Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Biden propõe US$ 6 trilhões pra turbinar classe média e infraestrutura

Por Redação

27 de maio de 2021 : 11h44

Nesta sexta-feira, 28, o presidente dos EUA, Joe Biden, vai propor um orçamento de US $ 6 trilhões em especial nas áreas de infraestrutura, educação e saúde. O montante eleva o país aos níveis mais altos de investimentos federais desde a Segunda Guerra Mundial. Ao longo da próxima década, o país deve registrar déficits acima de US $ 1,3 trilhão.

De acordo com o The New York Times, a solicitação imediata do orçamento do presidente é exigir que o governo federal faça investimento na casa dos US $ 6 trilhões em 2022 e que os gastos totais sejam de US $ 8,2 trilhões em 2031.

A proposta de duas camadas do chefe do executivo norte-americano para atualizar a infraestrutura do EUA é também de expandir a rede de segurança social, inserida no seu Plano de Emprego Americano e Plano de Famílias Americanas, juntamente com outros reajustes planejados em gastos discricionários.

O objetivo de Biden é claro e cristalino, que o estado seja a força motriz para auxiliar os americanos a conquistar o status de classe média e elevar a indústria norte-americana para aumentar a competitividade em nível global em uma economia onde o próprio governo lidera e acredita na corrida para reduzir emissões de energia e combate às alterações climáticas.

Outro ponto relevante e que precisa ser observado é que os níveis de tributação e investimento nos planos de Biden devem aumentar a pegada fiscal federal para níveis raramente vistos no pós-guerra.

O objetivo do governo Biden também é financiar investimentos em pontos cruciais para manter os EUA competitivos no mundo. Para isso, o dinheiro público será investido em estradas, estrutura para fornecimento de água, internet, estações de carregamento de carros elétricos e pesquisas avançadas de manufatura. 

O plano Biden também prevê o financiamento de creches a preços acessíveis, jardim de infância para todas as crianças, um programa nacional de licença remunerada e outras ações. Os investimentos na defesa nacional também dever crescer.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bassam

27 de maio de 2021 às 18h00

É o Ciro americano!

Responder

Paulo

27 de maio de 2021 às 13h03

Enquanto isso, por aqui, os particulares é que avançam no Estado, com fome leonina, e acabarão por fechar um canal de desafogo da meritocracia, que via no serviço público uma das poucas possibilidades de ascensão social duradoura, em nosso país…

Responder

Bandoleiro

27 de maio de 2021 às 11h52

Aumentando impostos até eu sou capaz.

Responder

Deixe um comentário