Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Hillary Clinton defende subsídios à indústria americana para reduzir dependência da China

Por Redação

27 de maio de 2021 : 15h52

A ex-candidata a presidência dos EUA, Hillary Clinton (Democrata), defendeu nesta quinta-feira, 27, que o país norte-americano adote o sistema de subsídios voltados para a indústria nacional. Segundo ela, o objetivo seria diminuir drasticamente a dependência da China, que atualmente é a segunda maior economia do mundo e que rivaliza diretamente com os EUA.

A fala de Hillary acontece após o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciar que vai propor um orçamento de US $ 6 trilhões em especial nas áreas de infraestrutura, educação e saúde. O montante eleva o país aos níveis mais altos de investimentos federais desde a Segunda Guerra Mundial. Ao longo da próxima década, o país deve registrar déficits acima de US $ 1,3 trilhão.

De acordo com o The New York Times, a solicitação imediata do orçamento do presidente é exigir que o governo federal faça investimento na casa dos US $ 6 trilhões em 2022 e que os gastos totais sejam de US $ 8,2 trilhões em 2031.

O jornalista e editor do site Revolução Industrial Brasileira (RIB), Fausto Oliveira, analisou a fala Clinton. Assista a análise na íntegra!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário