Ciro Gomes ao vivo na Band

Corrupção na Lava Jato e na Procuradoria

Por Jeferson Miola

14 de abril de 2018 : 15h40

Jeferson Miola

Eu não queria mais falar sobre isso mais uma vez, doutora Raquel, mas a corrupção já entrou na Lava Jato, na Procuradoria”.

Esta denúncia é de extrema gravidade:

  1. foi feita por ninguém menos que Gilmar Mendes, juiz da suprema corte do país;
  2. foi formalizada no próprio stf, durante a sessão plenária de 11 de abril de 2018, diante da presença de todos/as integrantes da suprema corte e da procuradora-geral da república;
  3. implica agentes do ministério público e do judiciário;
  4. aponta constrangimento ao livre exercício do Direito pelos advogados e limitação ao exercício pleno do direito de defesa de réus;
  5. foi dirigida diretamente à procuradora-geral Raquel Dodge – quem, por oficio, tem a obrigação funcional e institucional de instaurar investigação.

A denúncia pode ser conferida no vídeo da sessão do stf a partir do minuto 56. Gilmar Mendes fez afirmações gravíssimas sobre o modus operandi da Lava Jato, e também sobre condutas criminosas de integrantes da Operação:

– “O advogado Batochio me disse: ‘Estou deixando o caso porque Curitiba assim exige’. Isso é um ponto importante Doutora Raquel, para dar transparência a esse processo. Curitiba [a Lava Jato] assim o exige”.

– “Estamos escolhendo advogados para delação. Ou aqueles que não poderiam sê-lo. Veja como este sistema vai engendrando armadilhas”.

– “Uma notícia antiga; Doutora Raquel deve conhecer, de 13 de maio de 2017, no painel da fsp: irmão de procurador da Lava Jato atua como advogado de defesa do marqueteiro João Santana”.

Vários processos tinham que passar pelo escritório do doutor Castor, que é irmão do procurador da república”.

– “E depois, quando isso foi denunciado, que este advogado é um advogado ativo nesta relação, se diz que continua a passar pelo escritório do Doutor Castor, só que agora de forma clandestina”.

– “O caso do Doutor castor em Curitiba e o caso Miller aqui. É notório que houve corrupção, é evidente.

– “É extremamente grave o que está a ocorrer, e certamente o que estou falando aqui não é segredo para mim, é não é segredo para o relator [da Lava Jato, Edson Fachin], que é de Curitiba”.

– “É um caso sério de corrupção. Não tem outra palavra. E isso está sendo alimentado por este empoderamento; não tem revisão”.

– “Estamos empoderando gente que já está muito empoderada, muito empoderada”.

– “Ou alguém tem dúvida da atuação de Fernanda Tórtima e Marcelo Miller?

– “Marcelo Miller recebeu um montante de indenização por conta daquele trampo do escritório. Pensei: e a PGR, tão ágil para pedir indisponibilidade de bens de todo mundo, por que não foi em relação ao doutor Marcelo Miller?

– “Este tribunal será no mínimo conivente se não fizer nada com este tipo de prática. Não preciso adivinhar. Isso já está prenhe de corrupção, no verdadeiro sentido da palavra”.

Aparteado por um colega surpreso, que lhe perguntou se tinha tomado providências diante das denúncias gravíssimas, Gilmar respondeu: “Estou dizendo à procuradora. Estou falando para a procuradora também”. E continuou, com a habitual imodéstia: “Eu já disse, ministro Fux, que eu sou mau profeta, porque em geral eu acerto as previsões. Péssimo profeta”.

Faltando menos de 3 minutos para o término da sessão, Raquel Dodge pediu a palavra. Ela se limitou, porém, a comunicar a existência de inquérito sobre o ex-procurador Marcelo Miller, mas não proferiu absolutamente nenhuma palavra sobre todas as demais denúncias.

É incrível como a mídia porta-voz da Lava Jato – neste caso, toda a mídia golpista, não só a Globo – omitiu o fato no noticiário.

Não é de hoje que se lançam suspeitas de corrupção na Lava Jato, mais além das claras evidências dos atropelos e arbitrariedades contra determinados réus e facilidades para outros.

Não é de hoje a existência de denúncias graves, sem esclarecimento satisfatório pela Lava Jato. A suposta “perda” da senha de acesso ao sistema de gerenciamento de propinas da Odebrecht, o Mywebday, é uma delas.

Outra denúncia antiga e grave envolve Carlos Zucolotto, amigo e padrinho de Sérgio Moro, que teria cobrado propina de US$ 5 milhões para intermediar, junto à força-tarefa da Lava Jato, acordo de delação favorável para Rodrigo Tacla Duran.

Este caso é emblemático.

O padrinho do Moro não foi investigado, Tacla Duran não foi aceito como testemunha no processo do ex-presidente Lula, e até hoje se desconhece a identidade da pessoa citada por Zucolotto pela sigla “DD” – que seria o responsável pelo aval ao acordo de delação com recebimento de US$ 5 milhões em propina.

Deve-se anotar que o único integrante da Lava Jato cujo nome corresponde às iniciais DD é Deltan Dallagnol.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

LUIZ TAVE

18 de abril de 2018 às 19h28

POR QUE DONA CARMEN LUCIA CORREU TAO RAPIDO PARA HOMOLOGAR AS 77 DELAÇOES DA ODEBRECHET ? PARA ESQUENTAR AS MARACUTAIAS DE MORO E PROCURADORES ? MIN GILMAR MENDES , PEDE AO TACLA DURAN OS EMAILS QUE OS PROCURADORES MANDARAM PRO TACLA , PEDINDO O PAGAMENTO DA PROPINA POR FORA ! O MAIOR CARTEL DA PROPINA E` CURITIBANA ! PERGUNTA TAMBEM AO MORO , DE ONDE VEIO O DINHEIRO DO FILME LAVA JATO , PERGUNTA AINDA QUEM O PATROCINOU ! PERGUNTA TAMBEM AO MORO , SE ELE CONHECE DARIO MESSER ! PERGUNTA TAMBEM AO PALLOCI , AO LEO PINHEIRO E AO SANTANA , QUANTOS DOLARES ELES PERDERAM PARA O ADVOGADO IRMAO DO PROCURADOR ! E A MIN CARMEN LUCIA DIZ QUE AS INSTITUIÇOES ESTAO FUNCIONANDO . APEQUENOU- SE PARA A CONECÇAO CURITIBANA ! CARLOS LIMA GOSTA MUITO. CANALHAS CANALHAS CANALHAS . S A L V E G I L M A R M E N D E S ! deus nao dorme !

Responder

LUIZ TAVE

16 de abril de 2018 às 11h29

CADEIA NO MORO , TRF-4 , DD , CARLOS LIMA , ZUCOLOTO ! OS SABOTADORES DA NAÇAO , JUNTOS COM ROSANGELA MORO QUE METEU 450 DA APAE . MORO BANDIDO DA TOGA !

Responder

Regis

16 de abril de 2018 às 00h58

Está claro que o cargo de Procurador Geral da Republica foi 100% cooptado pelos EUA. Nesse caso não há mais soberania, justiça ou legalidade. Não só esse, mas vários cargos chaves de poder da República, como a Polícia Federal que em 2013 recebeu vários computadores doados e treinamento para atuar. Juizes que vão dar palestras em universidades americanas e recebem prêmios de Instituições financiadas pelas concorrentes da Petrobras, Procurador Geral se encontrando ás portas fechadas com o Departamento de Defesa dos EUA e depois vem lançar várias flechas nas empresas nacionais e no próprio Presidente da Répuplica, Michel Temer, porque este disse que não iria mais indicar Janot novamente para o cargo da PGR. Enfim, vários Joaquins Silvério dos Reis atuando conforme as ordens de Washigton.
E no final, prendem o Tiradentes: LULA.

Responder

ari

15 de abril de 2018 às 17h11

Alguém já disse que o poder corrompe e que o poder absoluto corrompe mais ainda

Responder

Gustave Lejeune

15 de abril de 2018 às 10h46

E a doutora Dodge ficou caladinha não deu explicações a Gilmar
Deixou transparecer que é parte do esquema. Nem Al Capone conseguiu uma máfia tão ativa como esta. O esquema rola muita grana, envolvendo venda de sentenças, extorsões a testemunhas, torturas e que ousar abrir a boca está ferrado. Esse DD
Se qum penso gosta muito de grana, ha vista o lucro que teve nagociando imóveis do minha casa minha vida. Gilmar ê um homem corajoso, não conhecia essa sua faceta que sem dúvidas o exime de muitos dos seus pecados!!!

Responder

Das Geraes

15 de abril de 2018 às 09h41

A fala do ministro Gilmar tem de ser reproduzida pela oposição no plenário do Congresso. Todos os dias!

Responder

Das Geraes

15 de abril de 2018 às 09h38

Ele disse o que todo o mundo já sabe. Até o mundo mineral do Mino. E o Tacla Duran? Fim de carreira para o Moro e sua esposa e o se padrinho Zucolloto. Deixa pra lá! Não vem ao caso, coxinhas moralistas.

Responder

Baracho

15 de abril de 2018 às 09h25

O pessoar do interior já dizia
Quem com mel mexe
Com mel se lambuza
Todas as de laços estão apodrecidas e corrompidas

Responder

Antonio Carlos Formaggio.

14 de abril de 2018 às 21h19

Prezados, não adianta buscar o caminho da justiça. Essa justiça tem donos, tem rumos pré-determinados. O campo de luta é político. Nenhuma ação judicial vai fazer com que Lula saia da cadeia, que os verdadeiros corruptos sejam desmascarados e presos. É muita,mas muita ingenuidade acreditar que alguma medida surtirá efeito nesse campo. Se não houver “revolta” popular, greves gerais para atacar o verdadeiro poder que é o Capital, não adiantará nada. Parece que a chamada esquerda ficou burra. Esqueceram das lições de Marx e Gramsci? Será que o fascismo e o nazismo nada ensinaram a estes intelectualóides?

Responder

    BRENO TADEU FONSECA DINIZ

    16 de abril de 2018 às 19h23

    É ISSO AI.

    Responder

daniel

14 de abril de 2018 às 21h09

A Lava-Jato já nasce corrupta, afinal, para os filósofos políticos clássicos (do renascimento e da época do iluminismo), a noção de “corrupção” sempre esteve relacionada à traição à pólis, à republica, à pátria. Posso estar enganado, mas creio que um Maquiavel estaria muito mais chocado pelo fato de Temer ser informante do Consulado dos EUA em SP, do que pelas suas estripulias no Porto de Santos.

Responder

Paulo Só

14 de abril de 2018 às 18h26

Acrescentar: e no STF.

Ver aqui: https://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-de-como-com-jeitinho-barroso-beneficiou-o-itau

Responder

David Guerra

14 de abril de 2018 às 17h51

Silêncio absoluto e total distorção dos fatos quando conveniente, não adianta mudar de emissora. Sorte são contra informações existirem. Viva os blogs “sujos”! Quanto ao Alberto Yousef, ficou livre, leve e solto na Banestado (juiz moro), condenado e preso na castelo de areia e agora prisão domicilar apó$ delação “recheada” na farsa a jato. Ainda tem gente que apoia essa safadeza.

Responder

Mirko Kraguljac

14 de abril de 2018 às 17h36

O PT tem vários juristas de peso, absolutamente competentes traçar caminho de atacar a Farsa a Jato, aproveitando fala do Gilmar na frente de plenário do Supremo e dona Raquel. Então, mãos de obra…

Responder

    NICO

    14 de abril de 2018 às 23h54

    Desde o início, o “acordo é com o superemo, com tudo”. País da suprema vergonha, governado por Carmem Lúcifer e o Vampirão Temeroso.

    Responder

Reginaldo Gomes

14 de abril de 2018 às 17h17

A lava jato corrompe os cagüetas com vantagens materiais e financeiras pra eles cagüetarem os políticos que supostamente recebem vantagens materiais e financeiras dos empreiteiros. É o crime pra combater crime.
O judiciário / stf é a maior vergonha do Brasil. Essa lava jato é uma árvore envenenada pelo ridículo , todos seus frutos são ridículos. Uma chacota mundial.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com