Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Foto: Vitor Soares

Quaquá elogia governador do Rio: “É Castro-Lula”

Por Redação

26 de agosto de 2021 : 16h26

Na última terça-feira, 25, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), se encontrou com lideranças políticas locais na cidade de Maricá para formalizar o repasse de recursos oriundos da quantia arrecadada com a venda da CEDAE.

Durante o evento, o vice-presidente nacional do PT e ex-prefeito da cidade, Washington Quaquá, sugeriu apoio à reeleição de Castro nas eleições de 2022. Na avaliação de Quaquá, Castro “está fazendo um excelente trabalho e tem nossa admiração”.

De olho no pleito, o governador já mantém diálogo com a maioria dos prefeitos fluminenses.

Além do petista, também estavam presentes o deputado federal e presidente estadual do PL, Altineu Côrtes, e o deputado estadual Felipe Peixoto (PSD).

Segundo o site Plantão em Foco, após o evento, Quaquá cravou:

“Altineu, é Castro/Lula, é Castro/Lula!”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

26 de agosto de 2021 às 17h21

O PT ė um PT diferente para cada caso.
São vários PT, várias máscaras.

O único PT digno é o da militância, mas não falo do PT da militância tóxica, não o PT da delinquência política, da distorção, da mentira, do Brasil171, da defesa da corrupção e dos corruptos, da incompetência que gera a maior recessão da história do país e com isso joga milhões no desemprego, retira dinheiro da saúde, da educação, da segurança, do investimento, mas grita que quem fez isso foram os outros.

Não falo da bolsonereslitigância.

Falo do petista bem intencionado, que eu queria que chamasse o Fernando Haddad, o Jaques Wagner, o Camilo Santana, Olįvio Dutra, que eu acho petistas dignos, e disputassem o PT a essa canalhada tipo Lula é Quaquá.

Mas isso não vai acontecer.
As pessoas possuem um compreensível sentimento de gratidão. Lula, tendo poder, agradou essas pessoas. Se elas disputarem o PT contra os canalhas corruptos e populistas será depois que Lula não estiver mais aqui.

O bom petista que não quer ser cúmplice tem a opção de esperar no PSOL. Será quase inevitável que, após Lula, o PSOL e o PT se juntem em uma única sigla.

Responder

Deixe um comentário