Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Ciro classifica autonomia do Banco Central como um ‘profundo golpe’ contra o Brasil

Por Redação

09 de fevereiro de 2021 : 13h18

O vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes, não poupou críticas a autonomia do Banco Central que será votada nesta terça, 9, na Câmara dos Deputados.

De acordo com o pedetista, a medida impede o Brasil de retomar o desenvolvimento e classificou a proposta como um ‘profundo golpe’ contra o país.

Na prática, isso representa a transferência de controle do principal banco do país para o sistema financeiro.

Na eleição de 2018, a medida foi defendida tanto por Jair Bolsonaro (então candidato pelo PSL) quanto por Fernando Haddad (PT). Já durante sua campanha, Ciro Gomes afirmava que a proposta era motivo “pra ir pra rua e quebrar tudo”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

10 de fevereiro de 2021 às 16h40

Bastaria reproduzir em CAIXA ALTA a definição de Celso Monteiro Furtado a respeito da AUTONOMIA e INDEPENDÊNCIA do Banco Central:
“É a PRIVATIZAÇÃO do Banco Central”.
Nenhum outro argumento e quaisquer palavrórios seriam capazes de transcender a síntese de Furtado.
Como diria Celso Furtado, a turma da bufunfa, sob a égide do liberalismo de galinheiro, agora capturoum definitivamente, o principal “centro de decisão” da economia brasileira: o Banco Central.

Responder

O Demolidor

10 de fevereiro de 2021 às 10h55

Quem lê o cafezinho do Ciro nem imagina que 5 deputados do Partido Da Tábata incluindo a mesma apoiam fervorosamente esse projeto bem como pelo menos 10 deputados do PS (d)B…..

A hipocrisia da quinta coluna é clássica….

Responder

putin

10 de fevereiro de 2021 às 07h04

5 deputados PDT votaram a favor da autonomia do BC, inclusive a lindissima tabata (obvio)

Responder

Alexandre Neres

10 de fevereiro de 2021 às 00h48

Não adianta esse bravateiro ficar garganteando por aí. Entrementes, para variar, os deputados de PDT e de PSB votaram a favor da autonomia. Nome aos bois:
Flávio Nogueira PDT/PI
Gil Cutrim PDT/MA
Marlon Santos PDT/RS
Silvia Cristina PDT/RO
Tabata Amaral PDT/SP (a indefectível)

Cássio Andrade PSB/PA
Felipe Carreras PSB/PE (maior cabo eleitoral de Lira)
Felipe Rigoni PSB/ES (podia pegar a Tabata e irem juntos pro Novo)
Jeffeson Campos PSB/SP

Responder

Emerson

09 de fevereiro de 2021 às 23h20

Deixe-me ver se entendi… Sou CEO de uma empresa hipotética, elejo uma diretoria que decide os rumos da empresa e a coisa anda mais ou menos, só posso trocar a diretoria de 4 em quatro anos, e agora esta diretoria diz que eu não posso demitir o diretor financeiro, e que ele tem vontade própria e que ele definirá o que fazer com minha poupança… e se pegar fogo em uma unidade?… não posso dispor da minha poupança e nem fazer empréstimos para retomar a produção sem o aval do meu diretor financeiro, que eu não posso trocar, estranho não?

Responder

    O Demolidor

    10 de fevereiro de 2021 às 22h26

    Tem vice CEO?

    Responder

NeoTupi

09 de fevereiro de 2021 às 22h10

5 deputados do PDT e 10 do PSB votaram pela urgência (primeiro ato de aprovação do projeto), contra a orientação do partido.
Assim é complicado.
Sem eleger bancadas de esquerda autêntica em 2022, ganhar presidência da república só serve para reduzir danos.

Responder

Paulo

09 de fevereiro de 2021 às 22h10

Realmente seria caso de “ir às ruas e quebrar tudo”. Mas não vai rolar. O povo brasileiro, alheio a essa discussão, aceitará o que for decidido. Porém, perante a história, o desgoverno Bolsonaro (O militar sem honra) não será absolvido…

Responder

carcova

09 de fevereiro de 2021 às 20h36

Se o Ciro acha isso, sinal q é coisa boa e deve ser aprovado.

Responder

Alan C

09 de fevereiro de 2021 às 17h51

Já o PT e o poste, não acham.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?