Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Luiza Trajano rechaça ser vice de qualquer candidatura

Por Redação

15 de fevereiro de 2021 : 09h48

Após ser citada pelo vice-presidente Nacional do PT, Washington Quaquá, como possível vice na chapa de Fernando Haddad (PT) a presidência em 2022, a mega empresária Luiza Trajano, dona da rede varejista Magazine Luiza, rechaçou a hipótese e disse que não tem pretensão de ocupar cargos eletivos.

Fonte: Reprodução

Ao Estadão, Quaquá opinou sobre a candidatura de Haddad e afirmou que a vice ocupada por Trajano seria uma “super chapa” para 2022.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rodrigo

20 de fevereiro de 2021 às 19h00

Essa tiazona que só pensa em lucrar lacrando não agrega merda nenhuma

Responder

Lincoln

15 de fevereiro de 2021 às 20h40

Ah tá

Derrubaram uma presidenta honesta Dilma PT
Prenderam um ex presidente honesto Lula

E ainda tem quem diz que a culpa é do pt

Responder

Maicon

15 de fevereiro de 2021 às 14h43

O PT não é mais a saída para qualquer coisa. O Brasil precisa de um homem íntegro, inteligente e experiente no poder e esse cara é o Ciro Gomes. PT é a velha política populista e demagoga, que se alia ao diabo pelo poder; Temer, Eduardo Cunha, Índio etc… Queremos e precisamos de sangue fervente, indignado com esse sistema velho e podre. Ciro 2022!!!

Responder

    Getúlio

    16 de fevereiro de 2021 às 11h29

    Com o cacife de 47 milhões de votos e suas inegáveis qualidades, Fernando Haddad é sem dúvida o único candidato de esquerda que passa para o segundo turno e pode derrotar Bolsonaro, depende de todos se unirem e ninguém fugir da raia e entregar o ouro para os facistas.

    Responder

EdsonLuiz Pianca

15 de fevereiro de 2021 às 11h03

Está bem, dona Luiza Helena Trajano. Eu respeito sua disposição.

Mas diante da emergência política em que estamos, com a instabilidade e a crescente ameaça à democracia promovida pelos bolsonaros, que está inviabilizando as soluções adequadas à saída da crise econômica gerada por experimentos heterodoxos infantis implementados por governos anteriores, fica o veemente apelo à senhora para que se junte aos que precisam garantir a democracia em nosso país e se associe, não a um Partido Político, ainda menos se for um partido corresponsável pelos problemas que hoje vivemos, mas sim, e esse é o apelo correto, no sentido de a senhora se empenhar, mesmo que de forma discreta, anônima, na animação da formação de uma frente democrática, ampla o suficiente para impedir o fortalecimento do fascismo, e se empenhe para que essa frente política elabore um projeto de desenvolvimento que faça o Brasil retomar o crescimento econômico perdido desde 2014.

O apelo é para que a senhora, que tem demonstrado compreender as vicissitudes de nosso povo, incluindo as violências de gênero e raça que o povo sofre, e compreendendo isso a partir do processo histórico e da cultura discriminatória engendrada, compreendendo assim o aspecto estrutural dessas vicissitudes, anime a formação e se junte a essa frente, buscando Ciro Gomes, Marina Silva, o Partido Cidadania, o PSB, o Governador Flávio Dino, o Partido Verde, mas principalmente associando o maior número de agentes cidadãos avulsos nessa necessidade.

Responder

    Frota Esquerda Liberal

    15 de fevereiro de 2021 às 19h47

    Não existirá coesão política em torno do poste Haddad e o Lulla ex-presidiário. Lide com isso.

    Responder

    Lincoln

    15 de fevereiro de 2021 às 20h47

    Não tem frente sem o PT.

    Tenho dito

    Responder

Tony

15 de fevereiro de 2021 às 10h54

Nao existe mais esquerda no Brasil.

Responder

Renato Leonardo Martinelli

15 de fevereiro de 2021 às 10h44

Faz muito bem a empresária em rejeitar a proposta oportunista para ser a poste do poste.
Não se esqueça da humilhação pela qual passou a Manuela do PCdoB em 2018.

Responder

    Sebastião

    15 de fevereiro de 2021 às 18h39

    Humilhação? Ela foi vice ganhando destaque nacional, com a chapa que foi pro segundo turno. Humilhou os outros candidatos… Humilhação veio das fakes News e da imprensa com ela. É disso que se trata?

    Responder

    Frota Esquerda Liberal

    15 de fevereiro de 2021 às 19h48

    Manuela passou humilhação porque quis. Tanto ela como o seu partido (Pseudo-B), adoram esse papel de satélite do Lulla.

    Responder

Alan C

15 de fevereiro de 2021 às 10h24

Lógico, né…..

Responder

Deixe uma resposta