TARGETS PRESALT”, WAYNE MADSEN AND EDWARD SNOWDEN EX-CIA AGENT MAN)

http://portugues.larouchepub.com/Boletins/2014/0911-marina_silva.html

MARINA SILVA TORNOUS-E TESTA DE FERRO DOS INTERESSES DA COROA INGLESA NA EXPLORAÇÃO MINERAL DA AMAZÔNIA (RAPOSA SERRA DO SOL E RENCA), ASSIM COMO FHC TORNOU-SE TESTA DE FERRO DA “FUNDAÇÃO FORD” (1970) E DE MEGA ESPECULADORES (FUNDAÇÃO GEORGE SOROS, MILLENIUM GROUP, FUNDAÇÃO ROCKEFELLER E EXXON MOBIL) BANQUEIROS AMERICANOS (1993: WASHINGTON CONSENSE) BEM DETALHADO NOS LIVROS “QUEM PAGOU A CONTA” DE SEBASTIÃO NERY, E “FHC, CRISE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO” , H FONTANA, 1999

https://www.wwf.org.br/index.cfm?uNewsID=16160

JUÍZES NÃO CONCURSADOS: SÉRGIO MORO QUATRO BOMBAS NA AOB E PAMSEM FOI NOMEADO EM 1997 POR UM COLEGIADO DO STF DE FHC SR GILMAR MENDES E ENDOSSADO PELO PGR GERALDO BRINDEIRO: OBJETIVO: ABAFAR OS CRIMES TUCANOS NO “ESCÂNDALO BANESTADO” E BLINDAR OS TREZENTOS POLÍTICOS ENVOLVIDOS E SOLTAR OS DOLEIROS, PASMEM HÁ 20 ANOS ATRÁS SERGIO MORO SOLTOU OS INDICIADOS E PRESOS NA “OPERAÇÃO MACUCO” ALBERTO YOUSSEF, OLGA YOUSSEF, ADIR ASSAD E OUTROS: O “BANESTADO ENVOLVE OS MESMOS POLÍTICOS, OS MESMOS JUIZES E OS MESMOS DOLEIROS” O BANCO DO ESTADO DO PARANÁ – O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS”

FACHIN, ALEXANDRE MORAIS E OS TUCANOS ÁLVARO DIAS E O CHEFE DO QUADRILHÃO MICHEL TEMER

ISSO MESMO ALEXANDRE ATUAOU COMO ADVOGADO DO PCC E FACHIN TAMBÉM NÃO É CONCURSADO, FACHIN ERA ADVOGADO TRIBUTÁRIO EM MARINGÁ NO PARANÁ, ELE FOI COLOCADO NO STF POR INFLUÊNCIA DE ÁLVARO DIAS, ASSIM COMO O EX- ADVOGADO DO PCC E DE MARCOLA SR ALEXANDRE MORAIS FOI NOMEADO PELO GOLPISTA MICHEL TEMER PARA CARGO DE JUIZ DO STF SEM SER CONCURSADO.

RICARDO SERGIO DO OLIVEIRA, PRIMO DE JOSÉ CHIRICO SERRA, E ALEXANDRE BOURGEOIS, GENRO DE SERRA, PHC PAULO HENRIQUE CARDOSO FILHO DE FHC, SÃO OS MAIORES GANGSTERS DA PRIVATARIA TUCANA AGIU COM OS 7O DOLEIROS COMANDADOU ALBERTO YOUSSEF E OLGA YOUSSEF E ADIR ASSAD NO PARANÁ ESCÂNDALO BANESTADO, O MAIOR CRIME DE CORRUPÇÃO DA REPÚBLICA ABAFADO PELO JUDICIÁRIO PARANAENSE ENTRE 1997 E 2002 (MORO SOLTOU YOUSSEF E OUTROS 70 DOLEIROS PRESOS PELO DELEGADO JOSÉ CASTILHO NETO E PLANEJOU A LAVA JATO COM OS MESMOS COLABORADORES E BLINDOU OS MESMOS 300 POLÍTICOS

Empresa de filho de FHC Sr PHC (Paulo Henrique Cardoso) fica sob o mesmo teto de empresas de fachada de Ricardo Sérgio e Verônica Serra

Autor: Amaury Ribeiro Júnior

ISSO EXPLICA AS CONTAS SECRETAS DE FHC E SERRA E OUTROS 300 POLÍTICOS DESCOBERTAS PELO DELEGADO JOSÉ CASTILHO NETO NA “OPERAÇÃO MACUCO” E NA “OPERAÇÃO CAYMAN” EM MARÇO DE 1998 ENTRE ELAS A “CONTA TUCANO”, “CONTA MARÍLIA” E A SINISTRA CONTA SECRETA CH J&T COM SALDOS DE HUM BILHÃO DE DÓLARES NAS ILHAS CAYMAN, BAHAMAS, SUÍÇA E PANAMÁ EM NOME DE FAMILIARES DE JOSÉ CHIRICO SERRA E DE FHC (DAVID ZYLBERSZTAJN E PHC -,GENRO E FILHO DE FHC-, E A SINISTRA SRA VERÔNICA SERRA, ALEXANDRE BOURGEOIS – FILHA E GENRO DE SERRA, E O CORRUPTO SR RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA PRIMO DE SERRA) E TAMBÉM OS IMÓVEIS BILIONÁRIOS DE FHC EM PARIS CHAMPS ELISSES NO VALOR DE 37 MILHÕES DE REAIS, O IMÓVEL EM BARCELONA, O APARTAMENTO NO TOWER TRUMP EM NEW YORK, E OS IMÓVEIS MILIONÁRIOS NA VIEIRA SOUTO NO LEBLON E EM HIGIENÓPOLIS (SÃO PAULO) E A FAZENDA MILIONÁRIA DE FHC EM BURISTIS (MG) OBTIDA DA FAMPILIA DE SERGIO MOTA EM “TROCA DE PROPINAS” TODOS OBTIDOS DAS PRIVATARIAS ATÉ COM UM MEGA AEROPORTO CONSTRUÍDO PELA ODEBRECHT NA FAZENDA EM BURITIS (MG) LOGO

FILHO DE FHC, PHC, FOI O MAIOR BENEFICIADO COM PROPINAS NAS PRIVATARIAS TUCANAS E CONTRATOS COM MULTINACIONAIS

APÓS FHC TER DOADO E ENTREGUE AS SEIS GIGANTESCAS PETROQUÍMICAS DA PETROBRAS (COPENE, BRASKEM, PETROFERTIL, COPESUL, PQU, FAFEN, ETC) PARA O GRUPO TURCO QUATOR E PARA O SINISTRO DONO DO GRUPO ODEBRECHT, AMIGO PESSOAL DE FHC SR EMÍLIO ODEBRECHT, O GRUPO ODEBRECHT TORNOU-SE IO MAIOR GRUPO PETROQUIMICO DO MUNDO.

EMÍLIO ODEBRECHT ESTÁ ENVOLVIDO EM MUITA CORRUPÇÃO NO GOVERNO SARNEY, GOVERNO COLLOR E GOVERNO FHC NAS PRIVATARIAS EM CONLUIO COM O FILHO DE FHC SR PHC

(CONFIRAM NO YOUTUBE “A ODEBRECHT E A MORTE DO GOVERNADOR DO ACRE” ELES PLANEJARAM ATÉ NA MORTE DO GOVERNADOR DO ACRE EM 17/05/1992 APÓS STER DENUNCIADO O ESQUEMA COLLOR PC FARIAS E O QUADRILHÃO DE TEMER EM 1992, EDMUNDO PINTO FOI MORTO COM TIROS NA CABEÇA NA HOTEL DELLA VOLPE). ESSE QUADRILHÃO DOS “300 POLÍTICOS LADRÕES E PICARETAS” SÃO OS MESMOS BLINDADOS POR SERGIO MORO NO CASO BANESTADO (1997 A 2002) E NA SUA DERIVADA LAVA A JATO.
O ESPANHOL NESTOR CERVERÓ, O DESPREPARADO SR ROBERTO COSTA – MAIS FEROZ ALIADO DE FHC NOS DESMONTES E PRIVATIZAÇÕES FRAUDULENTAS, O “TERCEIRIZADOR” TESTA DE FERRO DA SBM SR PEDRO BARUSCO E O CORRUPTO BANQUEIRO FRANCÊS MONSIEUR HENRY PHILLIPE REISCHTULL (FHC TEVE QUE ALTERAR O ESTATUTO PARA NOMEAR O FRANCÊS COMO PRESIDENTE DA PETROBRAS NA ERA FHC CAUSOU MUITA CORRUPÇÃO, INÚMEROS DESASTRES ATÉ A EXPLOSÃO E NAUFRÁGIO DE UMA PLATAFORMA A P-36 QUE AFUNDOU NA BACIA DE CAMPOS EM 15/03/2001), TODOS ESSES “FEROZES ALIADOS NO DESMONTE” FORAM NOMEADOS POR FHC EM 1995 E 1996 PARA FAZER AS 137 PRIVATARIAS TUCANAS, ENTREGA DE RESERVAS DE PETRÓLEO E RECURSOS NATURAIS E OS “APAGÕES” DO SETOR ELÉTRICO E O “ENCOLHIMENTO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA PETROBRAS” EXIGIDOS PELO FMI. SEIS BILHÕES DE AÇÕES PREFERENCIAIS DA EX-ESTATAL PETROBRAS (100% DAS AÇÕES PETR4) FORAM DOADAS POR FHC NO NYSE NA “BACIA DAS ALMAS” EM 10 DE JANEIRO DE 1999, UM PREJUÍZO DE 350 BILHÕES, OS GRINGOS LEVARAM NA MÃO GRANDE O CONTROLE DA MAIOR EMPRESA NACIONAL.

FHC SUPEROU ATÉ CALABAR NO ENTREGUISMO LESA PÁTRIA E NO PLANEJAMENTO E IMPLANTAÇÃO DE UMA PESADA CORRUPÇÃO NOMEANDO FEROZES ALIADOS NO DESMONTE DO ESTADO NACIONAL. OS LIVROS “FHC, CRISE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO”, “A PRIVATARIA TUCANA”, “O MAPA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC”, ”

FHC realizou no seu desastroso desgoverno marcado por milhares de falcatruas, caos econômico, vinte milhões de desempregados, ajuda aos banqueiros, corrupção, maracutaias, planos secretos, assassinatos políticos, desmontes, fraudulentas privatizações e inúmeros esquemas de corrupção principalmente em Minas Gerais no “Mensalão Tucano” e no Paraná “ESQUEMA DE CORRUPÇÃO O PROPINODUTO BANESTADO” (privatarias tucanas remuneradas no Banco do Estado do Paraná, com ajuda de Sergio Moro que entre 1997 e 2002 blindou os 300 políticos propinados pelas multinacionais) um antigo sonho declarado no livro “Dependência e Desenvolvimento da América Latina” (uma colcha de retalhos plagiada por FHC de autores americanos) em entregar as riquezas naturais (petróleo e minérios metais nobres) do Brasil para os EUA e mega especuladores internacionais.

Quando FHC assumiu o ministério das relações exteriores no governo Itamar Franco logo tratou em armar um plano para colocar em prática o DESMONTE DO ESTADO NACIONAL e para fazê-lo FHC tramou uma plano para se eleger usando um “golpe eleitoreiro” levado a cabo pela REDE GLOBO que derrubou o autor do Plano Real ministro da fazenda Rubens Ricupero numa “entrevista emboscada” em meados de 1994, Ricupero caiu por ordens de Roberto Marinho e pasmem, o lesa pátria sr FHC assumiu a “falsa autoria do plano real” para fazer ponte para sua candidatura em novembro de 1994.
Logo ao iniciar o seu governo FHC, ainda em 1995, FHC iniciou os desmontes, privatarias, esquemas de corrupção e propinodutos para REMUNERAR POLÍTICOS OBEDIENTES (BANESTADO NO PARANÁ E O MENSALÃO TUCANO EM MINAS GERAIS e matando os laranjas dos esquemas sra Cristane Aparecida e Sra Mirtes e o policial que investigou os crimes da DHPP de BH Lucas Gomes Arcanjo morto em 26 de março de 2016) e FHC também cumpriu a risca TODAS a exigências do FMI e do famigerado CONSENSO DE WASHINGTON que ele mesmo ajudou a elaborar quando foi ministro das relações exteriores de ITAMAR, crime de lesa patroa que FHC criou com ajuda do funcionário do BANCO FIRST CREDIT SUISSE BANK OF BOSTON O CORRUPTO LESA PÁTRIA SR HENRIQUE MEIRELES em WASHINGTON para entregar o Brasil, e com ajuda do então sinistro funcionário do FMI Sr PEDRO PARENTE que tornou-se O MINISTRO DOS APAGÕES DE FHC EM 1999. Um documento altamente lesivo ao Brasil vazou na mídia no jornal empresarial RR RELATORIO RESERVADO: “PRELIMINARY IDEAS STEP BY STEP FOR A PRIVATAIZATION MASTER PALN IN BRAZIL OF ELETROBRAS GROUP, TELEBRAS GROUP , VALE DO RIO DOCE GROUP, PETROBRAS & PETROCHEMICAL GROUP AND INFRAREO GROUP – CONFIDENTIAL MEMORANDUM- WASHINGTON DC- APRIL 1993” O documento recomendou atos contra os interesses do país e a entrega de 137 estatais de distribuição de energia elétrica justificadas pelos “apagões planejados e sabotagens no setor elétrico brasileiro”, os passos realizados por FHC orientados pelo FMI foram:

A) DESMONTAR O SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO QUE ERA UMA REFERÊNCIA MUNDIAL, FHC TERIA QUE MUDAR ESSA IMAGEM CRIANDO OS “APAGÕES PLANEJADOS” PARA JUSTIFICAR AS PRIVATARIAS TUCANAS DE 38 EMPRESAS DE DISTRIBUIÇÃO NACIONAIS, VENDIDAS NA BACIA DAS ALMAS PARA GRINGOS.

B) RASGAR TODOS OS ACORDOS COLETIVOS DE TRABALHO NA PETRORAS E ELETROBRAS E VALE DO RIO DOCE PARA “PROVOCAR SINDICATROS A GREVES SUICIDAS” E AINDA PERMITIR A NOMEAÇÃO DE FEROZES ALIADOS. FHC MUDOU O ESTATUTO DAS EMPRESAS NACIONAIS PARA NOMEAR ESTRANGEIROS, FHC NOMEOU O DESPREPARADOS SRS SERGIO MACHADO (PSDB-CE) E DELCIDIO DO AMARAL (PSDB-MT) E O SR PAULO ROBERTO COSTA (TUCANO PARANAENSE ALIADO DE FHC) PARA A DIRETORIA DA GASPETRO EM 1995 E 1996, FHC TAMBEM NOMEOU O SINISTRO DIMAS TOLEDO EM FURNAS PARA AJUDAR NOS APAGÕES E NA CRIAÇÃO DO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO CONHECIDO COMO “ESQUEMA DE FURNAS” TENDO NO COMANDO DE AECIO NEVES E CLÉSIO DE ANDRADE.
FHC NOMEOU EM 1999 O ESPANHOL SR NESTOR CERVERÓ NA DIRETRORIA INTERNACIONAL PARA TERCEIRIZAR E ENTREGAR AS AÇÕES NA BOLSA DE NY, NOMEOU O ITALIANO BARUSCO PARA INICIAR A QUARTEIRIZAÇÃO E OS AFRETAMENTOS E PASMEM FHC TAMBÉM NOMEOU O CORRUPTO BANQUEIRO FRANCÊS DIRETOR DO SINISTRO BANCO PARIBAS, EX DONO DO BANCO SBA, PASME, PARA A PRESIDÊNCIA DA PETROBRAS, NESSE PERÍODO OCORRERAM GRANDES DESASTRES PELA AÇÃO DE REISCHTULL E O GENRO DE FHC O CORRUPTO SR DAVID ZYLBERSZTAJN E A DOAÇÃO DE SEIS BILHÕES DE AÇÕES DA PETROBRAS NA BOLSA DE NEW YORK

C) EM DEZEMBRO DE 1996 FHC CONFISCOU TODOS OS MAPAS DE PETRÓLEO DA PETROBRAS E ENTREGOU MILHARES DE MAPAS PARA O CORRUPTO GENRO DAVID ZYLBERSZTAJN QUE OS NEGOCIOU COM AS PETROLÍFERAS ESTRANGEIRA USANDO A EMPRESA “DZ ENERGIA” COMO FACHADA E O ESQUEMA BANESTADO NO PARANÁ TUDO ABAFADO PELO JUIZ SERGIO MORO E CARLOS FERNANDES SANTOS LIMA QUE TINHA A ESPOSA FUNCIONÁRIA DO BANESTADO ELA ATUAOU CO ALBERTO YOUSSEF NAS LAVAGENS DO PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS

D) FHC CRIOU EM 1995 UMA MAQUIAVÉLICA “TEIA DE PROTEÇÃO JUDICIÁRIA” NO STF COM GIMAR MENDES E NA PGR COM GERALDO BRINDEIRO (PRIMO DO VICE SR MARCO MACIEL) PARA ABAFAR E ENGAVETAR TODOS OS CRIMES DE CORRUPÇÃO E AS PRIVATARIAS TUCANAS” NOMEOU UM ADVOGADO TRIBUTÁRIO NO PARANÁ, QUE FPOI NOMEADO POR UM COLEFIADO VIRANDO UM “JUIZ SEM TOGA, NÃO CONCURSADO”, NO PARANÁ . FHC E JAIME LERNER, GILMAR MENDES E GERALDO BRINDEIRO ESCOLHERAM O SINISTRO SR SERGIO MORO, QUE NEM SEQUER TEM OAB ELE FOI A PEÇA PRINCIPAL NA “TEIA DE PROTEÇÃO JUDICIÁRIA”! DO EECANDALO BANESTADO. EM MARÇO DE 1999 0O DELEGADO JOSÉ CASTILHO NETO DESCOBROU O ESQUEMA DE CORRUPÇÃO MAIOR DA REPÚBLICA O ESQUE,A BANESTADO E PRENDEU 70 DOLEIROS E INDICIOU 300 POLÍTICOS CORRUPTOS PROPINADOS PELAS MULTINACIONAIS NO BANESTADO. COUBE A SERGIO MORO SOLTAR TODOS OS 70 DOLEIROS E BLINDAR OS 300 POLÍTICOS DO QUADRILHÃO DE MICHEL TEMER, SERRA E O PRIMO RICARDO SÉRGIO E O GENRO ALEXANDRE BOURGEOIS E A FILHA VERÔNICA SERRA, EDUARDO CUNHA E FHC NAS PRIVATARIAS NO ESQUEMA BANESTADO.

https://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2011/12/09/a-privataria-tucana-conheca-ricardo-sergio-de-oliveira/

E) VINTE ANOS MAIS TARDE O MÊS MO JUIZ SOBRINHO DE OSVALDO E LIAGDO AOS TUCANOS NO PARANÁ SR SERGIO MORO PLANEJOU E CRIOU A LAVA JATO. OS TIOS DE SERGIO MORO SÃO OS DONOS DO PARANÁ BANCO, DA REDE GLOBO DO PARANÁ E DO GRUPO J MALUCELLI E TAMBÉ SÃO OS FUNDADORES DO PARTIDO DOS TUCANOS NO PARANÁ E AINDA SÃO OS SUPLENTES DOS TUCANOS IRMÃOS METRALHA ALVARO DIAS E OSMAR DIAS. ALVARO DIAS E OSMAR DIAS USARM O JATO DE ALBERTO YOUSSEF NAS CAMPANHAS PARA O SENADO E O DINHEIRO DESVIADO PELO ADVOGADO SÓCIO DE MORO SR LUIZ ANTONIO PAOLICCI QUE FOI MORTO. ALVARO DIAS E OSAMAR DIAS ELEGERAM SEUS SUPLENTES O SRS HIDELBRANDO MORO, JOEL MALUCELLI E OSVALDO MALUCELLI MORO, OS DONOS DO PARANÁ E PARENTES DE SERGIO MORO.
F- VIDE REPORTAGEM PRAGMATISMO POLÍTICO: DELATOR FERNANDO BAIANO DENUNCIA O FILHO DE FHC EM PESADIO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NOS CONTRATOS COM AS TERMELÉTRICAS NA ÉPOCA DOS “APAGÕES PLANEJADOS DE FHC”.
https://www.pragmatismopolitico.com.br/…/delator-cita-filho…
BIBLIOGRAFIA:
1- LIVRO: “A OUTRA HISTÓRIA DA LAVA JATO”, Paulo Moreira Leite
2- LIVRO – “FHC, CRISE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO- O CAMINHO DAS CONTAS SECRETAS TUCANAS”, 1999, H Fontana
3- LIVRO “A PRIVATARIA TUCANA”, Amaury Junior
4- LIVRO ” O MAPA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC” Larissa Burtone
5- LIVRO “A PÁTRIA PEDE SOCORRO” brigadeiro Ivan Frota, 1995
6- LIVRO: “TARDE DEMAIS PARA ESQUECER- FHC E FMI MONTAM ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO E PROPINODUTO “BANESTADO” PARA PRIVATARIA TUCANA NO PARANÁ”, Benedito C Bonfim, 1995
7- LIVRO “EL COMPLOT DEL FMI PARA LAS NACCIONES DE IBERO AMERICA” livro cita o mais feroz colaborador do FMI em desmontes: FHC
8- LIVRO: “FHC, JOSE SERRA, O GENRO DAVID E OS DESASTRES DOS APAGÕES E O NAUFRÁGIO DA P-36”
9- LIVRO: “PASSANDO A LIMPO A TRAJETÓRIA DE UM FARSANTE”, Pedro C Mello, 1992
10- YOUTUBE: “BILL CLINTON PASSA SERMÃO EM FHC PELA PESADA CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE 125 BILHÕES DE DÓLARES VIA AGÊNCIA BANESTADO DE NEW YORK PARA CONTAS SECRETAS DE POLÍTICOS DEMO TUCANOS NO CARIBE. BANESTADO O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS
https://www.youtube.com/watch?v=MeAOen8vyiQ
11- YOUTUBE: “AS OVERDOSES DE AÉCIO, O TRÁFICO DE DROGAS E CONTRABANDO DE NIÓBIO” depoimento do jornalista Amaury Carone na comissão de direitos humanos ele revelOu como foi preso e torturado após denunciar Aécio Neves e Perrela no tráfico de drogas – caso HELICOCA abafado pelo juiz tucano mineiro sr Joaquim Barbosa que devolveu a aeronave e pasmem arquivou os dois assassinatos no mensalão tucano em Minas Gerais em troca de um imóvel milionário em Miami, Barbosa arquivou o Mensalão Tucano e as queimas de arquivos que envolveram Aécio, Azeredo, Nárcio Rodrigues, Clésio de Andrade, José Perrela e Walfrido de Mares Guia em dois assassinatos políticos em BH e mais recentemente na morte do policial Lucas Gomes Arcanjo que denunciou Aécio e a cúpula do quadrilhão.
12-YOUTUBE: ROBERTO REQUIÃO RELEMBRA EM DISCURSO NO DIA 30/09/2015 O ESCÂNDALO BANESTADO, O MAIOR CRIME DE CORRUPÇÃO DA HISTÓRIA DA REPÚBLICA QUE ENVOLVE OS MESMOS 70 DOLEIROS, OS MESMOS 300 POLÍTICOS E OS MESMOS JUIZES E OS MESMOS PROCURADORES DA LAVA JATO.
13- YOUTUBE: “PRIVATARIAS GERARAM PREJUIZOS DE 15 TRILHÕES DE DÓLARES E PROPINAS DE 125 BILHÕES US4 NO ESQUEMA BANESTADO”, Café na política, autor P Moreno.
14_ YOUTUBE: “CIA TREINOU SERGIO MORO EM 2009 PARA O GOLPE PARLAMENTAR E JUDICIÁRIO, FAZER DESMONTES E ENTREGAR O PRESAL”
15- WIKILEAKS: O CASO DA URGÊNCIA DA PEC-131 CIA E EMBAIXADA AMERICANA E PETROLÍFERAS AMERICANAS EXIGEM URGÊNCIA PARA VOTAR A ENTREGA DO PRESAL: “E-MAILS DE JOSÉ CHIRICO SERRA VAZARAM: SERRA PARA CHEVRON E EMBAIXADA AMERICANA: “CALMA, APÓS A DERRUBADA DO GOVERNO VAMOS ENTREGAR O PRESAL” Agora Serra e Sergio Moro receberão as propinas pelo desmonte e pela entrega do presal.
15- EX-ADVOGADO DA ODEBRECHT TACLA DURAN ENTREGA PROVAS DE DEPÓSITO MILIONÁRIO DA ODEBRECHT EXIGIDO POR SERGIO MORO EM CONTA DA SRA ROSÂNGELA WOLFF QUADROS MORO: QUATROCENTOS MILHÕES DE REAIS VIA APAE NO PARANÁ PARA BLINDAR OS NEGÓCIOS E EXECUTIVOS DA ODEBRECHT.
16- YOUTUBE: “A ODEBRECHT O QUADRILHÃO DOS ANÕES DO CONGRESSO E O ASSASSINATO DO JOVEM GOVERNADOR DO ACRE E A CPI ESQUEMA COLLOR PC FARIAS”
O VAGABUNDO SR PHC (PAULO HENRIQUE CARDOSO), FILHO DO CORRUPTO CROCODILO CAIMÃO SR FHC TEM NEGÓCIOS BILIONÁRIOS NO PANAMÁ (PANAMÁ PAPERS NO ESQUEMA “MOSSAK FONSECA” E HUM BILHÃO DE REAIS EM CONTAS SECRETAS DENOMINADAS “CONTA TUCANO”, “CONTA MARÍLIA” E “CONTA CH J&T” NAS ILHAS CAYMAN E BAHAMAS COMO MOSTRAM MUITOS LIVROS SOBRE AS “PRIVATARIAS TUCANAS” E O LIVRO “FHC, CRISE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO”, “O MAPA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC” E “O OUTRO LADO DA LAVA JATO”, TODOS MOSTRAM COMO FHC MONTOU EM 1995 UMA COMPLEXA “TEIA DE PROTEÇÃO JUDICIÁRIA” NO STF E NO JUDICIÁRIO DO PARANÁ PARA ABAFAR O MAIOR ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO DA HISTÓRIA DA REPÚBLICA O “BANESTADO” QUE FOI O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS E TEVE UM ADVOGADO TRIBUTÁRIO COMO MAIOR BLINDADOR DOS TUCANOS O SR SERGIO MORO QUE NEM SEQUER TEM OAB E NÃO É JUIZ UM CONCURSADO SEM TOGA. MORO BLINDOU OS 300 POLÍTICOS E OS 70 DOLEIROS INVESTIGADOS NO PARANÁ NA “OPERAÇÃO MACUCO”

FILHO DE FHC, PHC, TEM FORTUNAS BILIONÁRIAS OCULTADAS NO “PANAMÁ PAPERS”, ESQUEMA MOSSAK FONSECA, EM “OFFSHORES” EMPRESAS DE FACHADA PARA ESCONDER HUM BILHÃO DE REAIS

Empresa de filho de FHC fica sob o mesmo teto de empresas de fachada de Ricardo Sérgio e Veronica Serra

O filho de Fernando Henrique, Paulo Henrique Cardoso, é dono de 98,6% das ações da Radio Holdings AS, que tem um capital social de 10 mil reais. Recentemente esta “pequena” empresa fez uma estranha aquisição milionária. Comprou por R$ 2,98 milhões – 300 vezes seu capital social – a Rádio Itapema FM, que pertenceu ao grupo Manchete e ao RBS. O negócio fez de Paulo Henrique sócio majoritário (provável laranja) da Walt Disney Company, sob o nome de ABC Venture Corp, localizada no endereço nos estúdios de Burbank, na Califórnia.

Além disso, a empresa de Paulo Henrique Cardoso “hospeda-se” dentro de outra, uma espécie de arapuca “guarda-chuva”, de nome Citco Corporate Serviços Limitada, com sede na região central de São Paulo, segundo relata o blog do deputado Brizola Neto. Não há funcionários na empresa do filho de FHC. Se a chamada “mídia investigativa”, tão zelosa nas investigações de parentes e assessores de presidentes e ex-presidentes, alguma vez investigasse os tucanos, concluiria que a empresa do Paulo Henrique Cardoso é uma empresa fantasma. Se eles quisessem fazer “reportagens” sobre uma típica “empresa laranja”, com filmagens de uma sede sem nenhum funcionário, era só ir ao 14º andar do número 98 da Av. Bernardino de Campos e procurar os diretores e funcionários da Radio Holdings.
A Citco Corporate, onde fica hospedada a empresa de PHC, é dirigida pelo senhor José Tavares de Lucena, que por sua vez é representante plenipotenciário da Citco Corporate Services, situada no 26° andar do número 701 da Brickell Avenue, em Miami, Flórida. A Citco do Brasil é também a sede, além da empresa do filho de FHC, de inúmeras outras empresas virtuais. O senhor José Tavares Lucena “administra” várias empresas ao mesmo tempo dedicadas a vários tipos de negócios. Negócios imobiliários (a Select Brasil Investimentos), de telecomunicações (BBT do Brasil), informática (Torex International Sistemas de Informática), de embalagens (Dixie Toga) e muitas outras. Ele é ajudado por um contador, Jobelino Vitoriano Locateli, ambos com múltiplas tarefas de representar oficialmente dezenas de empresas, inclusive também instituições de grande porte, como o JP Morgan e Citibank.
Por coincidência, o livro “Privataria Tucana”, lançado recentemente pelo jornalista Amaury Ribeiro Jr, mostra que as empresas de fachada offshore de Ricardo Sérgio Oliveira, Verônica Serra e seu marido Alexandre Bourgeois foram abrigadas na mesma Citco, só que não a mesma onde fica a do filho de FHC. Eles foram diretamente para a matriz no Citco Building, edifício-sede de um grupo de companhias que, além das Ilhas Virgens, onde se situa, se espalha pelos ancoradouros piratas de Aruba, Curaçao, Bahamas, Ilhas Cayman, Barbados e outras.
Ricardo Sergio mantinha há muitos anos empresas “offshore” em paraísos fiscais. O livro de Amaury mostra que na mesma ilha e no mesmo endereço (um escritório no Citco Building), onde Ricardo Sérgio tinha suas empresas offshores, o genro de Serra, Alexandre Bourgeois, abriu outras duas empresas offshores, logo depois das privatizações de FHC: a Vex Capital e a IConexa Inc. No mesmo endereço, ficava ainda a Decidir.com – empresa criada (originalmente com sede na Flórida) por Verônica Dantas (irmã do banqueiro Daniel Dantas) e Verônica Serra (filha do ex-governador José Serra). A filha de Serra atualmente é ré e responde processo aberto pela quebra, por sua empresa, a Decidir.com, de sigilo bancário de mais de 60 milhões de pessoas.
As negociatas de Ricardo Sérgio e Verônica Serra, segundo o livro de Amauri, foram feitas a partir da sede da Citco B.V.I. Limited, em Tortola. Tortola é uma das maiores ilhas da dependência do Reino Unido nas Caraíbas, as Ilhas Virgens Britânicas. Era de lá que eles internalizavam os milhões de reais para o Brasil.
O livro de Amauri traz também documentos que provam depósitos de uma empresa de Carlos Jereissati, participante do consórcio que arrematou a Tele Norte Leste, antiga Telemar, hoje OI, na conta de uma empresa de Ricardo Sérgio nas Ilhas Virgens Britânicas. Também revela que o primo de José Serra, Gregório Marin Preciado, movimentou 2,5 bilhões de dólares por meio de outra conta do mesmo Ricardo Sérgio. Segundo o livro, o ex-tesoureiro de Serra tirou ou internou no Brasil, em seu nome, cerca de 20 milhões de dólares em três anos.
Ricardo Sérgio foi um dos principais operadores nas privatizações promovidas por Fernando Henrique Cardoso, especialmente nos casos da Companhia Vale do Rio Doce e do sistema Telebrás, duas das maiores negociatas do mundo. Em 1998, no episódio conhecido como “Grampo do BNDES”, Ricardo Sérgio foi flagrado confessando como agiam ao armar os negócios para o leilão das teles: “no limite da irresponsabilidade”, disse. Ricardo Sérgio foi caixa das campanhas de José Serra (1990 a 1996) e de Fernando Henrique (1994 e 1998).

COMENTÁRIO DO PROFESSOR MORENO: POR QUE MARINA SILVA FUGIU DO DESASTRE DE MARIANA? ELA É TESTA DE FERRO DE MINERADORAS INGLESAS DESDE AGOSTO DE 2003 QUANDO FOI A LONDRES A CONVITE DO PR[INCIPE PHILLIPE TORNAR-SE REPRESENTANTE DAS MINERADORAS E PETROLÍFERAS INGLESAS

Aqui em Minas Gerais ficamos com os prejuízos bilionários da privataria da VALE DO RIO DOCE, desde 1997 sofremos cinco mega-desastres nas minerações do estado começando pelo desastre de represas em Nova Lima, Ibirité, Paracatú de Minas, Vargem Grande e mais recentemente o MAIOR DESASTRE DA MINERAÇÃO NO PLANETA O DESASTRE DE MARIANA EM NOVEMBRO DE 2015, GERADO PELA AÇÃO PREDATÓRIA DA MINERADORA INGLESA BHP BILLITON SAMRACO, ela pagou propinas bilionárias no ESTADO DO PARANÁ (Crime conhecido como ESQUEMA BANESTADO-BANCO DO ESTADO DO PARANÁ as multinacionais CORRUPTORAS GANHADORAS DAS CRIMONOSAS PRIVATARIAS TUCANAS, elas pagaram 125 bilhões de dólares, ou seja, MEIO TRILHÃO DE REAIS, para 130 políticos DEMO-TUCANOS em troca de privatarias feitas na BACIA DAS ALMAS E MUITAS COM GENEROSA CONCESSÃO DE “EMPRESTIMOS DOAÇÃO NO BNDES FEITAS PELOS TUCANOS LUIS CARLOS MENDONÇA DE BARROS E MARCIO FORTES, centenas de bilhões de reais JOGADOS NO RALOS DA CORRUPÇÃO

A PRIVATARIA DA CIA VALE DO RIO DOCE, que era a MAIOR MINERADORA DO MUNDO NA ÉPOCA DA SUA PRIVATARIA, GEROU UM PREJUÍZO DE 300 BILHÕES DE DÓLARES NA ENTREGA DE INSTALAÇÕES E PATRIMÔNIO PÚBLICO PARA OS GRINGOS E AINDA A DOAÇÃO DE 5 TRILHÕES DE DÓLARES EM JAZIDAS DE OURO, NIÓBIO E TITÂNIO, e ainda gerou O DESASTRE DE MARIANA, MAIOR QUE O TASUNAMI DO JAPÃO, DESTRUIU O RIO DOCE NOS 800 KM DA SUA EXTENSÃO E AINDA CONTAMINOU O SOLO E O MAR NOS ESTADOS DO ESPIRITO SNATO E BAHIA E AGORA o caos em 132 cidades ribeirinhas do Rio Doce, destruição completa de cinco cidades, destruição de centenas de sistemas de captação de água, morte da fauna, a completa destruição do Rio DOCE com despejo de 63 milhões de toneladas de lama tóxica (MERCÚRIO, ARSENIO, METAIS PESADOS) matou milhões de peixes e um PREJUIZO AMBIENTAL INCALCULÁVEL E PREJUIZOS MATERIAIS DA ORDEM DE 370 BILHÕES DE REAIS (100 BILHÕES DE DOLARES). E AGORA GERA A FEBRE AMARELA NAS CIDADES RIBEIRINHAS DO RIO DOCE DESTRUÍDO PELA LAMA TÓXICA DOS TUCANOS E DA BHP BILLITON SAMRACO.
POBRE BRASIL.
O JUIZ SERGIO MORO, O PROCURADOR CARLOS SANTOS LIMA, FHC, JOSÉ CHIRICO SERRA, JAIME LERNER, OS DEMOTUCANOS BENEFICIADOS E BLINDADOS NO PARANÁ NA “CPI BANESTADO” E NA “OPERAÇÃO MACUCO” E “OPERAÇÃO CAYMAN” E OS DOLEIROS PRESOS ENTRE 1997 E 2002 NO PARANÁ SÃO TODOS VELHOS CONHECIDOS DO JUIZ QUE USA A ÁGUA SUJA DAS PRIVATARIAS E DA BHP SAMARCO. O SR. MORO FOI TREINADO PELA CIA EM 2009 PARA ORQUESTRAR O GOLPE JUDICIÁRIO E PARLAMENTAR TENDO COMO ALVO A ENTREGA DPO PRESAL PARA AS CORRUPTORAS MULTINACIONAIS PAGADORAS DE PROPINAS NO BANCO DO ESTADO DO PARANÁ ENTRE 1995 E 2002 (PROJETO PONTE DA CIA), A MULHER DE SERGIO SRA ROSANGELA WOLFF QUADROS MORO É ADVOGADA DOS TUCANOS E AINDA DA MULTINACIONAL SHELL (A SHELL GANHOU AS PRIVATARIAS DOS LEILÕES DO PETRÓLEO DOADAS EM TROCA DE PROPINAS PARA O FILHO E GENRO DE FHC), E A MULHER DE CARLOS FERNANDES SRA VERA LUCIA LIMA TRABALHO NA LAVAGEM DE DINHEIRO NO BANESTADO ELA ERA FUNCIONARIA DO BANESTADO NA ÉPOCA DAS PRIVATARIAS TUCANAS E OPEROU A LAVANDERIA JUNTO COM ALBERTO YOUSSEF E A OLGA YOUSSEF. ELES FORAM OS ALGOZES QUE BLINDARAM FHC NAS PRISÕES DE YOUSSEF E ADIR ASSAD EM 2002 E AINDA ABAFARAM O MAIOR ESCANDALO DO BRASIL “ESQUEMA BANESTADO” NO PARANÁ. EM 1999 E 2002 SERGIO MORO SOLTOU OS OFFICES BOYS DOS TUCANOS NA LAVAGEM NO BANESTADO SR ALBERTO YOUSSEF E OLGA YOUSSEF E ADIR ASSAD E OUTROS 70 DOLEIROS QUE LAVARAM AS PROPINAS BILIONÁRIAS PAGAS PELAS MULTINACIONAIS NO ESQUEMA BANESTADO. SERGILO MORO TAMBÉM É LIGADO COM LAÇOS FAMILIARES AS ELITES DOMINANTES NO PARANÁ (FAMILIA MALLUCELLI MORO, OSVALDO MALUCELLI MORO PECUARISTA E DESTRUIDOR DO MEIO AMBIENTE NA DESTRUIÇÃO DA SELVA AMAZONICA E DONO DA REDE GLOBO DO PARANÁ E O SINISTRO TUCANO JOEL MALUCELLI DONO DO PARANÁ BANCO E SUPLENTE DO TUCANO ALVARO DIAS.
POBRE BRASIL FICAMOS COM AS SEQUELAS DOS DESASTRES DA MINERADORA INGLESA QUE LEVOU NA MÃO GRANDE A VALE DO RIO DOCE E AINDA COM A FEBRE AMARELA CAUSADA PELO MAIOR DESASTRE AMBIENTAL DO PLANETA (MIOR QUE O TSUNAMI DO JAPÃO) E AINDA UM MEGA-PREJUIZO DE 15 TRILHÕES DE REAIS DAS MARACUTAIAS DE FHC NAS PRIVATARIAS TUCANAS E ESSES CORRUPTOS LESA PÁTRIAS COM MEIO TRILHÃO DE REAIS (VIDE LIVRO A PRIVATARIA TUCANA E “FHC, CRSIE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO” ESSES CORRUPTOS ENTREGARARAM AS TELES, AS PETRQUIMICAS, A VALE DO RIO DOCE E TODAS AS EMPRESAS DE ENERGIA JUSTIFICADAS PELO MAQUIAVELICO “PLANO DOS APAGÕES DE FHC” LEVADO A CABO PELO SINISTRO, DIGO MINISTRO DOS APAGÕES O SINISTRO SR PEDRO PARENTE” E LAVARAM NO ESQUEMA BANESTADO DO PARANÁ ENTRE 1995 E 2002 UMA FORTUNA BILIONÁRIAS EM 238 CONTAS SECRETAS NAS ILHAS CAYMAN, ILHAS BRITANICAS E PANAMÁ EM NOME DE FAMILIARES DE FGC, JOSE CHIRICO SERRA, E OUTROS 130 POLÍTICOS LESA PÁTRIAS E TRAIDORES DO BRASIL E AINDA FICAMOS COM A FEBRE AMARELA EM MINAS E ESPIRITO SNATO DEIXADAS PELA DESTRUIÇÃO DO RIO DOCE CAUSADA PELA GANANCIA E PELA CORRUPÇÃO DA MINERADORA INGLESA BHP BILLITON SAMRACO
EM 2009 O DEPUTADO ROGERIO LESSA INSTAUROU A “CPI DA MINERAÇÃO” COM BASE NAS CENTENAS DE DENÚNCIAS DA FEAM-FUNDAÇÃO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE DE MINAS GERAIS E NAS DENÚNCIAS DA UFMG SOBRE A GRAVÍSSIMA SITUAÇÃO EM 49 REPRESAS DE REJEITOS NA MINERAÇÃO EM MG ENTRETANTO A CPI DA MINERAÇÃO CRIADA EM 2009 FOI ABAFADA PELO SINISTRO EX-GOVERNADORES DOM AÉCIO CHEIRA NEVES E DOM ANASTASIA GAMBINO, AÉCIO LIGADO AO TRÁFICO DE DROGAS, MENTOR DO “ESQUEMA DE FURNAS” E MANDANTES NA ELIMINAÇÃO DE “LARANJAS” DO “MENSALÃO TUCANO” A MORTE DA SRA CRISTIANE A APARECIDA MORTA EM DEZEMBRO DE 2002 ELA USOU O HELICOPTERO DO GOVERNO DE MINAS GERAIS E AVIÕES DE EMPRESAS PÚBLICAS (FURNAS E CEMIG) PARA TRANSPORTAR PARA BRASÍLIA E REMUNERAR DEPUTADOS OBEDIENTES A FHC CENTENAS DE MALAS DE DINHEIRO ENTRE 1998 E 2002 NOS ESQUEMAS “MENSALÃO MINEIRO” (MENSALÃO TUCANO), NO ESQUEMA DE FURNAS E NO ESQUEMA CEMIG, CRISTIANE ERA UM ARQUIVO VIVO E FOI MORTA BRUTALMENTE NAS ULTIMAS SEMANAS DOS GOVERNOS AZEREDO E FHC EM DEZEMBRO DE 2002 E TAMBÉM FORAM MORTOS DEZENAS DE JORNALISTAS MINEIROS E CONFIRAM NA INTERNET CENAS DE GANGSTERISMOS NO MENSALÃO TUCANO LEVARAM TAMBÉM AO ASSASSINATO DO POLICIAL LUCAS GOMES ARCANJO DA DHPP-BH QUE INVESTIGOU AS QUEIMAS DE ARQUIVOS DO MENSALÃO TUCANO DENUNCIOU JOAQUIM BARBOSA TER RECEBIDO UM IMÓVEL MILIONÁRIO EM MAIMAI EM 12 DE ABRIL DE 2012 PARA BLINDAR OS TUCANOS OS VERADEIROS CRIADORES DO ESQUEMA MENSALÃO EM MINAS GERAIS, LUCAS TAMBÉM DENUNCIOU AÉCIO CHEIRA NEVES E SEU SÓCIO NO TRÁFICO DE DROGAS EM MINAS GERAIS, O SENADOR TRAFICANTE SR JOSÉ PERRELA AO TRPAFICO DE DROGAS 9CASO DO HELICOCA COM 450 KG DE COCAINA PRESO EM CLÁUDIO EM DEZEMBRO DE 2013 VIROU NOTICIA NO MUNDO INTEIRO: TMZ, DEA INVESTIGATES AECIO NEVES- TMZ: AECIO DRUGS SCANDALS)
POBRE BRASIL, POBRE MINAS GERAIS E ESPIRITO SANTO, HERDARAM A FEBRE AMARELA DOI DEASTRE DA BHP SAMRACO E A CORRUPÇÃO TUCANA DA MAIOR PRIVATARIA DO SÉCULO A PRIVATARIA DA VALE DO RIO DOCE

Responder

MarcosBrasilia

07 de fevereiro de 2018 às 17h44

Nos anos 70 diziam que Ministério da Justiça no Brasil tinha a mesma utilidade que Ministério da Marinha na Bolívia…Essa máxima nunca valeu tanto como agora

Responder

    ALBERT FANON

    07 de fevereiro de 2018 às 18h28

    100% de acordo. Mas a família e os amigos de Cancellier tem que ir até o fim para conseguir a punição desses criminosos autolegalizados.

    Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?