Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Diretor da PF nomeado por Bolsonaro compra imóvel de luxo em Miami

Por Redação

10 de novembro de 2021 : 21h27

Nomeado por Jair Bolsonaro, o diretor-geral da Polícia Federal, delegado Paulo Maiurino, comprou e quitou em apenas 16 meses um apartamento no valor de US$ 675 mil (R$ 3,5 milhões) em Miami. Ele financiou o imóvel por US$ 337,5 mil. Na cotação de hoje, o valor corresponde a R$ 1,9 milhão.

A operação feita por Maiurino é considerada incomum porque na prática o chefe da PF acabou pagando mais caro pelas taxas do banco e juros.

Com isso, a operação chama menos atenção das autoridades norte-americanas que estão encarregadas de fiscalizar a origem do dinheiro de compras feitas à vista. A compra do apartamento foi divulgada pelo jornalista Allan de Abreu e publicada no Metrópoles.

Mas o que levanta suspeitas na compra do apartamento é que o salário bruto de um delegado especial da PF, posição ocupada por Maiurino é de R$ 31 mil. Em valores líquidos, são cerca de R$ 25 mil. Já o salário de sua esposa, Valeria Veit, que ocupa cargo de assessora no gabinete do deputado Bacelar (Podemos-BA) é de apenas R$6,2 mil.

O apartamento comprado pelo casal fica em um condomínio chamado Peloro Miami Beach, a beira mar. Outro detalhe relevante no caso é que para garantir a posse do imóvel é necessário pagar um imposto anual fixo de 1,8% do valor da propriedade ou seja, US$ 12.150 por ano.

Além disso, a taxa de condomínio é de US$ 1 mil por mês, R$ 5,5 mil mensais. Só nesses dois pontos são mais R$ 66 mil em gastos fixos por ano. Somados os dois gastos, o apartamento custa R$ 132,8 mil por ano. Maiurino foi procurado mas não quis informar a origem do dinheiro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Adevir

11 de novembro de 2021 às 08h34

Que sensacionalismo barato hein Cafezinho….

Responder

Paulo

10 de novembro de 2021 às 22h14

Em valores líquidos, ele ganha até menos…É sim matéria a ser investigada, pois, só para adquirir o imóvel, eu calculo que ele precisaria de 13 a 15 anos de trabalho, poupando tudo que recebe…Se for jovem, é produto de crime, com certeza, salvo herança ou algum outro fato extraordinário…

Responder

Fanta

10 de novembro de 2021 às 21h48

Não sei em qual Mundo viva esse jornalista mas deveria saber que as pessoas não nascem no exato momento em que ele escreve um artigo, elas tem família e por tanto podem ter heranças, doações, investimentos, empregos pregressos ao atual, etc…

Mas a coisa maís importante é que a vida desse delegado não interessa a ninguém e que se é pra por o nome do Presidente da República no meio de qualquer coisa para conseguir “vender cópias” eu também sou jornalista a partir de hoje.

Responder

Ronei

10 de novembro de 2021 às 21h43

675 mil $ (3,5 milhões de reais) é um imóvel de luxo no Piauí, em Miami é uma tapera qualquer.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?