Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Em Fortaleza, Sarto perdeu para Wagner em zonas eleitorais onde PT já saiu vitorioso

Por Gabriel Barbosa

19 de dezembro de 2020 : 17h51

Por Gabriel Barbosa

Sem dúvida que a eleição de 2020 foi uma das mais acirradas em Fortaleza. Embora Sarto Nogueira (PDT) tenha saído vitorioso, o resultado não foi aquilo que o grupo governista esperava, pois foi apenas 2,4% de vantagem que garantiu a vitória do pedetista no 2° turno.

Porém, o candidato do PROS que foi apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro saiu na frente em cinco zonas eleitorais, todas situadas na Zona Oeste de Fortaleza. Desse total, Wagner recebeu mais votos que Sarto em duas zonas – 083 e 114 – onde o PT saiu vitorioso em eleições anteriores.

Legenda: Cartografia do voto em 1° turno na capital cearense. Foto: Luciana Pimenta / Jornal O Povo

São nessas zonas que se concentram os bairros Henrique Jorge, Bela Vista, Demócrito Rocha, Jóquei Clube, Pici, Barra do Ceará, Álvaro Weyne, Jardim Iracema e Presidente Kennedy.

Em 2012, o atual prefeito Roberto Cláudio (PDT) perdeu nesses bairros para Elmano de Freitas (PT) na disputa de 2° turno, mas foi eleito.

Fonte: TRE-CE / Jornal O Povo
Fonte: TRE-CE / Jornal O Povo

Em 2016, o pedetista disputou o 2° turno contra Capitão Wagner (na época pelo PR) e também perdeu nesses bairros, embora tenha sido reeleito.

Fonte: TRE-CE / Jornal O Povo
Fonte: TRE-CE / Jornal O Povo

Naquele pleito e assim como foi agora em 2020, a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) também concorreu mas foi derrotada em 1° turno.

(Com O POVO+)

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

O Demolidor

20 de dezembro de 2020 às 18h33

Que forçada de barra…..isso aconteceu no país inteiro…..melhor se passar por alienado do que por vilão né?

Não ligo se censurarem….

Responder

Edson Luiz.

20 de dezembro de 2020 às 00h18

Formidável essa compilação de dados, destacando espaços cruciais da disputa democrática, principalmente quando essa disputa se dá contra forças do atraso, para permitir ações planejadas de mudanças e, principalmente, para despertar para o estudo das causas das dificuldades das forças do progresso, se antecipando para evitar surpresas desagradáveis. Devemos dar atenção a esse tipo de informação, buscá-la sempre, onde quer que seja o nosso endereço de moradia. Eu sou da região metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo, e mesmo assim gostei da informação, e com a qualidade que veio. Serve para eu assimilar para aqui e pensar em como as disputas políticas estão se dando e entre quais tipos de força.
Adorei as informações e a qualidade da matéria.

Responder

Sérgio da Matta

19 de dezembro de 2020 às 17h56

Isso quer dizer… absolutamente nada.???

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?