Genial/Quaest: Veja os números da corrida pelo governo da Bahia

Foto: Ricardo Stuckert/divulgação

Lula tem 63% dos votos totais em Pernambuco, segundo pesquisa Empetec

Por Miguel do Rosário

12 de março de 2022 : 12h09

Pesquisa do instituto Empetec, divulgada hoje pelo Diário de Pernambuco, contratada pelo próprio jornal por R$ 10.000,00, mostra que o ex-presidente Lula mantém uma força descomunal no estado. 

Trechos da reportagem:

Se as eleições para presidente da República fossem hoje, o ex-presidente Lula (PT) teria, em Pernambuco, mais do que o triplo dos votos do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL). É o que revela a primeira pesquisa Empetec/Diario. Foram ouvidos 2019 eleitores entre os dias 26 de fevereiro e 4 de março. A margem de erro é de 2,23%, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O levantamento foi feito pela Empresa de Pesquisas Técnicas, Científicas e de Mercado LTDA (Empetec), tendo como contratante o Diario de Pernambuco, e registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco sob o número PE-03717/2022.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor, Lula aparece com 62,6%. Em segundo lugar, Bolsonaro atinge 16,5%. O terceiro no levantamento é Ciro Gomes (PDT), com 2,7%. Sergio Moro (Podemos) aparece em quarto lugar, com 1,7%. Em seguida, surgem João Doria (PSDB) e Simone Tebet (MDB), com 0,2%. Rodrigo Pacheco (PSD) é vem depois, com 0,1%. Os que não votam em ninguém, em branco ou nulo são 9,1%. Outros 6,6% não sabem ou não responderam.

 

Abaixo, os principais números da pesquisa:

Estimulada

Lula: 62,6%
Jair Bolsonaro: 16,5%
Ciro Gomes: 2,7%
Sergio Moro: 1,7%
João Dória: 0,2%
Simone Tebet: 0,2%
Rodrigo Pacheco: 0,1%
Ninguém/Branco/Nulo: 9,1%
Não sabe/Não respondeu: 6,6%

Espontânea
Lula: 52,9%
Jair Bolsonaro: 15,5%
Ciro Gomes: 1,4%
Sergio Moro: 0,7%
João Campos: 0,1%
Ninguém/Branco/Nulo: 1,2%
Não sabe/Não respondeu: 28,0%

Por sexo

Feminino
Lula: 64,0%
Jair Bolsonaro: 13,3%
Ciro Gomes: 1,9%
Sergio Moro: 1,8%
João Dória: 0,3%
Rodrigo Pacheco: 0,2%

Masculino
Lula: 61,0%
Jair Bolsonaro: 20,0%
Ciro Gomes: 3,6%
Sergio Moro: 1,7%
João Dória: 0,1%
Rodrigo Pacheco: 0,0%

Por faixa etária

16 a 24 anos
Lula: 65,4%
Jair Bolsonaro: 15,0%
Ciro Gomes: 3,7%
Sergio Moro: 1,5%
João Dória: 0,2%
Simone Tebet: 0,2%
Rodrigo Pacheco: 0,0%

25 a 34 anos
Lula: 59,1%
Jair Bolsonaro: 17,6%
Ciro Gomes: 4,0%
Sergio Moro: 2,5%
João Dória: 0,2%
Simone Tebet: 0,2%
Rodrigo Pacheco: 0,2%

35 a 44 anos
Lula: 62,2%
Jair Bolsonaro: 19,9%
Ciro Gomes: 2,0%
Sergio Moro: 1,0%
João Dória: 0,0%
Simone Tebet: 0,3%
Rodrigo Pacheco: 0,3%

45 a 59 anos
Lula: 62,0%
Jair Bolsonaro: 15,8%
Ciro Gomes: 2,0%
Sergio Moro: 1,8%
João Dória: 0,0%
Simone Tebet: 0,0%
Rodrigo Pacheco: 0,0%

+60 anos
Lula: 64,8%
Jair Bolsonaro: 13,6%
Ciro Gomes: 1,0%
Sergio Moro: 1,7%
João Dória: 0,7%
Simone Tebet: 0,3%
Rodrigo Pacheco: 0,0%

Análise

O peso de Lula em Pernambuco é mais um elemento de pressão para que o PSB acelere a sua decisão de se aliar nacionalmente ao PT, mesmo que sem a federação. 

Para a terceira via, a pesquisa representa mais um prego no caixão, pois ela mostra que nenhum deles tem musculatura para neutralizar a polarização.

Ciro Gomes, por exemplo, é completamente ofuscado por Lula em Pernambuco, e sem perspectiva de crescer, pois o seu discurso, mais à esquerda, não encontra receptividade junto ao eleitorado conservador.

O eleitorado à esquerda, por sua vez, já aderiu ao Lula, e desenvolveu forte rejeição a Ciro Gomes, em virtude dos ataques que ele faz, sistematicamente, ao petista. 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

William

12 de março de 2022 às 21h59

Eu ainda consigo entender como é possível se falar de um elemento vomitevol como esse tal de Lula no ano de 2022.

Fora desse fim de mundo de pais há renovação política periódica, com algumas caras novas de vez enquanto e o afastamento perene de quem é pego enfiando as mãos na Nutella como essa merda ambulante da foto.

Esses estrumes falantes tomam vergonha na cara e nunca mais aparece pois sabem que seriam completamente ignorados.

Os Brasileiros ao contrário fazem questão de ficar na merda e de dar oxigênio a parasitas de todas as espécies…. cabeças de terceiro mundo fazem países de quarto mundo, não há pra onde correr.

Responder

EdsonLuíz.

12 de março de 2022 às 15h36

Eu acabei de ler as últimas notícias do que a Rússia e o amigo de Lula e neo-amigo de bolsonaro, o Vladimir Putin, estão fazendo com a Ucrânia.

É aterrador! Não vai sobrar nada daquele oprimido país!

Quem apoia ou se omite a tal barbaridade é cúmplice da barbaridade!

A questão da Ucrânia é justamente essa: Civilidade ou Barbárie.

Se o segundo turno nas nossas eleições for entre Lula e bolsonaro, será BarbárieXBarbárie.

A barbárie na Ucrânia precisa ser impedida! A barbárie no Brasil também! Todos viram que o PT e Lula deixaram a terra brasileira arrasada como uma guerra. A recessão econômica gestada por Lula e o PT foi a MAIOR da história da nossa economia! Todos sabem que bolsonaro e sua barbárie agravaram ainda mais a destruição econômica que o PT fez. Quem sofre mais com essa destruição na economia, como sempre, são os mais pobres! E ainda tem a questão da corrupção!

Temos que combater a barbárie!

E os bárbaros, nós vemos pela agressào da Rússia à Ucrânia e a posição comum de bolsonaro e Lula de apoiarem direta ou veladamente aquela destruição sem motivos: os bárbaros se apoiam e se realimentam.

Responder

Ronei

12 de março de 2022 às 12h39

Tem muito mais, cerca de 145,71%….

Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil