Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Ciro ironiza desistência de Doria

Por Redação

31 de março de 2022 : 11h29

O ex-ministro e pré-candidato a presidência pelo PDT, Ciro Gomes, se pronunciou na manhã desta quinta-feira, 31, sobre a desistência do governador de São Paulo, João Doria, em disputar a presidência da República pelo PSDB.

Diferentemente do governador paulista, o pedetista não deu sinais de que também vai desistir da sua candidatura. Nas palavras de Ciro, “muitos vão ceder, mas não serei eu”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

31 de março de 2022 às 16h36

Para que a ironia, Ciro?

Eu não acho você o melhor político do mundo, mas na falta de alguém com habilidades técnicas e políticas e visão de mundo melhor e mais arejada que tenha alguma viabilidade eu preferi você. Só que você não consegue se controlar e ataca sem ser atacado.

Eu não estou falando de criticar e se posicionar, não; se posicionar é necessário, criticar é necessário. Eu estou falando de ataques, ironias e raciocínios gratuitos e deselegantes. Se a figura ataca você, é asquerosa e o prejudica, até tudo bem você devolver, mas atacar à toa?

Responder

Alexandre Neres

31 de março de 2022 às 15h26

Quando Ciro está livre, faz o que gosta, ou seja, ataca Lula.

Fica por ali de quequé. Lula apoia Freixo, sobra Paes e o PSD carioca pra ele. É igual aqueles peixes que ficam rodeando o tubarão esperando a rebarba.

Só que em determinados momentos, quando há movimentação na terceira via, Ciro tem que abandonar seu esporte predileto e centrar fogo nos adversários que estão efetivamente disputando com ele o terceiro lugar, quais sejam, a turba da direita e da centro-direita (PSDB, MDB, Podemos, União Brasil e Cidadania).

Pelo menos nessas horas Lula se livra do incômodo causado pelo pentelho falastrão.

Responder

Batista

31 de março de 2022 às 14h05

“Muitos irão ceder e não serei eu”.

Nem poderia, pois não seria Ciro, que seguirá junto com a tradicional e insistente fila de candidatos nanicos, na disputa do primeiro turno, tornando o PDT, para tanto, uma ‘Mariupol desazovada’.

Depois, ‘saído’ do segundo turno por livre e espontânea vontade dos ingratos eleitores que não o entendem, sairá de novo à francesa com um, a bientôt, Paris m’attend.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro