Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

OAB reitera pedido de afastamento de Moro do ministério

Por Redação

04 de julho de 2019 : 11h37

Na Carta Capital

OAB contraria Moro e mantém recomendação de afastamento do ministro

Em audiência na Câmara, ministro afirmou duvidar que a entidade mantenha a posição defendida nos primeiros dias do escândalo

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) afirmou a CartaCapital que mantém a posição defendida em nota, em que recomenda o afastamento dos envolvidos nos vazamentos noticiados pelo site The Intercept Brasil. A manutenção do entendimento contraria a declaração do ministro da Justiça, Sérgio Moro, dada em audiência na Câmara nesta terça-feira 2. Na ocasião, o ministro afirmou duvidar que a OAB tenha a mesma opinião que apresentou nos primeiros dias do escândalo.

O comentário do ex-juiz da Lava Jato ocorreu após pergunta do deputado Idilvan Alencar (PDT-CE). O parlamentar questionou o que Moro pensa sobre o parecer da OAB em relação ao caso. O ministro fez críticas ao parecer e disse acreditar que a entidade teria mudado de ideia. “Respeito muito a OAB, mas ela embarcou no sensacionalismo barato dos primeiros dias. Duvido que teria hoje a mesma posição que teve nos primeiros dias”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Osiris

05 de julho de 2019 às 13h40

A OAB é o câncer da direito no Brasil!

Responder

Marcio

04 de julho de 2019 às 18h39

É o jogo das partes,

o Ministério Público se coloca de um lado e a OAB do outro, é normal.

Responder

Onofre Junqueira

04 de julho de 2019 às 16h38

Por falar em Glen Greennwaldo,, estou ansioso para escutar o próximo peido a ser expelido pelo militonto jornalista !

Responder

Alan C

04 de julho de 2019 às 14h49

Vai ver que a OAB é petista… rsrsrsrsrsrsrsrsrs

Responder

    Justus

    04 de julho de 2019 às 15h09

    É o que parece.
    Lamentável.

    Responder

      Alan C

      04 de julho de 2019 às 16h01

      New York Times, Fox News, Time, Financial Times (esse não apenas criticou como chamou bozo de “pária liberal”), Huffington Post, Washington Post (EUA), Le Figaro, Le Monde (França), Deutche Welle, Zeit, Der Spiegel (Alemanha), La Nación, El Clarín (Argentina), The Star (África do Sul), Sydney Sunday Herald (Austrália), El Mercurio (Chile), El País, El Mundo, La Vanguardia, El Confidencial (Espanha), Der Volkskrant (Holanda), India Express (Índia), La Republica, Corriere della Sera (Itália), La Jornada, Milenio, El Universal (México), La Republica (Peru), O Publico (Portugal), Gazeta Prawna (Polônia), The Economist, The Times, The Guardian, The Telegraph (Reino Unido), Neuen Zürcher Zeitung (Suíça), Die Presse (Áustria), Der Volkskrant (Holanda), Roger Waters (Pink Floyd), Bill de Blasio (prefeito de NY), Câmara dos vereadores de Dallas (EUA), Madonna, Al Jazeera, Anistia Internacional, governo chinês, Robert Shiller (Nobel de economia), José Luis Rodríguez Zapatero (ex-primeiro ministro da Espanha), Bernie Sanders (senador americano), Angela Merkel (primeira ministra alemã), Emmanuel Macron (Presidente da França), Marcelo Rebelo (Presidente de Portugal) e etc, etc, etc….

      Todos “petistas” rsrsrsrsrs

      Responder

    Onofre Junqueira

    04 de julho de 2019 às 16h37

    A OAB, caro militonto, pode até não ser petistas, mas que ela torce pelos os corruptos, lá isso ela torce. Afinal, o que seria de muitos “bem sucedidos’ “adevogados” se não fosse o dinheiro da corrupção??

    Responder

      Alan C

      04 de julho de 2019 às 17h25

      Só fala merda

      Responder

        Onofre Junqueira

        04 de julho de 2019 às 19h05

        No lugar do seu cérebro só há fezes ! kkkkkkkkkkk

        Responder

          Alan C

          04 de julho de 2019 às 20h23

          Fala que nem homem bolsoburro!!

      Stg

      05 de julho de 2019 às 00h44

      Art. 40. Quando, em autos ou papéis de que conhecerem, os juízes ou tribunais verificarem a existência de crime de ação pública, remeterão ao Ministério Público as cópias e os documentos necessários ao oferecimento da denúncia. ”

      Portanto, o subterfúgio usado pelo ministro Moro, de que indicou testemunhas ao Ministério Público Federal como notícia crime não passa de mais uma estapafúrdia tese, que não resiste a uma breve verificação. Recomendar a busca por testemunhas é, claramente, assinalar a produção de provas, algo impensável a ser feito ao procurador que conduz as investigações, pelo juiz que julga as ações, nos termos do nosso ordenamento jurídico processual, e que macula fatalmente a independência e imparcialidade de sua conduta.

      Responder

    carlos

    04 de julho de 2019 às 19h15

    O Alan C têm que comprar um tanque e lavar roupa, imbecil acha que é normal um juiz pegar e apagar mensagens, e porque ele não entrega o celular, é a mesma coisa que ele jogar o celular dentro do mar prá não ser preso, pra mim isso. é coisa de bandido e não de magistrado.

    Responder

João Ferreira Bastos

04 de julho de 2019 às 14h32

Só os apoiadores de nazistas-milicianos-torturadores-estupradores-assassinos apoiando o juiz ladrão, contra a OAB

Responder

Onofre Junqueira

04 de julho de 2019 às 12h27

Essa OAB é uma comédia. Nunca pediu o afastamento de um único e miserável corrupto !

Responder

    Alan C

    04 de julho de 2019 às 17h49

    Acabou de pedir bolsominion burro

    Responder

      Onofre Junqueira

      04 de julho de 2019 às 19h04

      Vá correndo levar as provas da corrupção de Moro ao Lewandowski e a Gilmar Mendes, caro militonto. Você está perdendo tempo ! kkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder

        Alan C

        04 de julho de 2019 às 20h25

        vá correndo salvar tua mae do vizinho

        Responder

      carlos

      04 de julho de 2019 às 19h07

      A OAB tem obrigação de investigar a partir do dirf da receita federal os advogados Marlus Arns, Zuculloto e Rosângela moro, que receberam mediante extorsão dinheiro de tacla Duran.

      Responder

Paulo

04 de julho de 2019 às 12h13

OAB só querendo marcar posição. Quero ver o que ocorrerá se o tal “grande jornalista” Greenwald não apresentar nada além do diz-que-diz corriqueiro dos bastidores de uma operação investigativa, até aqui trazido à luz de forma seletiva, e, possivelmente, editada! Claramente o Órgão classista se precipitou, junto com o Estadão. Pior ocorreu com a Falha e a Veja, que aderiram a reboque…

Responder

    Stg

    05 de julho de 2019 às 00h42

    Art. 40. Quando, em autos ou papéis de que conhecerem, os juízes ou tribunais verificarem a existência de crime de ação pública, remeterão ao Ministério Público as cópias e os documentos necessários ao oferecimento da denúncia. ”

    Portanto, o subterfúgio usado pelo ministro Moro, de que indicou testemunhas ao Ministério Público Federal como notícia crime não passa de mais uma estapafúrdia tese, que não resiste a uma breve verificação. Recomendar a busca por testemunhas é, claramente, assinalar a produção de provas, algo impensável a ser feito ao procurador que conduz as investigações, pelo juiz que julga as ações, nos termos do nosso ordenamento jurídico processual, e que macula fatalmente a independência e imparcialidade de sua conduta.

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?