Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Flow Podcast desliga Monark de seus quadros

Por Redação

08 de fevereiro de 2022 : 18h18

Os Estúdios Flow anunciou no final da tarde desta terça-feira, 8, que o podcaster Bruno Aiub Monark foi desligado dos seus quadros após ele defender a existência de um partido nazista regulamentado por lei no Brasil.

A produtora pediu desculpas em “especial à comunidade judaica” e comunicou sobre a retirada do ar do episódio. Vale ressaltar que durante o dia, o Flow perdeu diversos patrocinadores e tem sido alvo de muitas críticas.

“Reforçamos o nosso comprometimento com a democracia e direitos humanos. Assim, o episódio 545 do Flow Podcast foi tirado do ar em todas as plataformas. Comunicamos também a decisão de que, a partir deste momento, o youtuber Bruno Aiub (@Monark) está desligado dos Estúdios Flow”, anunciou nas redes sociais.

Na tarde de hoje, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro rompeu o contrato de transmissão dos jogos de campeonato carioca com os Estúdios Flow.

“A Ferj, defensora da igualdade, do respeito e contrária a qualquer tipo de preconceito, anuncia o rompimento do contrato com o Estúdios Flow, responsável pelo podcast Flow Sport Club, que transmitia jogos do Campeonato Carioca de 2022, por apologia ao nazismo, regime cujos crimes contra a humanidade até os dias de hoje causam horror a qualquer um que preze pela vida”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Liberta

09 de fevereiro de 2022 às 07h57

Q qualquer um que fizer apologia ao comunismo, socialismo ou ao fascismo tbm sofra o mesmo tipo de cancelamento.

Responder

Paulo

08 de fevereiro de 2022 às 22h10

Essa “cultura do cancelamento” ainda produzirá resultados nefastos ao mundo e ao Brasil. Quando um político petista se dá o direito de invadir uma cerimônia religiosa para fazer proselitismo político, profanando o culto e o templo, além de acusar o pároco local e a Igreja de “racismo estrutural”, palavra da moda na boca dos esquerdistas, surfando na onda de eventos trágicos – entretanto muito mais, senão exclusivamente, de matiz social que racial -, ninguém condena. Mas vi excertos do vídeo do Flow, e posso dizer que, salvo edição muito bem feita, Kim foi desonestamente condenado. Dizem as profecias que, no final dos tempos, a Igreja será perseguida, e o que vemos atualmente, senhores, e só um ensaio…

Responder

Zulu

08 de fevereiro de 2022 às 21h48

Até que enfim Lula apareceu no meio do povo do NE: https://fb.watch/b2O7VJVCUd/ ….Kkkkkkkkk

E tem imbecis que acreditam em pesquisas e que Lula será candidato…

Responder

William

08 de fevereiro de 2022 às 20h53

Eu não vi nenhuma apologia ao nazismo pois o nazismo não existe.

Responder

Kleiton

08 de fevereiro de 2022 às 19h52

É uma impressão minha ou esses “judeus pela democracia” cheiram esquerdistas fantasiados ?

Pediram aos carrascos dos slipping giant de cobrar os patrocinadores…?

É uma impressão minha ou são meio nazistoides estes “judeus pela democracia”…?

É uma impressão minha ou quem se auto proclama democrata a cada 3 minutos cheira autoritarismo…?

Responder

Batista

08 de fevereiro de 2022 às 19h01

Fraquejaram. Cederam ao cancelamento. Lamentável.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes