Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Paraná Pesquisas: Romário na frente para governador e filho de Bolsonaro para o Senado no RJ

Por Redação

10 de maio de 2018 : 18h08

Segundo pesquisa encomendada pelo Jornal do Brasil. Você lê à íntegra neste link.

O senador Romário (Podemos) e o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM) iriam para segundo turno, com 26,9% e 14,1% das preferências dos eleitores, respectivamente. Para o levantamento foram ouvidas 1.850 pessoas em todo o estado, entre os dias 4 e 9 de maio deste ano, divididas em grupos por sexo, faixa etária a partir de 16 anos, grau de escolaridade e nível econômico.

A margem estimada de erro é de aproximadamente 2,5% para os resultados gerais. No rastro dos dois pré-candidatos ao Palácio Guanabara estão Anthony Garotinho (PRP), com 11,6%; e Índio da Costa (PSD), com 8,8%. A pesquisa apontou nomes de políticos aos entrevistados. Entre as opções de partidos de esquerda e centro-esquerda, o melhor posicionado nesse cenário foi o deputado Miro Teixeira (Rede), com 6,2%; seguido por Celso Amorim (PT), com 3,6%; e Tarcísio Motta (PSOL), 3,1%.


SENADO

O contexto para eleição ao Senado, de acordo com o levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, coloca Flávio Bolsonaro (PSL) como líder folgado na disputa por uma das duas cadeiras a que o Rio tem direito na Casa. O deputado estadual, que está em seu quarto mandato na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), recebeu 32,3% das intenções dos votos.

A briga pela segunda vaga de senador é que está mais apertada. Segundo a pesquisa, há um empate técnico entre o vereador do DEM e ex-prefeito do Rio Cesar Maia — que ainda não se apresentou oficialmente como candidato —, com 20,6% da preferência dos entrevistados, e a ex-delegada de polícia e atual deputada estadual pelo PDT Martha Rocha, com 20,4%. O deputado federal Chico Alencar (PSOL) recebeu 16,3% dos votos; seguido pelos atuais senadores, que buscam a reeleição: Lindbergh Farias (PT), com 15,5%; e Eduardo Lopes (PRB), com 6,4%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

18 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sergio Sete

11 de maio de 2018 às 16h34

Cariocas, isso é sério?
Depois de tudo que está sendo escancarado, é isso mesmo?

Responder

Adalberto

11 de maio de 2018 às 11h43

Se a pesquisa for séria, só pode ser explicada pelo fato de Romário ser, num passado muito distante, morador de favela. O eleitor pode achar que ele sentiu na pele a opressão da situação e se preocupará com os mais pobres. Entretanto, assim como Ronaldinho Fenômeno, é mais um que come na mão da musa prateada do Jardim Botânico. Não dá para esperar muito de um candidato do partido da lava-jato.

Se for real, esta pesquisa também significa que a esquerda está ferrada e vamos tomar outra bomba, como em 2016.

Abre o olho diretório nacional. Temos que ter uma bancada no senado e congresso que barre mais golpismo. Vamos formar o “time de Lula” outra vez! Temos cinco meses para isto.

Responder

Marcos

11 de maio de 2018 às 10h53

O PT vai sofrer a maior derrota dos últimos anos. Se eleger um senador e um governador vai ser muito…

Responder

Marcus Pereira

11 de maio de 2018 às 10h41

Se realmente essa pesquisa for séria, os eleitores do Rio continuam imbecilizados..

Responder

Milton

11 de maio de 2018 às 08h04

Pesquisa enganosa. O próximo governador e as duas vagas ao Senado serão de quem Bolsonaro apoiar.

Responder

Robinson Barbosa Pimentel

11 de maio de 2018 às 01h09

Quem disse que não se pode piorar o que está pior?

Responder

luis castro

11 de maio de 2018 às 00h37

Essa pesquisa está furada se somar os 32 do Bolsonaro, os 20 de Cesar Maia, os 20 da Marta, mas 16 do Chico Alencar, os 15 do Lindbergh e os 6 do Eduardo Lopes. Olha que ignorei os quebrados. O total passa dos 100% e vai a 110%.

Responder

    Joao Adolfo

    20 de julho de 2018 às 15h59

    São duas vagas ao senado. Cada eleitor vota em dois nomes, por isso os números podem ultrapassar 100%.

    Responder

Antonio Lisbôa Antonio

10 de maio de 2018 às 23h14

O povo continua o mesmo. Eta povo do carai…

Responder

Luiz Felipe

10 de maio de 2018 às 22h34

Sou do Rio, acompanho Política, eleições e economia. Desconheço esta preferência. A empresa que fez esta pesquisa é idônea?

Responder

Alan

10 de maio de 2018 às 21h45

Inacreditável essa pesquisa. Romário ainda lembrado e filho de Bolsonaro meu deus, que estado é esse em que não me reconheço mais?

Responder

DE..... VA.....

10 de maio de 2018 às 21h23

A pesquisa mostra um pouco como vai ser a eleição deste ano, nota-se que os candidatos do PT estão com baixíssima aceitação, principalmente Lindberg Farias. Como mesmo disse Miguel em post anteriores, ou o PT desce do salto e começa a pensar na esquerda como um todo, mesmo tendo que atuar como coadjuvante neste momento, ou vai acabar sendo massacrado nas urnas como foi nas eleições municipais.

Responder

Liz

10 de maio de 2018 às 20h13

Muitos ai apoiadores do golpe de estado que instalou estado de exceção
e intervenção militar o rio. O povo do rio precisa acorda, assim como o povo de muitos estados brasileiros.

Fora Golpistas!

Responder

    Milton

    11 de maio de 2018 às 08h07

    Golpe por quê? Porque uma presidente irresponsável foi chutada do governo com o aval do POVO e um mafioso foi preso depois de destruírem a economia do país? A esquerda é uma seita que devora o cérebro das pessoas e deveria ser exterminada.

    Responder

      Adalberto

      11 de maio de 2018 às 11h35

      “Exterminar”, Milton? Você e os fascistas alemães e italianos tem algo em comum. Não foi golpe? Você só vai acreditar quando a Globo ou alguma mensagem de whatapp lhe disser que foi golpe, né? Carcomida esta seu cérebro por falta de uso, pois você tem amplo acesso a verdade na internet, mas prefere ser preguiçoso e ficar macaqueando o que a TV diz que você deve acreditar. Irresponsável e mafiosos são os golpistas que estão assaltando o pais e o futuro dos seus filhos e netos. Nos estamos defendo o pais, seu futuro e de toda sua família.

      Responder

        adfsouza

        20 de junho de 2018 às 16h57

        Então vou fazer melhor pra vc: fora “golpistas” certo?! E fora essa esquerda lixo desse pais. Pronto, assim está melhor! Fora todo esse sistema corrupto, que os dois, “golpistas” (não houve golpe esquerdista alienado, mas eu tb quero eles fora, Temer, Aecio e cia) e esquerda corrupta, morram politicamente juntos. É Bolsonaro 2018!!! Contra a midia, contra o sistema todo e ainda está na frente. Não adianta espernear e nem chorar kkk.

        Responder

    Sergio Sete

    11 de maio de 2018 às 16h39

    Que golpe, Liz?
    Petistas e socialistas em geral elegeram uma chapa – DILMA/TEMER. Presidente e vice. O vice existe para, entre outras coisas, assumir o lugar do presidente por uma das razões previstas pela lei.

    A julgar pelo seu escrito, você votou na Dilma E NO TEMER. Então lamento dizer, mas se há alguém aqui conivente com um “golpe”, é você, pois você colocou o Temer na posição de vice.

    Você e os brasileiro em geral tem de aprender que nossa eleição é POR CHAPA e não por pessoa. Lembre-se disso em outubro…. não vá cometer o mesmo erro de novo e se contradizer de novo no futuro.

    Responder

Rachel

10 de maio de 2018 às 19h24

O povo do RJ tá de gozação, só pode ser.

Responder

Deixe um comentário