Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Foto: Divulgação

Coordenador da FUP se posiciona sobre proposta do governo em reduzir os preços dos combustíveis

Por Redação

07 de junho de 2022 : 09h16

“Mais um anúncio improvisado de Jair Bolsonaro para tentar enganar a população a quatro meses das eleições presidenciais. Mais uma medida eleitoreira que não resolverá a escalada de preços dos combustíveis, uma vez que o problema é a equivocada política de Preço de Paridade de Importação (PPI)”, avaliou o coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar.

O posicionamento de Bacelar diz respeito as anunciadas propostas de emenda constitucional do Governo Bolsonaro e do Projeto de Lei Complementar n° 18 para fixar em 17% o teto do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e zerar os impostos federais sobre os combustíveis. 

Bacelar ainda observa que a proposta prevê transferência de recursos para compensar a redução de arrecadação tributária de estados e municípios, enquanto mantém intocáveis dividendos exorbitantes para acionistas privados da Petrobrás.

“Não adianta mentir, Bolsonaro. O GLP já estava com os impostos federais reduzidos e, no entanto, o preço do gás de cozinha continua a subir”, lembra o coordenador da FUP.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fanta

07 de junho de 2022 às 10h45

As idiotices mongolas de propaganda terceiromundosta…o petroleo é nosso, dolarizaçao dos preços, ecc…sao besterias obviamente.

O mundo hoje é 1 sò…basta dividir o preço de uma pizza por esemplo pelo cambio com o euro ou dolar e terà o preço pago la fora pelo mesmo ou similar produto.

O que deveria ser feito é abrir o mercado para importaçào e venda de petroleo (nao da Petrobras) e por um equilibrio entre o preço dos combustiveis e o lucro da Petrobras para satisfazer os acionistas sem arrancar o couro dos brasileiros.

Melhor ainda seria se os brasileiros parassem de fazer filhos a toa que acabam no mundo completamente sem rumo

Se fizessem 1 ou 2 dependendo da renda familiar os educassem, instruissem sobre a importancia do estudo e do trabalho, os civilizassem com algumas poucas regras basicas, ecc….em 30 anos metade dos problemas do Brasil seriam resolvidos.

E’ obvio que nesse mar de incivildade, maaeducaçao, de ignorancia, de criminalidade a gasolina nao serà barata nunca.

Responder

Querlon

07 de junho de 2022 às 10h11

Se mudar a politica de preços fosse tao facil ja teria sido feito, seriam milhoes de votos a mais e reeleiçao certa. Se tivesse alguem de esquerda no governo ja teria sido feito para nao perder votos e nada mais. Medidas populistas eleitoreiras sao coisa da esquerda terceiromundista brasileira para explorar a pobreza e se reeleger….o que acontecer a medio ou longo prazo tanto faz, os brasileiros pagam o importante é faicr no poder….qualquer coisa basta dizer aos brasieliros que nao sao mais pobres, eles acreditam e o jogo segue.

Até a pandemia os preços estavam num patamar normal mas o mundo é um sò e a gasolina subiu em todos os cantos onde tem e nao tem petrolio ( A Noruega refina e vende o proprio petroleo atraves de estatais e a gasolina é de longe a mais cara da Europa, passando de 2 Euro e muito…mais de 12 R$ o litro).

O proprio fato que estes luloides dos sindicatos defendam a mudança de preço sabendo que isso entregaria votos a Bolsonaro fede podre.

Responder

Valeriana

07 de junho de 2022 às 09h43

O que os sindicatos sabem do que vai e vem da Petrobras….?

Esses desocupados nao sabem de nada, a Petrobras era assaltada dia e noite e nao perceberam nada…ou fingiram de nao ver nada ?

Nao podem ser levados a serio por nada, como se nao esistessem.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina