Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Em Fortaleza, Wagner agradece apoio de irmão de Luizianne; Guimarães elogia “vitória política” do bolsonarista

Por Redação

03 de dezembro de 2020 : 09h51

O candidato derrotado a Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (PROS), que foi apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro recebeu e agradeceu o apoio de Sandro Lins, irmão da candidata derrotada no 1° turno, Luizianne Lins (PT). Tanto Wagner quanto Luizianne são oposição ao grupo político de Sarto Nogueira (PDT), prefeito eleito da capital cearense na disputa de 2° turno.

Fonte: Reprodução / Instagram

Já em sessão na Câmara realizada nesta quarta-feira, 2, o líder do PT na Câmara, José Guimarães (CE), afirmou que o bolsonarista teve uma “extraordinária vitória política”.

“É claro que o Capitão Wagner, que perdeu a eleição em Fortaleza, teve uma extraordinária vitória política. Perdeu a eleição, que, aliás, as pesquisas diziam que perdia com mais de 20% dos votos”

Assim como Wagner fez horas depois do resultado, o parlamentar também criticou os institutos de pesquisa. “Vejam, esse Ibope e esses institutos de pesquisa fazem muito mal à democracia”, criticou.

Sem manifestar sua posição no 2° turno, Luizianne disse apenas que a “cidade tá muito sofrida” e “nossa gente muito abandonada”.

Foto: Reprodução / Instagram

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcia

04 de dezembro de 2020 às 01h07

Bolsonarismo aqui Não!!!

Responder

carlos

03 de dezembro de 2020 às 11h57

Eu ao sufragar na urna o nome do capitão Wagner, e do coronel bezerra acho que ambos foram vitoriosos, porque os Ferreira Gomes, essa máfia já tá manjada.

Responder

Ronei

03 de dezembro de 2020 às 11h01

Pensei que o gap seria bem maior mas perdeu foi por poucos pontos…. sem história pregressa e sem suporte político nenhum…ao contrário do candidato do PDT que tinha a favor todo o aparato politico do Estado e da Prefeitura…o Ceará está com os dias contados e o Maranhão também.

Responder

    Luan

    03 de dezembro de 2020 às 19h03

    O Coronelismo do NE vai acabar em bréve…é sò uma questao de tempo.

    Responder

      ALLISON

      04 de dezembro de 2020 às 13h40

      Esperem só a Adail Carneiro fazer a delação premiada que a gente vai descobrir tanta coisa…
      O coronelismo vai acabar.
      Vamos libertar Fortaleza!

      Responder

Deixe uma resposta