Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Imagem: Divulgação

Presidente da Comissão de Educação defende intervenção no FNDE para apurar contratos da gestão Milton Ribeiro

Por Gabriel Barbosa

22 de junho de 2022 : 12h12

Na manhã desta quarta-feira, 22, o senador e presidente da Comissão de Educação na Casa Alta, Marcelo Castro (MDB-PI), falou sobre a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro (MEC) e do pastor Gilmar Santos.

Para o emedebista, a operação realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje “evidencia as suspeitas de uso criminoso dos recursos públicos do FNDE, como vem apurando a Comissão de Educação do Senado”.

Alem disso, Castro defende uma intervenção no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para investigar os contratos firmados durante a gestão de Milton Ribeiro no MEC.

“Agora, é urgente que se faça uma intervenção no FNDE para que se apure os contratos feitos na gestão de Milton Ribeiro, em que recursos públicos eram direcionados, sem nenhum critério técnico e com viés político”, afirma.

Por fim, o senador classificou o esquema de corrupção no MEC como um “descalabro”. “O que temos visto é um descalabro na administração pública”, destaca.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Saulo

22 de junho de 2022 às 14h00

O FNDE é quem faz a gestão dos recursos, é uma autarquia independente do MEC.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina