Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Antes do colapso em Manaus, Bolsonaro e Guedes aumentaram imposto sobre gases medicinais

Por Redação

15 de janeiro de 2021 : 16h40

Em mais uma demonstração de incompetência proposital, o governo Bolsonaro decidiu aumentar, horas antes do colapso e nos hospitais de Manaus, o imposto de importação sobre gases medicinais.

A decisão teve o aval do Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes.

Esses produtos estavam isentos de tributação desde o início de 2020 quando o próprio Guedes estimulou as empresas desse setor para supostamente facilitar o combate a Covid-19. A informação foi confirmada pela BandNews FM.

Na época da decisão, o valor de um cilindro grande já estava com preço inflado devido ao dólar, na casa dos R$1000. Mas com a decisão do ‘Posto Ipiranga’, o mesmo cilindro está custando R$1.600,00.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta