Cafezinho das 3: por que as manifestações de domingo floparam?

Imagem: Divulgação

Ex-presidente do BNDES, Edmar Bacha defende terceira via para 2022

Por Redação

12 de setembro de 2021 : 06h44

O ex-presidente do BNDES e um dos responsáveis pelo Plano Real, o economista Edmar Bacha, revelou que é entusiasta de uma candidatura alternativa a Lula e Jair Bolsonaro nas eleições de 2022.

Na sua avaliação, enquanto Bolsonaro representa a destruição do cenário político, Lula é um risco, segundo ele, para a economia.

“Não tem jeito, não. A gente tem de focar na construção de uma alternativa melhor, que esse país merece”, afirmou em entrevista a Folha.

“Eu estou envolvido 100% na busca de uma melhor via, porque eu acho que Bolsonaro é um risco à democracia do Brasil e Lula é um risco à economia. As últimas declarações que ele, Lula, tem dado mostram que ele não aprendeu nada. Tem se posicionado contra a austeridade fiscal, contra a abertura da economia.

Os assessores dele [de Lula] são todos retrógrados, estão todos nessa linha de recuperar o Brasil grande, não aprenderam nada. Não se deram conta de que surfaram em uma onda de commodities e, na verdade, deixaram passar a oportunidade. Gastaram o que tinha e o que não tinha, em vez de aumentar a capacidade de crescimento com aquela enorme onda de commodities que o Brasil teve durante o governo Lula”.

Para ler a entrevista completa, clique aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Pedro

12 de setembro de 2021 às 21h50

Esse cara é burro, Lula é contra impostos sobre grandes fortunas (com a mesma desculpa dos neoliberalóides da “fuga de capitais”, que no Brasil é uma grande mentira, enquanto em países desenvolvidos cobram 40% ou mais, e mesmo na América do Sul. nos outros países cobram de 20% à 40%, no Brasil é 0%, ou seja, da pra criar impostos de 10%,15% e não teriam pra onde “fugir”), Lula se vangloriou que “Os bancos nunca lucraram tanto quanto no meu governo”, e nunca fez mudanças estruturais, seguiu uma política centrista, tá longe de ser “um risco pro mercado financeiro” (porque foi isso que esse elitista quis dizer com “risco pra economia”, não liga pra economia real, só pro mercado, Lula não é risco pra nada, só não acho ele a melhor opção, ele não tem projeto claro, não confio nas ideias dele, mas se Bozo chegar no 2º, vou de Lula sem nem pensar). A questão é, a “3ª via” que ele fala, só terá chance de tirar Bozo ou quem Bozo apoiar, do 2º turno, se unificarem em torno de um cara que também é “Contra austeridade fiscal” e é mais à esquerda que Lula, Ciro Gomes, só uma chapa de Ciro, com alguém da centro-direita como vice (prefiro o Mandetta), tem força pra tirar o Bozismo do 2º turno. E o que seria “abertura econômica”? Pois o Brasil já faz e sempre fez comércio com o mundo todo, ninguém com chances eleitorais é contra o “livre comércio”, Ciro e Lula apoiam algumas restrições e controles pra proteger a economia do nosso país, de competições desonestas de outros países, mas nada excessivamente “protecionista”. Essa “abertura” que o Edmar quer, deve ser de “abrir as pernas”, de entregar todo o patrimônio nacional, o famoso “Privatismo vende tudo”.

Responder

Marco Vitis

12 de setembro de 2021 às 12h19

Brigar contra a realidade é derrota certa. Em 2018 o sentimento dominante era o “Anti PT”. Para 2022 o dominante é o “Nem Bolsonaro, Nem Lula”. Parafraseando Heráclito, temos que ouvir o “logos” da realidade.

Responder

Paulo

12 de setembro de 2021 às 10h48

Economistas são como prestidigitadores…Há algum tempo que eu não levo mais essa gente a sério…Não que, falando politicamente, ele esteja errado na ideia da 3ª via. Porém, mesmo esta tem que se transformar em 2ª via para vingar, e isso só se dará no momento em que Bolsonaro for escorraçado do Palácio do Planalto, por crime de responsabilidade ou comum – e o quanto antes, para dar tempo de lançar e consolidar uma alternativa de centro-direita para 2022. Não sei se querem fazer isso, no nosso glorioso Parlamento…A elite econômica e financeira não está percebendo que, desta feita, Lula representa um perigo real de argentinização/venezuelização/cubanização da nossa economia. É um momento geopolítico delicado, no mundo, em que, ou se fica com a China, ou se fica com os EUA. Décadas futuras estão em jogo, mas muitos não percebem…

Responder

Ricardo JC

12 de setembro de 2021 às 10h15

Ele foi massacrado nos comentários. Olha que os leitores da FSP não são exatamente “petistas”…a coisa vai mal para essa 3a via (ou como eu vejo, “os engana trouxas”)

Responder

Walter

12 de setembro de 2021 às 09h35

3° via (Bolsonarismo sem Bolsonaro) . Esses economistas neoliberais são um verdadeiro fracasso e a cegueira (ou não) lhes faz vomitar verdadeiras asneiras quando abrem a boca.

Responder

Deixe uma resposta