Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Bolsonaro se “oferece” para depor no inquérito que apura interferência na PF

Por Redação

06 de outubro de 2021 : 15h33

Nesta quarta-feira, 6, Jair Bolsonaro enviou uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) onde se “oferece” para prestar depoimento no inquérito que investiga a interferência na Polícia Federal (PF). A apuração teve início em abril de 2020 após as denúncias do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro.

O pedido foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU) e o julgamento que definiria o formato do depoimento de Bolsonaro ainda na tarde desta quarta-feira foi suspenso. De acordo com o órgão, o objetivo de Bolsonaro é “a plena colaboração com a jurisdição” da Suprema Corte.

“O Requerente manifesta perante essa Suprema Corte o seu interesse em prestar depoimento em relação aos fatos objeto deste Inquérito mediante comparecimento pessoal”, afirma a manifestação assinada pelo advogado-geral da União, Bruno Bianco.

O órgão também pede que Bolsonaro possa depor em local, dia e hora ajustados e usa como base o Código de Processo Penal, “prerrogativa que compatibilizará o pleno exercício das funções de Chefe de Estado e do seu direito de defesa na ocasião da prestação de depoimento em modo presencial”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

06 de outubro de 2021 às 21h32

Que homem sério! Quer colaborar com as investigações…Taí um modelo de patriota e republicano…

Responder

Deixe um comentário