Entrevista de Haddad ao SBT

Castañon: Compromisso do PDT com a Petrobras é visceral

Por Miguel do Rosário

14 de junho de 2018 : 14h22

É falso: Marconi não falou em privatizar refinarias da Petrobras
14 de Junho de 2018

Por Gustavo Castañon

Como membro da equipe que está formulando o programa de governo do pré-candidato Ciro Gomes, venho aqui contestar informação dada hoje pelo 24/7 de que o coordenador de nossa equipe, Nelson Marconi, tenha defendido privatizar refinarias da Petrobrás.

Li a entrevista, conversei com ele nesta manhã e posso garantir que não houve declaração alguma dele nesse sentido nem há consideração alguma de nossa equipe dessa possibilidade.

Provavelmente, o equívoco foi uma frase jogada pela Reuters no cabeçalho de sua matéria: “com alienação de ativos da Petrobras”. Nem Marconi deu essa declaração, nem ela significa privatização de refinarias.

A entrevista de Marconi somente reflete as ideias de nosso programa de governo em construção, de ampliar a produção da Petrobrás e a competição no setor de refino para controlar preços e aumentar a quantidade de derivados do petróleo produzidos no Brasil, ajudando a equilibrar nossa balança de pagamentos. É exatamente a política oposta a do atual governo.

Ou seja, queremos incentivar a construção de novas refinarias no Brasil (como as de Prêmio I e Prêmio II), não só pela Petrobrás (que não tem por lei este monopólio desde 1997), mas também por nossa iniciativa privada.

Somos defensores da iniciativa privada e é exatamente por isso que queremos restaurar no país as condições de investimento e produção.

Além disso, reafirma a determinação de impulsionar o crescimento econômico via política de compras governamentais de produção local e de retomar todas as reservas de petróleo que são ativo estratégico de nosso povo. Ainda declara que todos os contratos fora do modelo de partilha serão rescindidos e indenizados.

No meio da matéria, a Reuters descreve a política atual da Petrobrás de vender 60 por cento de sua capacidade de refino no país e de se desfazer de quatro refinarias.

Quem quiser confundir uma coisa e outra tem que estar determinado a isso.

Não só como membro da equipe do programa de governo, mas como filiado ao PDT, reafirmo nosso compromisso visceral com a Petrobrás, empresa líder em tecnologia e extração de petróleo, motor de nosso desenvolvimento e patrimônio inalienável do povo brasileiro, fundada por nós, trabalhistas, sob o segundo Governo de Getúlio Vargas, que pagou com o próprio sangue para libertar o Brasil da dependência do petróleo.

No próximo rumor sobre nossos planos para a Petrobrás, seria bom lembrarmos de tudo isso antes de o reproduzir.

PS: Segue aqui a nota publicada por Marconi na sua página no Facebook há alguns minutos:

“Concedi essa entrevista à Reuters em que falo sobre diversos pontos do programa não abordados em conversas anteriores. É importante esclarecer que em nenhum momento eu falo em privatizar refinarias da Petrobrás, que fique em claro; esta medida NÃO é parte de nosso programa. Entendemos, isso sim, que deve haver mais competição no refino, como o título da matéria diz, e, portanto, vemos com bons olhos se o setor privado também investir no refino. A Petrobras é uma empresa estratégica para o país e não passa pela nossa cabeça, nem de longe, vender os seus ativos. Seria incoerente com tudo que vemos defendendo. Acho que minha afirmação é bastante clara e suficiente.”

* Gustavo Castañon é professor do departamento de Filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

GERALDO GALVÃO

18 de junho de 2018 às 09h51

Lembra daquele cara da FIESP q disse que trabalhador tem q operar a máquina com uma mão e comer com a outra?
É o vice do Ciro!

Responder

ALVARO OTAVIO RIBEIRO DA SILVA

15 de junho de 2018 às 02h19

Sem desprezar os esclarecimentos feitos pelos componentes da equipe, é muito importante que o candidato Ciro Gomes se pronuncie pública e objetivamente sobre isso.

Responder

Régis

15 de junho de 2018 às 01h21

Tá estranho! Ato falho? Ou segredo revelado por bizonhice? Seria o discurso nacionalista de Ciro um grande blefe? Espero sinceramente que não. Que o que ele diz seja verdadeiro e ponha em prática o que seja melhor para nosso país. Não traia a confiança de milhões de esperanças. Seja honrado, lute contra essa força das trevas que são os abutres dos especuladores financistas.

Responder

Brasileiro da Silva

14 de junho de 2018 às 21h40

247, cujo fundador é investigado por receber dinheiro ilegal, atacando o Ciro.

Responder

Alan Cepile

14 de junho de 2018 às 20h44

O Lulopetismo está deixando as pessoas mais cegas que os coxinhas (valeu Attuch! Ganhará uma menção honrosa da Globo pelos serviços prestados).
Ciro está, desde 2016, dizendo que vai indenizar as operadoras multinacionais e tomar de volta as áreas do pré-sal licitadas irregularmente, e continuar o que o o PT começou (mesmo com corrupção) de valorização da Petrobrás.

Responder

eduardo apolinario gomes

14 de junho de 2018 às 17h08

Tal o pai, tal o filho, assim dizia os antigos. A quantidade de besterol que sai da boca do ciro é igual a de seus assessores. Alienar ativos. Quais ativos? isso não é vender? Vender ativos não é privatizar? A agencia reuter não retirou o conteudo, simplesmentes alterou o título. Vai ser difícil explicar tudo com essa turma falando o que quer e o que não quer.

Responder

    Hairy Heart

    14 de junho de 2018 às 18h21

    Você leu a matéria, filho ???
    Se leu, entendeu o que leu ???
    Se entendeu, por favor, mostre-me em que parte do texto está a afirmação categórica de Ciro dizendo que vai vender ativos da Petrobrás ???

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com