Haddad e Dilma em Belo Horizonte

Gebran determina que Lula continue preso. Veja despacho

Por Redação

08 de julho de 2018 : 14h38

“Determino que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, diz o texto assinado por Gebran.

 Leia o despacho:
 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Nil

08 de julho de 2018 às 16h53

Desembargador Favreto acabou de revogar decisão ilegal de Gebran e deu 1 hora para cumprimento da decisão sob pena de desobediência, e ainda pediu análise da corregedoria sobre ato de Moro. O bicho pegou: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/361046/Desembargador-manda-soltar-Lula-em-uma-hora-sob-pena-de-desobedi%C3%AAncia.htm

Responder

Benoit

08 de julho de 2018 às 16h20

A verdade é que o Lula está preso em cárcere privado. Ele foi sequestrado e agora está num cárcere privado mantido por um pequeno grupo. Há alguns dias escrevi um comentário maior sobre esse juiz gebran neto que tinha recusado um pedido de suspeição relativo ao julgamento do Lula. O argumento dele era muito fraco. Infelizmente o comentário foi perdido e não apareceu, acredito que por razões técnicas. A impressão que se tem é de que o Lula é um preso privado desse grupo de juizes. Num caso normal nenhum juiz de uma outra instância estaria muito preocupado com um assunto desses. Que juiz está se lixando se um preso está na cadeia ou fora da cadeia? Juizes, muitos deles, gostam de viajar, de desfrutar os dois meses de férias, de manter um alto estilo de vida, de controlar os salários mensais, de tratar dos negócios privados deles, dos imóveis deles, das próximas recepções, etc. O natural fosse que um juiz ignorasse o que outro juiz estivesse fazendo. Mas esse juiz reagiu imediatamente ao mandato de soltura a favor do Lula. O Lula é o prisioneiro particular deles, “o meu prisioneiro” que tem que estar na cadeia porque isso traz satisfação pessoal aos juizes. Afinal o homem não vive só de pão, como se costuma dizer. Há também os bens imateriais e para esses juizes o encarceiramento do Lula faz parte dos bens imateriais importantes para eles. Eles não são juizes imparciais. Eles são como cães de guarda que não querem que o Lula escape de modo nenhum. É uma questão pessoal para eles. O caso contra o Lula é um caso político e sempre foi um caso político. Os juizes não estão se importando com a justiça, com o trabalho diário deles. Eles queriam e querem ver o Lula na prisão.

Responder

Elena Osawa

08 de julho de 2018 às 14h55

A Globo está em polvorosa!

Responder

Nilo Ricar

08 de julho de 2018 às 14h50

Nem comemorei quando soube da notícia inicial da soltura do ex-Presidente Lula.. Notoriamente esse jogo truculento vai prolongar se até que a esperança brilhe no fim do túnel outra vez….País em decadência…..

Responder

Jeferson

08 de julho de 2018 às 14h48

Acho que foi um tiro no pé; essa tentativa de golpe deixa mais longe a possibilidade de um HC favorável emitido pela corte maior.

Responder

    foo

    08 de julho de 2018 às 16h01

    Muito pelo contrário.

    Colocou Moro e Gebran numa situação muito complicada, deixando ainda mais clara a perseguição contra Lula.

    A liberdade de Lula ficou mais próxima.

    Responder

      de Va

      08 de julho de 2018 às 17h02

      Mais próxima nada, agora é que ficou praticamente impossível Lula ser solto. Esses aloprados deputados só fizeram merda.O desembargador ficou em maus lençóis, já tomou um toco do Moro e do Gebran, agora vai tomar um toco da Carmem Lúcia e ainda vai ser repreendido pelo CNJ e ser excraçado pela mídia e pela direita, vai tomar pau para todo lado.

      Responder

Marcos

08 de julho de 2018 às 14h46

Caiu por terra a armação dos petralhas!! O “desembargador” Favreto é um petralhão!! Filiado ao PT, trabalhou no governo Lula e foi nomeado para o TRF por Dilma. Um vergonha a decisão desse indivíduo!

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com