Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Primeira reunião da CPI será presencial para eleição de presidente, diz Pacheco

Por Redação

15 de abril de 2021 : 07h50

Logo após a sessão deliberativa desta quarta-feira (14), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse, em entrevista, que definirá em breve a data de instalação da CPI da Covid. Segundo ele, a primeira reunião terá que ser presencial, para eleição do presidente do colegiado, mas deverá seguir todos os protocolos sanitários.

Como todos os partidos e blocos partidários já enviaram à Mesa do Senado os nomes dos senadores que vão integrar a CPI, falta agora a leitura dessa composição em sessão do Plenário para que ela se torne oficial, o que deve ocorrer nos próximos dias. Até essa leitura, as indicações podem ser alteradas pelos líderes. 

— Nós agora temos esse passo que é o da indicação por partes de todos os partidos e blocos partidários dos membros da comissão parlamentar de inquérito. Agora a Presidência do Senado vai determinar a data da instalação da comissão parlamentar de inquérito, uma instalação presencial, em razão da eleição do presidente, que é preciso ser presencial e, logo na sequência, a definição de um relator. 

O presidente do Senado disse ainda que, depois de a comissão ter presidente, vice e relator, caberá aos próprios membros do colegiado definir como serão os trabalhos: se haverá reuniões presenciais, remotas ou semipresenciais e demais definições de procedimentos.

— O presidente da CPI junto com o relator e demais membros definirão, dentro da regra do funcionamento presencial, quais atos podem ser praticados pelo sistema remoto, sistema virtual, e, com isso, garantir que a CPI funcione normalmente. Essa é a lógica que tem que se implementar nesse momento e, por parte da Presidência [do Senado], nós daremos todos os instrumentos necessários para o funcionamento pleno da comissão parlamentar de inquérito — explicou.

Fonte: Agência Senado

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Lilian

15 de abril de 2021 às 10h05

Por que os parlamentares defendem o retorno às aulas presenciais com crianças, que na maioria se distraem e não cumprem os protocolos sanitários (isso se as escola públicas receberem os produtos básicos), mas o contingente das casas legislativas, adultos, conhecedores dos riscos de contágio, com dinheiro aos borbotões (até para encomendar redomas para suas confortáveis e distanciadas poltronas) não ousam pisar nos plenários? É a máxima dos que só admitem a privilégios: “faça o que eu digo, decido para você cumprir, e não

Responder

Deixe uma resposta