Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Fotos: Rosinei Coutinho/SCO STF e Isaac Nobre/PR

Bolsonaro chama presidente do TSE de  ‘vagabundo’

Por Redação

04 de setembro de 2022 : 09h47

Neste sábado, 3, Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes. O novo ataque ocorreu às vésperas do 7 de setembro.

Nesse mesmo feriado em 2021, o inquilino do Planalto se referiu a Moraes como “canalha” e ameaçou não cumprir decisões judiciais da Suprema Corte ou de qualquer órgão da Justiça.

Em evento com mulheres no Rio Grande do Sul, Bolsonaro disse que quem recorre a uma “canetada” para autorizar uma operação da Polícia Federal contra empresários bolsonaristas que defenderam golpe de estado é “vagabundo”.

“Vimos há pouco empresários tendo sua vida devassada, recebendo visita da Polícia Federal porque estavam privadamente discutindo um assunto que não interessa o que seja. Eu posso pegar meia dúzia aqui, bater um papo e falar o que bem entender”, disse.

“Não é porque tem um vagabundo ouvindo atrás da árvore a nossa conversa que vai querer roubar nossa liberdade. Agora, mais vagabundo do que esse que está ouvindo a conversa é quem dá a canetada após ouvir o que ouviu esse vagabundo”, completa.

Bolsonaro também voltou a dizer que “defende acima de tudo a nossa liberdade” e que “não podemos admitir limites na liberdade”. Na prática, ele defendeu um golpe de estado.

“O limite quem dá é a lei, e não uma pessoa na canetada. Queremos eleições transparentes. Nós defendemos a Constituição e nunca saímos das quatro linhas da mesma. Tem certas coisas que depois de experimentá-las não tem mais retorno”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Elbert Souza de Almeida

04 de setembro de 2022 às 17h25

O mais engraçado é ver o maior vagabundo da República falar que alguém é “vagabundo”! Esse presidente projeto de ditador nunca trabalhou na vida, sempre viveu de sinecuras e maracutaias. #FORABOZO

Responder

Paulo

04 de setembro de 2022 às 12h23

Eu pensei que não viveria para ver um presidente da República chamar um ministro do STF de vagabundo ao vivo e a cores. Bolsonaro não é conservador, é populista e imoral…Quanto falta faz ao país um conservadorismo sadio, cristão de verdade, orgânico…

Responder

Paulo

04 de setembro de 2022 às 12h00

Duas das piores foram as últimas – a penúltima, de longe, a pior da história, até onde a conheço…

Responder

Galinzé

04 de setembro de 2022 às 10h57

Nesses ultimos anos os brasileiros entenderam muito bem onde mora o autoritarismo.

Responder

Bandoleiro

04 de setembro de 2022 às 10h43

O que este animal faz é vergonhoso, coisa de republiquetas africanas e do oriente medio.

As nomeaçoes politicas do STF sao um cancer.

Responder

Valeriana

04 de setembro de 2022 às 10h13

O cabeça de oragoa reprodutor masculino é um nazistoide puro.

O silencio rastreiro diante dos arroubos autoritarios desss animal é vergonhoso, quem se cala é cumplice.

Responder

Deixe um comentário