Live do Cafezinho: o caso Samuel Borelli, quando a esquerda produz fake news

Mandetta revela em livro que Bolsonaro acreditava que Covid era “arma biológica da China para levar a esquerda ao poder”

Por Redação

25 de setembro de 2020 : 15h57

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta quinta-feira, 24, ao ‘Conversa Bial’ que alertou o presidente Jair Bolsonaro sobre as chances do Brasil alcançar 180 mil mortes pelo novo coronavírus.

“Eu nunca falei em público que eu trabalhava com 180 mil óbitos se nós não interviéssemos, mas para ele [Bolsonaro] eu mostrei, entreguei por escrito, para que ele pudesse saber da responsabilidade dos caminhos que ele fosse optar”

Ainda segundo Mandetta, o presidente adotou uma postura negacionista e que a doença era uma “arma biológica da China para levar a esquerda ao poder”.

Na entrevista, Bial perguntou sobre a reação do então ministro sobre a “sandice” de Bolsonaro.

“Tem coisas que você não rebate. Você olha e fala: ‘Até que se prove isso, vamos tratar dos fatos, vamos tratar da vida como ela é, vamos enfrentar o problema e depois a gente vê as teorias conspiratórias que são muito comuns’. A gente não deve embarcar nessas teorias”

A revelação de Mandetta foi comentada pelo deputado federal e presidente Nacional do Cidadania, Roberto Freire.

No Twitter, o parlamentar afirma que o presidente “não prima pelo equilíbrio mental”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Edmilson

27 de setembro de 2020 às 18h09

Eu não apoio Mandetta em nada. Mas, mesmo em benefício político próprio, ele tentou fazer alguma coisa. Já o miliciano aloprado fez o quê? Brigou com médicos, governadores, prefeitos. Espalhou fake news, teorias da conspiração, fez lobby de uma porcaria que nunca se mostrou eficiente contra o COVID. Bolsonaro é um doente e isso não é teoria da conspiração…

Responder

Belem

26 de setembro de 2020 às 12h16

Mandetta é sò mais um cretino que procura visibilidade usando o nome de Bolsonaro, tipo Ciro Gomes.

Responder

Ronei Silveira

26 de setembro de 2020 às 12h15

Trump hoje é insipensavél para o Mundo…caso o Biden ganhe as eleiçoes a China faz espetinhos dele.

Responder

Jerson7

26 de setembro de 2020 às 12h14

Uma ditadura das dimensoese e agressividade como a chinesa sao um perigo para o Mundo.

A OMS é uma organizaçào inutil e ridicula (como a ONU da qual fàz parte) a serviço dos interesses da China na Africa…e ultimamente no Mundo.

Trump deve absolutamente ganhar as eleiçoes.

Responder

Gilmar Tranquilão

25 de setembro de 2020 às 18h16

Não tem como ser mais animal que isso né kkkkkkkkkkkk

Responder

Paulo

25 de setembro de 2020 às 18h07

Aí eu vou num caminho intermediário: que tenha sido coisa de “arma biológica da China” eu não vou refutar inteiramente, não. Eu mesmo tenho sérias dúvidas sobre isso, e, até que saiba exatamente o que aconteceu, eu não descartaria que tenham agido – os chineses – para submeter o mundo a um teste de arma biológica, para avaliar não só a reação que teriam no Ocidente, em face de uma possível arma futura ainda mais letal, caso necessitem utilizá-la, em casos extremos, além de sua própria capacidade de reagir a ela, no que, aliás, demonstraram preocupante eficiência. Porém, independentemente dessa “teoria da conspiração”, Bolsonaro se omitiu e deu maus exemplos reiterados no combate à pandemia, que era uma realidade que ameaçava e ameaça aqueles concidadãos seus, por cuja vida e saúde deveria zelar, como mandatário máximo do país…

Responder

Germano

25 de setembro de 2020 às 16h53

Esse cretino usou o cargo para se promover politicamente…mais um que se lascou.

Responder

Arthur Fonzarelli

25 de setembro de 2020 às 16h52

Que a China entregou esse presente ao Mundo poucos duvidam.

Responder

Camarada

25 de setembro de 2020 às 16h46

Que o Marqueta fizesse o trabalho dele em cima de óbitos não é novidade nenhuma. Os brasileiros com o tempo perceberam isso claramente.

Responder

Deixe uma resposta