Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Bolsonaro nega racismo no Brasil: “Sou daltônico: todo têm a mesma cor”

Por Redação

21 de novembro de 2020 : 09h06

Neste sábado, 21, o presidente Jair Bolsonaro negou a existência do racismo no Brasil e para justificar sua declaração afirmou ser “daltônico” e que “não existe uma cor de pele melhor do que as outras”.

Fonte: Reprodução / Twitter

As afirmações de Bolsonaro acontecem horas depois do assassinato brutal de João Alberto, 40, negro e que foi espancado até a morte por seguranças do Carrefour em Porto Alegre.

Em outro momento do post, o presidente afirma sem provas que existem “diversos interesses para que se criem tensões entre nosso próprio povo”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

21 de novembro de 2020 às 11h05

O racismo existe, como afirmei em outra postagem. Nisso Bolsonaro erra, como Mourão. Agora, ao dizer que existem “diversos interesses para que se criem tensões entre nosso próprio povo”, ele tem total razão. Tensões e divisões. Mas tem inocente útil pra tudo…

Responder

Deixe uma resposta