Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Conhecido pela luta contra milicianos, Freixo fala sobre prisão de Daniel Silveira

Por Redação

20 de fevereiro de 2021 : 10h10

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), com história na luta contra milicianos, comentou sobre a decisão da Câmara dos Deputados de manter a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) por atacar e ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal.

Além disso, Freixo fez um discurso histórico no Plenário da Casa e homenageou a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada em março de 2018 junto com o seu motorista Anderson Gomes no Centro do Rio de Janeiro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cristiano Gomes da Rocha

22 de fevereiro de 2021 às 08h50

A decisão sobre o caso Daniel foi apropriada pelo revanchismo, deixam as questões técnicas de lado, não houve uma fundamentação plausível.
Além da prisão ser inconstitucional, pois a Constituição prescreve “quaisquer palavras”, é uma questão jurídica e não estética, e além disso Alexandre de Moraes achou pouco e emitiu um “mandado de prisão em flagrante”, quando estamos diante de uma ação penal condicionada, ou seja cabia ao MPF, sem falar que enquadrou como crime inafiançável quando a Constituição informa que crimes são inafiansaveis.

Responder

Cristiano Gomes da Rocha

22 de fevereiro de 2021 às 08h43

Ele luta pelo poder, não importa como, quer um Estado ao estilo de Cuba e vem falar em democracia, fala em desarmamento mas é cercado por seguranças… é muita hipocrisia dessa esquerda do Leblon, Copacabana e Ipanema, uma esquerda caviar que defende o socialismo champagne.

Responder

Netho

21 de fevereiro de 2021 às 20h41

“O texto teve um ‘rascunho’ elaborado pelo meu staff e pelos integrantes do Alto Comando residentes em Brasília. No dia seguinte —dia da expedição— remetemos para os comandantes militares de área. Recebidas as sugestões, elaboramos o texto final, o que nos tomou todo o expediente”. Assim se expressou de forma documental o Chefão do Forte Apache, três anos depois de ter enquadrado o STF.
Desde a CPI das Milícias em 2008 na Assembléia Carioca, cujo relatório final inspirou o filme TROPA DE ELITE de José Padilha, onde Freixo é o personagem representado pelo professor de história Fraga, a escalada das milícias cariocas, seja disputando ou associando-se às facções concorrentes do Comando Vermelho, assumiram o controle de mais de 70% das favelas do Grande Rio.
No livro A REPÚBLICA DAS MILÍCIAS, da editora TODAVIA, à página 225, a menção a ‘daniel silveira’ é explícita, como sendo um quadro apoiado e financiado pelas milícias paramilitares do Rio de Janeiro.

Responder

Netho

20 de fevereiro de 2021 às 17h38

Ativo nas redes sociais, Jair silencia.
Sua entourage e mais 130 deputados da base parlamentar, enrustida ou explicita, defendem o Miliciano. Nas redes sociais, Carlos Jordy (PSL-RJ) xingou Moraes de “vagabundo”.
Aposta-se que o Miliciano passará só o fim de semana na cadeia.
Sai leve e solto; com tornozeleira de araque.
Da cadeia, o Miliciano não deveria sair.
Nem retornar ao Parlamento.
No livro, A REPÚBLICA DAS MILÍCIAS, Editora Todavia, à página 225, Daniel Silveira é citado, nominalmente. A edição do livro é de 2020.

Responder

Renato

20 de fevereiro de 2021 às 14h49

Que luta ? A Milícia só cresce no RJ . Marille continua gigante….gigante debaixo da terra !

Responder

Tony

20 de fevereiro de 2021 às 11h27

O Freixo tava na praia aglomerado com um grupinho de amigos esse dias…todos sem mascara claro.

Responder

Gilmar Tontolão

20 de fevereiro de 2021 às 10h19

O Freixo e tao conhecido pela luta contra milicianos que as milicias tomaram conta do Rio sem ser incomodadas por absolutamente ninguem.

Responder

Deixe uma resposta