Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Ciro pede a inelegibilidade de Bolsonaro

Por Redação

19 de agosto de 2022 : 18h30

O ex-ministro e candidato do PDT a presidência, Ciro Gomes, ingressou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral para pedir a inelegibilidade de Jair Bolsonaro.

Na ação, o pedetista alega que o inquilino do Planalto cometeu crime eleitoral e abuso de poder político e econômico.

As acusações do PDT são baseadas na reunião com embaixadores, em julho, no Palácio da Alvorada quando Bolsonaro fez diversos ataques contra o sistema eleitoral com o objetivo de promover sua candidatura a reeleição.

“O ataque à Justiça Eleitoral e ao sistema eletrônico de votação faz parte da sua estratégia de campanha eleitoral, de modo que há nítida veiculação de atos abusivos em desfavor da integridade do sistema eleitoral, através de fake news”, diz a peça.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

20 de agosto de 2022 às 20h09

Leia-se abaixo “inegibilidade”, e não “inegebilidade”. Desculpem!

Responder

EdsonLuíz.

20 de agosto de 2022 às 20h04

Sobre as considerações de Ciro Gomes na cerimônia de posse do ministro Alexandre Morais na presidência do TSE, com presenças de diversas personagens importantes da república, inclusive o presidente, tendo Ciro Gomes considerado inadequada a manifestação de Alexandre Morais em relação a alguém presente ali naquele exato momento, e se tratava do presidente jair bolsonaro, e sobre o mesmo Ciro Gomes fazer pedido de inegebilidade de bolsonaro, tem duas coisa, elas são distintas e exigem os filtros de civilização necessários.

Ser indelicado em uma cerimônia com alguém que você mesmo convidou; ou que é um convidado de alguém e não é um “penetra” qualquer; ou ainda se é alguém que está cumprindo uma obrigação formal de trabalho, essa indelicadeza é de todo inadequada e caracteriza uma armadilha covarde.

Ciro está certo nas observações que fez sobre isso! E olha que Ciro ainda frisou que, no mérito, ele concorda com Alexandre Morais.

Ciro ali não estava defendendo jair bolsonaro, que ele não defende mesmo ; Ciro Gomes estava defendendo, nas observações que fez sobre aquele fato do TSE, a C-I-V-I-L-I-D-A-D-E.

Ciro ali defendia a civilidade devida o mesmo sendo essa civilidade a favor de jair bolsonaro, uma figura com a qual eu, ele e você não concordamos e combatemos, por tudo que esta pessoa representa e que nós achamos muito ruim, assim como achamos ruim o que Lula representa.

O nome do que Ciro fez foi MAGNANIMIDADE!

Há que se ser magnânimo para se ser civilizado; o contrário disso é BARBÁRIE.

Mas ser civilizado e magnânimo não é se omitir em relação a falhas graves daquele com quem se foi magnânimo. Não há contradição em ser magnânimo em uma situação e pedir a inevebilidade da mesma pessoa com quem se foi magnânimo.

Mas o raciocínio pequeno, rasteiro, sem qualidades, de quem é manipulador de fatos leva a tentar agredir até com interpretações absurdas e sem lógica. Pior é que eu acho que quem faz essas interpretações abusadas e equivocadas é porque a qualidade da formação é só essa.

Parabens para Ciro Gomes. E até me surpreendeu, porque no dia-a-dia Ciro Gomes não é muito disso. Mas fica claro também que Ciro pode ser correto até com bolsonaro, o que ele não consegue é se conter contra gente abusada e corrupta em certas situações. E em muitas destas situações eu acho que não deve se conter mesmo!

Sobre ser civilizado, não ser bârbaro, ainda há muito o que aprender no Brasil.

Responder

Alexandre Neres

19 de agosto de 2022 às 21h40

Como diria o meu amigo Tiago Silva, Ciro tá igual biruta de aeroporto. Mais perdido que cego em tiroteio.

Leiam seu comentário no Valor defendendo Bolsomaro e atacando Alexandre de Moraes na sua posse como presidente do TSE:

“Candidato do PDT à Presidência, o ex-ministro Ciro Gomes disse nesta quinta-feira (18) que não gostou do discurso do ministro Alexandre de Moraes na cerimônia de posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Diante do presidente Jair Bolsonaro (PL) e dos ex-presidentes Michel Temer, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e José Sarney, entre outras autoridades, Moraes fez enfática defesa do sistema eleitoral brasileiro e das urnas eletrônicas.

A fala do magistrado, muito aplaudida por quase todos os presentes, abordou temas que são objeto de constantes mentiras propagadas por Bolsonaro. Para Ciro, Moraes foi “um pouco indelicado” na presença do presidente da República no evento.

O pedetista afirmou que não discorda do presidente do TSE “no mérito” de seu discurso. Mas o classificou como “três tons acima”. Segundo ele, o magistrado poderia ter dito as mesmas coisas, mas de forma diferente.

As críticas de Ciro ao discurso de Moraes, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), foram feitas durante entrevista ao youtuber André Marinho. Na conversa, Ciro afirmou que aprecia juízes que cultivam estilo mais “severo” e “sisudo”. Provocado a citar nomes, mencionou as ministras Cármen Lúcia e Rosa Weber, também do Supremo.”

Valor Econômico

Responder

Kleiton

19 de agosto de 2022 às 19h59

Questionar o sistema eleitoral bananeiro e apresentar fatos após hackers ter passeado no TSE por meses é o mínimo que se deve fazer.

O mesmo TSE onde há ministros que se metem diariamente em política, fazem clara oposição ao Governo no lugar da esquerda e descondenaram o próprio padrinho para concorrer as eleições… isso tudo fede muito.

Responder

GIOVANI BARROS JUNIOR

19 de agosto de 2022 às 19h56

Com o nível de eleitor como vc não se pode esperar melhores políticos. Opinião de fascista enrustido.

Responder

GIOVANI BARBOSA JUNIOR

19 de agosto de 2022 às 19h53

Com um nível de eleitores como vc não podemos esperar melhora dos políticos

Responder

Paulo

19 de agosto de 2022 às 19h48

Bolsonaro reuniu embaixadores estrangeiros para falar mal de uma Instituição brasileira. Crime de lesa-pátria…O mesmo cometido por alguns membros do STF lá fora…

Responder

Bandoleiro

19 de agosto de 2022 às 19h04

…kkkkkkkkk

Estes sao os autoprocalmados democratas…que nao conseguem ir a lugar nenhum e tentam passar uma rasteira nos outros.

O nivél da politica brasileira é essa, uma palhaçada mongola.

Essa aberraçào do TSE deveria sumir, assim como a palhaçada da choradeira no STF…quem sabe essa gente aprende a apresentar algo aos brasileiros ao inves de chorar nos tribunais.

Lixo nao reciclavél.

Responder

Deixe um comentário