Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Garotinho se aproxima de Bolsonaro, mas diz que não apoia ninguém

Por Redação

01 de fevereiro de 2022 : 10h32

Na noite de ontem, o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PROS), se reuniu com Jair Bolsonaro (PL) em Campos. Ele estava acompanhado da sua esposa, Rosinha Garotinho, e os filhos, a deputada Clarissa Garotinho (PROS) e o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD).

Mas apesar do encontro, o ex-governador disse que não está apoiando nenhuma candidatura presidencial e que a ocasião com Bolsonaro foi Lara falar sobre “investimentos”.

“Como já disse, Bolsonaro apoia Cláudio Castro. Lula apoia Freixo. Por enquanto não estou apoiando ninguém. A vista do presidente é para falar de investimento, não de política”, declarou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

01 de fevereiro de 2022 às 13h46

Eu gostaria de ouvir o vídeo do Dudu bananinha palestrando em Orlando, misturou a independência dos Estados Unidos com a revolução francesa.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Maranhão O Xadrez para Governador do Rio Grande do Sul O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro