Entrevista de Lula no Página 12

Foto Jota Camelo

Advogado rebate Moro: “nunca se mostrou acessível”

Por Tadeu Porto

16 de junho de 2019 : 12h48

A #vazajato atuou em diversas frentes e, timidamente, a mídia vai fazendo o papel de ir além das denúncias do Intercept.

Eu escrevi aqui na madruga (e fui ver O Grande Truque pela enésima vez depois) sobre como desde 2014 advogados já alertavam para o
“estado islâmico judicial” que a Lava Jata implementou para realizar suas operações.

Vale lembrar que Moro disse, em entrevista recente para o Estadão – repercutida no twitter do procurador Dallagnol – que conversava naturalmente com as partes, inclusive com advogados. “Acontece o tempo todo”.

O painel da Folha, no dia de hoje, faz (com timidez mas já um avanço) o que toda a mídia deveria estar fazendo: escutar e se debruçar sobre como as outras partes envolvidas na Lava Jato encaram a operação.

E o resultado, nós já sabemos, não poderia ser outro. Alguns advogados já desmentem Moro e escancaram o óbvio: apenas os procuradores, a acusação, tinha acesso irrestrito ao juiz.

“Ele nunca se mostrou acessível. Não era sujeito de sorrisos. As respostas eram secas e evasivas.”

Alberto Zacharias Toron, em Advogados dizem que nunca tiveram telefone ou abertura para pedir audiências a Moro

Como bem ilustrou o chargista Jota Camelo, autor da brilhante foto desse post, Moro foi o Herói da mentira.

A casa vai cair, já começou a desmoronar.

Tadeu Porto

Colunista do Cafezinho e diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ioiô de Iaiá

16 de junho de 2019 às 18h43

Mais um bom texto (é com “x”, viu Conge) do Tadeu. Aliás dia após dia as mentiras do Conge vão sendo desmentidas. Quem acredita no Conge e na Globo acredita em qualquer coisa.

Responder

Justiceiro

16 de junho de 2019 às 17h51

Toron falou isso que você reproduz? O doutor Carlos Dias Torres falou isso aqui, no Estadão.

Ele também é advogado conceituado e tem muitos clientes na Lava Jato.

Em artigo no Estadão, Luís Carlos Dias Torres, advogado de réus da Lava Jato, afirmou que em sua experiência “nunca houve comprometimento da imparcialidade” de Sergio Moro nos casos em que atuou.

“E toda vez que procurei o Dr. Sérgio Moro para despachar, sempre fui recebido com atenção e respeito. Nunca precisei do Telegram do juiz Sérgio Moro para poder falar com ele”, disse.

Responder

Zé Maconha

16 de junho de 2019 às 14h10

O Miguel do Rosário é bonito e gostosão e Ciro Gomes é o melhor político do mundo.
A única coisa maior que a beleza do Miguel é a competência e o controle emocional de Ciro Gomes.

Responder

chichano goncalvez

16 de junho de 2019 às 13h09

A cada dia fica mais evidente, que a “famosa republica de curitiba” é um sistema nazifascista integralmente.

Responder

Deixe uma resposta