Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: Money Times.

Moro, em live da XP, defende “retomar reformas”

Por Redação

24 de junho de 2020 : 10h04

O ex-ministro da justiça, Sérgio Moro, participou de live da XP investimentos e defendeu a “retomada das reformas”.

Ele defendeu diálogos com políticos que tivessem “vida limpa pública” e que “deve-se satisfazer as pessoas boas do Congresso para que esse seja o lado que predomina”.

Perguntado sobre sua principal pauta, se acreditava se o governo Bolsonaro poderia “retomar a agenda de combate à corrupção”, Moro respondeu ironicamente.

“Comecei a sentir que minha presença era um álibi. No sentido de dizer ‘olha, somos contra a corrupção porque o Moro está aqui’… acho que é uma agenda que o Governo tem que retomar”, afirmou.

Como de costume, o ex-ministro traçou comparações entre o sistema judicial brasileiro e o sistema judicial estadunidense e discorreu sobre o que pensa sobre as atribuições dos poderes e sobre o sistema político.

Em seu Twitter, com o tom de um pré-candidato, o ex-ministro afirmou ter destacado “a necessidade de retomarmos o espírito de reformas para superarmos os desafios econômicos”.

Moro também disse que “não necessariamente deve ingressar em uma carreira política”, explicando que “as pessoas podem ajudar do setor privado ou do setor público”.

Ele afirmou que o governo de Jair Bolsonaro “não é necessariamente fascista”, mas é “populista, de direita e de viés autoritário”, o que estabeleceu como um “obstáculo” para investimentos externos.

Segundo Moro, ele já teria ouvido de investidores que “se o Partido dos Trabalhadores voltar em 2022”, deveria “esquecer os investimentos externos”.

“Não acredito nem por um segundo na possibilidade de uma saída antidemocrática, o que não significa que não devamos permanecer vigilantes”, respondeu sobre possibilidade de ruptura democrática.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

24 de junho de 2020 às 19h06

Defende retomar a agenda golpista, nisso o marreco nunca mudou.

Responder

tonico de medeiros

24 de junho de 2020 às 13h04

O Moro começou a puxar a jaqueta de Bolsonaro logo depois do primeiro turno quando era certeza que seria eleito Presidente unicamente para chegar ao STF, o plano nao deu certo.

Responder

    Paulo

    24 de junho de 2020 às 18h05

    Ué, Vanessa, até outro dia você dizia que o Moro “é um patrimônio do povo brasileiro”, “se eu fosse vocês, eu preservaria o Moro pra 2026”. Agora se volta até contra a Lava-Jato? Que história é essa, rapaz!?

    Responder

      tônico de medeiros

      24 de junho de 2020 às 21h28

      Samantha,

      nunca disse isso mas sim que deveria ser explorado no trabalho dele no Ministro e muito menos me voltei contra a Lava Jato.

      Que ele fosse desarmamentista e pelo que entendi abortista eu não sabia.
      Quem o nomeou a Ministro que deveria saber previamente não eu.

      Que ele queria ser nomeado ao STF não me parece nenhum segredo.

      Não tem perfil político por tanto não será candidato a nada no futuro como ele já disse várias vezes.

      Responder

        gasparzinho

        25 de junho de 2020 às 10h58

        Ah Guilherme, uma vez camundongo, sempre camundongo!

        Responder

    Batista

    24 de junho de 2020 às 20h30

    Não há diferença nos diagnósticos do premiador e do premiado prestador de bons serviços, a diferença se mostra na expressão, enquanto o premiador escancara, o premiado prestador dissimula, mas ambos destinam-se ao ‘Casa Verde’.

    Tempo estranho e tétrico esse vívido no Brasil órfão do saudoso velho normal, só faltava nuvem de gafanhotos para completar o cenário do ‘sarau das pragas do mito’.

    Só endoidando, e muito…, pra entender essa parada em movimento.

    Responder

gasparzinho

24 de junho de 2020 às 12h56

Và a cagar Moro.

Responder

Paulo

24 de junho de 2020 às 12h49

“Reformas sem as quais o Brasil não cresce”? Já ouvi isso em algum lugar no espaço-tempo. Começou mal o sr. Moro. De um ex-servidor público, esperava mais consciência, especialmente em relação ao que se pretende com a Reforma Administrativa…Vou dar o benefício da dúvida e a chance dele se explicar melhor…

Responder

    Kleiton

    24 de junho de 2020 às 17h19

    Funcionários públicos preparem as nádegas, a Reforma da Previdência foi só o começo.

    Responder

Paul Atreides

24 de junho de 2020 às 10h22

A vaza jato provou que Moro é corrupto.

Responder

    tonico de medeiros

    24 de junho de 2020 às 13h05

    A Rouba Jato è uma palhaçada ridicula digna de quarto mundo.

    Responder

      medeiros de toniko

      25 de junho de 2020 às 11h00

      Camundongo, respire, assim vc vai infartar.

      Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?