Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Exército decide não punir Pazuello por participar de ato com Bolsonaro

Por Redação

03 de junho de 2021 : 16h24

Na tarde desta quinta-feira, 3, a cúpula do Exército decidiu não punir o general da ativa e ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por ter participado de um ato político ao lado de Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Em nota, a instituição afirma que “o Comandante do Exército analisou e acolheu os argumentos apresentados por escrito e sustentados oralmente pelo referido oficial-general”.

“Desta forma, não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do general Pazuello. Em consequência, arquivou-se o procedimento administrativo que havia sido instaurado”, completa.

Na terça-feira, 1º, Pazuello foi nomeado para assumir um cargo na Secretaria de Assuntos Estratégicos, pasta subordinada Presidência da República. O general vai ser secretário de Estudos Estratégicos no órgão.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

04 de junho de 2021 às 16h59

Quando a política nos quarteis entra pela porta da frente a hierarquia e disciplina sai pela porta dos fundos .

Responder

Alexandre Neres

03 de junho de 2021 às 20h25

Vergonhoso. O que aconteceu foi gravíssimo.

Não ă toa aconteceu o que aconteceu no Recife ou em Fortaleza.

O comandante do exército é um moleque.

Quebrou um pilar básico castrense, que é a disciplina.

Abriu-se um precedente perigosíssimo. O exército sendo enquadrado por Jair. Fazendo gato e sapato dos quartéis. Um exército pra chamar de seu.

O bosta que tá lá não honra a farda que veste.

Se um general de 3 estrelas faz isso, isto é, à luz do dia desempenha atividade político-partidário subindo num picadeiro, o que não fará um cabo?

O Alto Comando do Exêrcito foi humilhado pelo capitão bunda suja.

Só saíram incólumes o General Fernando Azevedo e Silva e o General Pujol.

Responder

Paulo

03 de junho de 2021 às 19h31

Essa decisão é deveras preocupante…

Responder

Bandoleiro

03 de junho de 2021 às 18h56

Mas alguém liga pro exército? Alguém liga pra esse gordinho ridículo???

Responder

carlos

03 de junho de 2021 às 18h45

Agora qualquer recruta pode pintar e bordar nas forças armadas, é por isso que no 23 BC em fortaleza aonde meu filho serviu, teve um soldado que assaltou um mercadinho e levava droga e usava dentro do quartel, é fim das forças armadas ou melhor sucatas armadas.

Responder

Deixe um comentário