Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Afirmação de Lula sobre PT abrir mão de candidatura em 2022 é retórica, diz Carlos Siqueira

Por Redação

22 de agosto de 2020 : 20h41

O presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou ao Globo que a declaração de Lula sobre o PT não lançar candidato a presidência nas eleições de 2022 é apenas retórica.

“É contraditória com a fala que ele fez ao sair prisão (de que o PT precisaria ter o máximo de candidaturas próprias na eleição municipal deste ano) e com que está acontecendo hoje, que é a divisão da esquerda provocada pela postura exclusivista do PT. Acredite quem quiser nessa conversa porque a prática está demonstrando exatamente o inverso”

Na última quinta-feira, 20, o líder petista disse ser “possível” o PT apoiar uma candidatura de outro partido.

“Acho plenamente possível ter uma eleição em que o PT não tenha candidato a presidente. O PT pode ter candidato a vice, a outra coisa. Isso é plenamente possível”

Siqueira foi o único líder partidário da esquerda que criticou a fala do ex-presidente.

Enquanto isso, PDT, PC do B e PSOL elogiaram a afirmação de Lula.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Karla

24 de agosto de 2020 às 14h20

Quanto vale a declaração de Lula? Ao preço do histórico praticado, o preço final do orçamento eleitoral é igual a zero.

Responder

Netho

24 de agosto de 2020 às 03h34

Há quem acredite no Posto Ipiranga, no Pajé do Resfriadinho e nas marolas e caçarolas do lulismo. Lula e o PT foram os principais responsáveis pelos erros crassos que decretaram sua Batalha de Waterloo: a reeleição de Dilma e a tática eleitoral da candidatura encarcerada.
Dois erros cumulado que levaram uma dupla de filhotes fardados da ditadura a subir a rampa do Planalto. Lula e o PT só tem na mira um único alvo: os maiores fundos – partidário e eleitoral -, possíveis dentro do bolso do partido.
Até o mundo protozoário sabe que Lula e o PT jamais abrirão mão da candidatura majoritária presidencial.
Simplesmente porque foi assim, desta forma, que se tornaram o partido hegemônico e garantiram o protagonismo suficiente para eclipsar totalmente o espectro atinente ao campo popular, democrático e progressista.
O palavrório reveste um despojamento e um desapego dos fundos partidário e eleitoral, bem como do protagonismo e da hegemonia, que Lula e o PT nunca demonstraram ter e apenas sugerem para minar as tratativas que, embrionariamente, desde logo devem ser conduzidas para garantir, minimamente, a apresentação de uma candidatura majoritária em condições de superar o projeto autoritário de poder militar-miliciano que ganhou corpo e asas junto às classes subalternas e apoio robusto da plutocracia, do latifúndio e do grande capital, sem falar nas forças subterrâneas sombrias que orbitam em torno do crime organizado do narcotráfico, a exemplo de países como o México e a Colômbia.

Responder

    Karletho

    25 de agosto de 2020 às 17h32

    Ora Karla, ora Netho, na manjada e risível arenga de uma batida só.

    Responder

Rodrigo de Albuquerque

23 de agosto de 2020 às 14h19

Bote retórica nesse mais um “conto do escorpião” de Lula. O chefe do PT está fazendo isso para gerar comoção e sentimentalismo entre seu gado fanático. Carlos Siqueira apenas ratificou o óbvio. Qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento sobre política sabe que o PT não apoia ninguém, quer ser apoiado, quer ser o “partido de frente da esquerda brasileira” e que não tem vergonha alguma em perder eleições para não ser retirado da “liderança da esquerda”. E me estranha em ver partidos como o PC do B (eterna “mulher de malandro” do PT), PSOL (que nasceu de uma dissidência do PT) e principalmente do PDT (que tomou rasteiras seguidas do PT – e que também sou filiado e eleitor de Ciro Gomes) elogiarem essa lorota lulista. O PSB não se deixou levar pelo papo furado e espero que os outros três – PC do B, PSOL e PDT – não caiam nessa demagogia e que todos eles cobrem com força a tão aguardada AUTOCRÍTICA do Partido dos Traidores…ops, Trabalhadores.

Responder

Marissoni

23 de agosto de 2020 às 09h18

Mas de novo a choradeira?! Isso que é não saber perder. Corram atrás, trabalhem, na base conquistem eleitores. Não é tirando o jogador forte que se ganha o jogo. Que cansativo isso. Como querem que o maior partido abra mão do que é?

Responder

Paulo Cesar Cabelo

23 de agosto de 2020 às 02h14

Quando o Cafezinho vai parar com as fakenews?Tipo PDT e PSB serem de esquerda?
Miguel já defendeu a ” meritocracia” , policial assassino , chamou motoboys de empreendedores , defendeu privatização da água e o fundamentalismo evangélico.
Não seria mais honesto se assumir como direita logo??

Responder

Marco Vitis

22 de agosto de 2020 às 21h41

Lula é um encantador de serpentes. Sabe que todos reconhecem que o PT é uma força política. Isso é inquestionável. Porém, quando ele percebe que os demais parceiros históricos estão buscando um caminho próprio, afastado do hegemonismo petista, então Lula aparece e apresenta uma encantadora “possibilidade”. Acredite quem quiser…
Lula poderia ter feito isso em 1989 e em 2018, quando os índices de rejeição apontavam uma derrota no segundo turno. Mas o PT foi a prioridade e ensejou a eleição de Collor e de Bolsonaro. Ou não ?

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro