Hangout com Miguel do Rosário 17 de abril de 2019

A naturalização do horror

Por Pedro Breier

11 de abril de 2019 : 13h37

O genial desenho animado americano South Park, em um episódio chamado Dead Kids (Crianças Mortas), fez uma crítica mordaz à naturalização, pela população dos EUA, das chacinas de crianças em escolas. No episódio, os tiroteios que se sucedem na escola da cidade não são mais percebidos como absurdos ou chocantes. Ao invés, são tratados como eventos corriqueiros.

É horripilante constatar que caminhamos para a mesma naturalização diante da morte de inocentes por arma de fogo.

A retórica do “bandido bom é bandido morto” chegou à presidência da República e autorizou, implicitamente, as forças de segurança a condenarem suspeitos à pena de morte e a executarem, de pronto, a sentença fora da lei.

A autorização explícita foi encaminhada ao Congresso pelo ministro Sérgio Moro. A ampliação das hipóteses de legítima defesa proposta por Moro no seu “projeto anticrime” foi classificada por muitos juristas como uma licença para matar. “É um gesto de que não importa quanto a polícia mate, ainda é insuficiente para o quanto deve matar”, disse o juiz Marcelo Semer.

Sobre os 80 tiros do exército contra o carro que o músico Evaldo Rosa dos Santos dirigia pelas ruas do Rio de Janeiro, Moro disse que “esses fatos podem acontecer”. Evaldo foi morto pelos tiros. Seu sogro e um transeunte, também atingidos, estão no hospital. A esposa de Evaldo, seu filho de 7 anos e uma sobrinha de 13 sobreviveram. A família estava indo para um chá de bebê.

Jair Bolsonaro, autoridade política máxima do país, mantém sobre o caso, até agora, um silêncio ensurdecedor.

Além da licença para matar, temos como proposta governamental a facilitação do acesso a armas para toda a população.

Como se vê, colocamos no poder um grupo tacanho que usa a violência e a intimidação como métodos e, pior, as alça a condutas louváveis e redentoras.

Pensando bem, não chegaríamos a este ponto se a morte já não estivesse naturalizada. Anos à fio de reacionarismo penal midiático estão cobrando seu preço.

Há menos de um mês houve uma chacina em um colégio de Suzano, em São Paulo, cometida por dois jovens. Nos moldes das que ocorrem corriqueiramente nos EUA.

O General Mourão, vice-presidente do país, relacionou o massacre aos videogames violentos que um dos atiradores, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, jogava. Guilherme tinha, no entanto, referências importantes fora do mundo virtual. Suas redes sociais revelaram que ele era um apreciador de armas e da família Bolsonaro.

Ao contrário dos zumbis do jogo Walking Dead, os Bolsonaro são pessoas de carne e osso. E sangue.

O poder de que estão investidos legitima a barbárie.

O estrago está, em boa medida, feito. Que possamos acordar desse pesadelo antes da completa naturalização do horror.

Atualização em 12/04/2019: Seis dias depois da morte de Evaldo, Jair Bolsonaro declarou o seguinte: “O Exército não matou ninguém, não, o Exército é do povo. A gente não pode acusar o povo de ser assassino não. Houve um incidente, houve uma morte, lamentamos a morte do cidadão trabalhador, honesto, está sendo apurada a responsabilidade”.

Pedro Breier

Pedro Breier é graduado em direito pela UFRGS e colunista do blog O Cafezinho.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Augusto Rodrigues

13 de abril de 2019 às 11h16

A única solução é o nazista renunciar. Ele não é paraquedista? Pula fora desse avião!

Responder

Lula Livre

12 de abril de 2019 às 10h20

Primeiro, Assange. Depois, todos nós

Os cidadãos e a imprensa têm direito de enfrentar o poder? Ataque ao criador do Wikileaks revela que o Ocidente rendeu-se às corporações e abandonou a bandeira da liberdade. É preciso descobrir como resgatá-la

https://outraspalavras.net/sem-categoria/primeiro-assange-depois-todos-nos/

#LulaLivre

Responder

Jorge

12 de abril de 2019 às 04h07

Nao sei se é uma boa ideia ou nao a liberacao das armas, muitos prós ou contras. Mas uma coisa é fato: A politica do PT aumentou os assassinatos de 40 mil para 60 mil ao ano, 20 mil mortos ao ano a mais por causa do PT, grande maioria negros e muitos homossexuais e mulheres.

Alguma coisa tem que mudar, antes que essas minorias sejam exterminadas de vez.

Responder

    lucio

    12 de abril de 2019 às 06h37

    jorge imbecil (como TODOS os fascistas),
    o indice de homicidios no brasil inteiro era 30 em 2002, nos governos lula baixou para 25. com a brutal crisi economica, em 2017 voltou a 29 e em 2018 baixou de novo. entao o pt aumentou NADA.
    e o engraçado é que votaram bolsossauro mesmo nas cidades onde o indice está abaixo da media nacional e sobretudo baixou geral… prova que vcs fascista sao burros mesmo e se daixam foder o cerebro por programas de tv sensacionalistas.
    por exemplo rio de janeiro:

    Responder

      Jorge

      12 de abril de 2019 às 07h56

      Calma, nao precisa babar ódio, estamos aqui para debater, pois estamos em uma sociedade livre e nao em um socialismo.
      Tiveram sim duas quedas grandes em 2003 e 2004, mas durou pouco, a partir de 2006 os homiciodios comecaram a explodir denovo.

      Te respondo com o grafico que vc nao quis postar, com o extrato do IBGE e a prova do que disse que em 2016 batemos recordes de homicidios (62.000)

      http://olerj.camara.leg.br/retratos-da-intervencao/mapa-da-violencia

      Responder

        Sergio Araujo

        12 de abril de 2019 às 09h44

        Na ultima epoca de maior empregos os homicidios continuaram em alta, nào baixaram.

        Serà que è verdade que a pobreza, o desemprego e os homicidios e afins andam de màos dadas ?

        Nos ultimos 2 anos estào em lève diminuiçào parece…

        Responder

          LUPE

          12 de abril de 2019 às 12h40

          Descubram
          qual o melhor governo
          que o Brasil jamais teve.

          Clique em

          https://jornalggn.com.br/noticia/fhc-vs-lula-dilma-um-quadro-comparativo/

          Depois veja como Sérgio Araújo é inimigo,
          pois trabalha como “comentarista”
          no Cafezinho

          pago em dólares

          pelos nossos inimigos,
          para manter destruída
          a reputação e a imagem
          de “inconvenientes” a eles,
          nossos inimigos.

          Responder

        Carlos Eduardo

        12 de abril de 2019 às 10h16

        Exatamente qual política do PT especificamente causou aumento dos homicídios?

        Há uma falta de política pública de segurança que vem de sempre e que passou tb pelos governos petistas e continua hoje, essa é a minha visão.

        Responder

        lucio

        12 de abril de 2019 às 13h38

        jorge,
        1) eu postei mas o blog barrou o grafico que postei, que mostrava que o indice de homicidios no rio de 71 nos anos 90 passou para 18 em 2015.
        2) o numero absoluto nao vale, vale o INDICE (quer dizer o numero / a populaçao), porqué a populaçao aumenta!

        Responder

    lucio

    12 de abril de 2019 às 06h41

    o blog barrou o grafico que postei, que mostrava que o indice de homicidios no rio de 71 nos anos 90 passou para 18 em 2015.

    Responder

    LUPE

    12 de abril de 2019 às 12h34

    Descubram
    qual o melhor governo
    que o Brasil jamais teve.

    Clique em

    https://jornalggn.com.br/noticia/fhc-vs-lula-dilma-um-quadro-comparativo/

    Depois veja como Jorge é inimigo,
    pois trabalha como “comentarista”
    no Cafezinho
    pago em dólares
    pelos nossos inimigos,
    para manter destruída
    a reputação e a imagem
    de “inconvenientes” a eles,
    nossos inimigos.

    Responder

    LUPE

    12 de abril de 2019 às 12h38

    Descubram
    qual o melhor governo
    que o Brasil jamais teve.

    Clique em

    https://jornalggn.com.br/noticia/fhc-vs-lula-dilma-um-quadro-comparativo/

    Depois veja como Jorge é inimigo,
    pois trabalha como “comentarista”
    no Cafezinho
    pago em dólares
    pelos nossos inimigos,
    para manter destruída
    a reputação e a imagem
    de “inconvenientes” a eles,
    nossos inimigos.

    Responder

Dario Alberto

12 de abril de 2019 às 00h29

Tia Gertrudes aprova o que seu sobrinho nazista paraquedista está fazendo: onde já se viu deixar bandido vivo? Além do mais, ele é um bom menino: o Brasil agora segue a bíblia antes de votar no ONU.
O horror estalinista é a ditadura do proletariado. O horror nazista é a ditadura da classe média.
E vamos nós!…

Responder

lucio

11 de abril de 2019 às 23h59

mbora pensar positivo: vitimas desse açogue policial serao na maioria votantes de bolsossauro, kkk

Responder

Zé Maconha

11 de abril de 2019 às 15h45

Esse episódio é muito bom .
Para mim o mais difícil nesse hora é não nos tornarmos iguais a Bolsonaro e seus minions.
Quando penso que o músico fuzilado e os pais das crianças de Suzano muito provavelmente votaram no Bolsonaro fica muito difícil achar que eles não mereceram.
O Rio é o antro eleitoral do coiso e Suzano é uma cidade lotada de evangélicos , morei lá por um ano e a cidade era cheia de bandeiras do Brasil e pichações do tipo “Lula ladrão” e nacionalismo sim , racismo não”.
Essas pessoas acham que um jovem negro e pobre que comete um furto merece morrer mas elegem corruptos , especuladores , pastores ladrões e milicianos.
Se sofrerem um latrocínio como vou lamentar por elas?
Admito que Bolsonaro me tornou uma pessoa pior.

Responder

    Nostradamus ( bacia & banquinho )

    11 de abril de 2019 às 16h14

    Isso tudo é um horror. É uma característica do Fascismo implantar o medo na população para ela não mais reagir a nada e apenas obedecer ao Duce! Nós estamos na fase final de implantação do sistema totalitário no país. E parece que será mais breve do que supomos.
    1) O presidente diz que governar é abacaxi, que está cansado e agora diz que falta bem pouco tempo. ( Esteve no Hospital de Base da Aeronáutica… que me diz que não está em estado terminal ? )
    2) O presidente anda se apressando em algumas medidas como o projeto de autonomia do BC, quer deixar pronto. Não é só por causa da questão da previdência… O Guedes saiu por aí novamente vendendo tudo como um caixeiro viajante.
    3) O Ciro enfim diz que é hora de ir para a rua e quebrar tudo, está muito puto com Bolsonaro por causa do BC…
    4) O Mourão já foi preparado na opinião pública etc.
    5) Não é mais uma questão de o PT ser contra o impedimento, pelo trauma mas… como diz o outro… o que vai acontecer é que… MORREU!

    Responder

      Sergio Araujo

      11 de abril de 2019 às 18h35

      Voce nào faz a minima ideia do que foi o fascismo, nào sabe do que està falando.

      Responder

        Nostradamus ( bacia e banquinho )

        12 de abril de 2019 às 11h24

        Você não conta seu sem vergonha vendido. Ganha pago para defender o presidente do dedo no cu que a mídia diz que é mijadinha na cabeça. Ridículo.

        Responder

Alan C

11 de abril de 2019 às 14h55

Quem não se lembra do – inconveniente – vídeo feito por um morador qualquer em que policiais quebravam o pára-brisa da própria viatura – PAGA COM DINHEIRO DO CONTRIBUINTE – para colocar a culpa em vândalos imaginários?

Esses animais de farda são BANDIDOS

Responder

Guimarães Roberto

11 de abril de 2019 às 14h36

Os soldados, ao se aproximarem do carro crivado de balas, esperavam encontrar os comparsas, armas e drogas. Não foi o que ocorreu. Eles deram de cara com um garoto apavorado, uma senhora em pânico e um senhor ferido. Muito provavelmente disseram: FUDEU.

Responder

Sergio Araujo

11 de abril de 2019 às 14h14

Pareçe bastante obvio que o texto foi montado “ad arte” com assuntos diferentes que pouco tem a ver um com o outro.

Esses casos extremos que sempre aconteçeram e continuarao aconteçendo sào pegos de màos cheias para ser explorados.

Lembro de um garoto (branco) em Fortaleza se nào me engano, fàz poucos anos correndo atràs da mae na calçada com a bolsa dela que tinha esquecido em casa…os policias passando de carro e pensando fosse um ladrào o encheram de balas no meio da rua.

O que està cobrando o preço do que aconteçeu no Rio e no Brasil foram decadas de decadencia civil, cultural, de roubalheira desgraçada de recuros publicos e de desinteresse absoluto com a segurança.

Um ambiente toxico onde ao minimo sinal de alerta o primeiro que atira è o que tem mais chances de se salvar, infelizmente.

Responder

    LUPE

    11 de abril de 2019 às 18h08

    Caro Sérgio Araújo, “comentarista” pago em dólares para fazer “comentários” no Cafezinho.

    Fazendo a sua forcinha
    para esmaecer o horror
    que foi este crime bárbaro, hein ?

    Toldar o fato de que seus patrões
    estão destruindo este País, hein??

    Agora responda:

    >>>>>>>>>> Por que na COMUNISTA China
    não tem esses horrores,
    praticamente não tem criminalidade,
    é um país com alto grau
    de CIVILIZAÇÃO ????
    >>>>>>>>> Por que na COMUNISTA Cuba
    (comunismo ortodoxo..)
    embora pobre
    por causa do brutal e criminoso bloqueio econômico
    praticado pelos Estados Unidos contra ela,
    não tem esses horrores,
    praticamente não tem criminalidade,
    é um país com alto grau
    de CIVILIZAÇÃO ????
    >>>>>>>>>> Por que nos países SOCIALISTAS
    TAIS COMO
    Suécia, Dinamarca, Noruega, Hungria, República Checa, etc etc etc
    não tem esses horrores,
    praticamente não têm criminalidade,
    são países com alto grau
    de CIVILIZAÇÃO ????

    Responder

      Carcará

      11 de abril de 2019 às 18h33

      Vi agora no mídia ninja sobre a reforma da previdência racista. Muito bem explicado. Mais uma característica do Fascismo!
      ” Em Fortaleza, se não me engano… ” Vai espalhando mentiras, é a propaganda fascista. E porque no desenho que ilustra o artigo são crianças com armas e não adultos ?

      Responder

        Sergio Araujo

        11 de abril de 2019 às 18h57

        Quem te mentiu foi sua mae…a verdade è que nem ela sabe quem è seu pai.

        Quem criou a atual previdencia italiana foi o Fascismo, antès nào existia.

        Voce nào sabe minimamente do que fala, o Brasileiro nào sabe minimamente o que è foi o fascismo, sò papagaia.

        Responder

          lucio

          11 de abril de 2019 às 19h52

          vc está certo: o fascismo italiano foi 100 vezes melhor que bolsossauro

          Responder

      LUPE

      11 de abril de 2019 às 18h50

      Tem mais

      O atraso e atual situação do Brasil
      você menciona
      pode ser descrita nos últimos 40 anos. >>>>>>>>>>
      >>>>>>>>> Os cumpinchas dos teus patrões
      deram trilhões de prejuízo ao Brasil
      e aos brasileiros
      na Privataria Tucana na década de noventa,
      e a Grande Mídia,
      também cumpincha dos teus patrões
      ficou calada,
      não denunciou,
      não fez Java Jato.

      A Grande Mídia
      cumpincha dos teus patrões
      fez a Lava Jato,
      que levou ao Golpe em 2016

      e botou no poder
      alguém que perdoou
      UM TRILHÃO EM IMPOSTOS
      às petroleiras estrangeiras,
      além de praticamente
      DOAR
      a até US$ 0,34 (trinta e quatro centavos de dólar)
      o barril de petróleo
      do pré sal.

      E a Grande Mídia
      ficou calada,
      escondeu,
      não fez Lava Jato.

      Mas,
      para tornar bandido
      o melhor governo que esse País
      jamais teve ( clicar em

      https://jornalggn.com.br/noticia/fhc-vs-lula-dilma-um-quadro-comparativo/

      a Grande Mídia fez a Farsa da Lava Jato.

      E seus patrões, no rastro da Lava Jato ,
      colocou no poder o atual presidente,
      que,
      está claro,

      ESTÁ DANDO CONTINUIDADE, ESTÁ DESTRUINDO O PAÍS …….

      Responder

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com