Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Irmão de Arruda discorda da polícia e diz que assassinato foi crime político

Por Redação

16 de julho de 2022 : 12h45

Neste sábado, 16, Luiz Donizete Arruda, irmão do PT Marcelo Arruda, criticou a conclusão do inquérito da Polícia Civil do Paraná que negou a hipótese de crime político no assassinato. 

Em entrevista a RPC, Donizete disse que “foi um crime político porque ele [Jorge Guaranho] viu uma decoração que era de esquerda, que tinha a imagem do ex-presidente, e que caracterizava uma simpatia do PT do meu irmão, e que era um adversário, enquanto eram pessoas de bem”.

“E outra coisa: situação de uma ronda. Se o cara vai fazer uma ronda no local, chega lá e está tudo tranquilo, são pessoas de bem, as pessoas não estão vandalizando, não tem briga, não tem discussão, o que um cidadão normal faz? “, questionou.

“Manobra seu veículo e vai para casa […] Mas como era uma decoração adversa ao viés politico dele, ele resolveu tirar satisfação com os convidados, inclusive com meu irmão”, completou.

Vale lembrar que Jorge José Guaranho, apoiador de Jair Bolsonaro, será acusado por homicídio por motivo torpe e causar perigo comum.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ana

18 de julho de 2022 às 11h23

O cara do pt tv na festa dele c mulher e filhos um cretino veio xingar a ele e seus familiares. Queria flores e beijos? O cara ameaçou voltar armado e voltou p matar! Errado o morto? A tá! Só na cabeça de bozoantas!

Responder

Luiz Alberto

17 de julho de 2022 às 07h16

Pelos comentários aqui, a culpa sempre é da vítima.

Responder

Luan

16 de julho de 2022 às 20h44

Belo exemplo que esse cara deu para os filhos dele…brigou, xingou, ameaçou, trocou tiros e morreu… gênio.

Responder

Carlos Bananaro

16 de julho de 2022 às 14h39

Morrer na festa do próprio aniversário diante a própria família trocando tiros com um desconhecido por motivo nenhum é o triste retrato da ignorância sem fim, do nível trágico de civilização dos brasileiros.

Responder

Alexandre Neres

16 de julho de 2022 às 13h45

Infelizmente, o Cafezinho trava quem defende a democracia e libera geral para os arautos da barbárie, cujo discurso de ódio é publicado em tempo real. Na prática, é libertariano e permite que a intolerância política se entranhe nesse espaço pretensamente democrático.

Responder

Jerson

16 de julho de 2022 às 13h06

A Anitta tambem. Rsrs

Responder

Tony

16 de julho de 2022 às 12h57

Não agregou absolutamente nada e confirmou exatamente o que a polícia disse… a política não tem nada a ver pois os dois não tinham disputa de interesse político algum, zero, nem se conheciam.

Só incivildade e violência, nada mais.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina