Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Reprodução

Mato Grosso: Apoiador de Lula é assassinado a golpes de facão e machado por bolsonarista

Por Redação

09 de setembro de 2022 : 14h35

Na noite da última quarta-feira, 7, um apoiador do ex-presidente Lula identificado como Bendito Cardoso dos Santos, 44, foi assassinado com golpes de faca e machado após uma discussão política.

O assassino trata-se de Rafael Silva de Oliveira, 22, apoiador declarado do candidato a reeleição, Jair Bolsonaro (PL). As informações são da Polícia Civil do Mato Grosso.

Ainda segundo o órgão, o crime macabro aconteceu numa chácara do distrito de Agrovila, em Confresa, município que fica a 1.160 km de Cuiabá. De acordo com o delegado Victor Oliveira, os dois eram colegas de trabalho numa propriedade quando começaram a discutir sobre as eleições.

“O que levou ao crime foi a opinião política divergente. A vítima estava defendendo o Lula e o autor, defendendo o Bolsonaro”, confirmou o delegado ao G1.

Ainda segundo informações da Polícia Civil, o apoiador de Lula esmurrou o bolsonarista no rosto e teria, em seguida, pegado uma facão. Porém, o assassino reagiu e foi para cima de Bendito, tomando a arma branca.

O delegado informa que Bendito começou a ser perseguido por Rafael, que na sequência começou a golpear o lulista pelas costas. Por sua vez, Bendito ficou caído no chão e o bolsonarista aproveitou para acertar o facão no olho, pescoço e testa da vítima. Ao todo, foram 15 golpes.

Não satisfeito com tamanha crueldade, o apoiador de Bolsonaro se dirigiu até um barracão para pegar um machado. Após isso, Rafael acertou Bendito no pescoço. Após o assassinato, o bolsonarista chegou a se dirigir para um hospital e alegou que tinha apenas sido vítima de uma tentativa de roubo.

Rafael foi levado para uma delegacia para prestar depoimento e acabou confessando o crime. Ele foi preso em flagrante por homicídio qualificado, por motivo fútil e motivo cruel. Com isso, a Polícia converteu a prisão em flagrante para preventiva.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

09 de setembro de 2022 às 19h45

Vamos aguardar uma apuração melhor dos reais motivos por trás do crime!

Responder

    Francisco

    11 de setembro de 2022 às 11h46

    Espanta o quanto o alarife em questão, rescende a óleo de peroba, permanentemente.

    Responder

EdsonLuíz.

09 de setembro de 2022 às 18h13

Que horror essa política de ódio!
Dá nisso: em facafas, em tiroteios, em corrupção, em dinheiro-vivo.

Dá em recessão econômica!
Dá em fome!
Dá em pele de frango e sopa de osso!

Em Cuba deu em tripa de galinha como fonte de proteína distribuída pelo próprio governo. E lá em Cuba, se reclamar, é o próprio governo que chuta as costelas, que prende e que mata!

Aqui, ainda podemos reclamar. Mas esses autoritários incompetentes que produzem essas tragédias políticas, econômicas, sociais e suas violências e cujo resultado pior é recessão econômica gigante, atraso e fome, lá fora esses nossos autoritários, Lula e bolsonaro, apoiam ditadores e autocratas sanguinários.

Aqui no Brasil eles xingam juntos a imprensa livre, por denunciar o que sai dos esgotos do poder. Xingam também os jornalistas sérios. Várias vezes eu mesmo tive que defender a jornalista Vera Magalhães aqui, de xingamentos de péssimos petistas ; faz poucos dias, foi jair bolsonaro que xingou Vera Magalhães.

Lá fora, nas ditaduras que esses autoritários apoiam : Cuba, Hungria, Venezuela, … , nem jornalismo livre tem!

Espero que no Brasil as coisas não cheguem ao que chegou nas ditaduras que Lula e bolsonaro apoiam!

O Brasil está desgovernado desde 2007!

Precisamos reconciliar o Brasil com a boa política. Na boa política alguém de que se diverge por ser um conservador, como Geraldo Alckmim, pof exemplo, não é chamado de “Ladrão de Merenda da Secretaria de Educação de São Paulo”, como setores do PT e mesmo novos setores dl PSOL que são irresponsáveis e populistas chamam por ódio puro e simples.

Em boa política só se denuncia o que é fato, como a corrupção de Lula e o dinheiro-vivo de jair-bolsonaro.

Responder

    Ari Couto

    10 de setembro de 2022 às 22h20

    Caramba, vc é um poço de preconceito, ignorância e desinformação. Apenas pinçando 2 pontos: na Venezuela, mais de 80% da imprensa pertence à oposição e Cuba de há muito resolveu os 3 grandes problemas

    Responder

    Ari Couto

    10 de setembro de 2022 às 22h23

    Caramba, vc é um poço de preconceito, ignorância e desinformação. Apenas pinçando 2 pontos: na Venezuela, mais de 80% da imprensa pertence à oposição e Cuba de há muito resolveu os 3 grandes problemas do ser humano, iu seja, alimentação, saúde e educação, apesar do criminoso embargo americana

    Responder

Sá Pinho

09 de setembro de 2022 às 18h07

Na realidade da barbárie, agora três idiotas na nova replicada versão dissimulada do crime…

Todos animais.

Responder

Jhonatan

09 de setembro de 2022 às 17h28

O único atentado com finalidade política foi a tentativa de assassinato do candidato a Presidência em 2018 pois tinha como motivação e como finalidade impedir que fosse eleito.

Duas idiotas que se provocam, brigam e trocam tiros ou facadas por motivos fúteis (política, futebol, semáforo furado, ecc….) são dois idiotas e nada mais, é só violência pois não há nenhuma finalidade que tenha interesses políticos envolvidos.

Desses casos há dezenas todos os dias no Brasil independentemente de quem votem ou deixem de votar a incivildade e a imbecilidade dos brasileiros leva a isso.

Responder

Alexandre Neres

09 de setembro de 2022 às 17h19

Viva Marielle Franco! Viva Môa do Katendê! Viva Marcelo Arruda! Viva Bendito Cardoso dos Santos! Abaixo as armas! Viva a vida! Viva os ventos de esperança, já que podemos vislumbrar uma luz no fim do túnel!

Responder

Walfredo Ferreira da Silva

09 de setembro de 2022 às 16h52

Tá bom , Zulu , então vá dizer isso ao presidente da republica .

Responder

carlos

09 de setembro de 2022 às 16h39

É muito comum se falar em violência no singular, como se coisa do outro mundo não há que se falar de um determinado grupo por que pode ser do outros lado, há que se falar violências no plural poque é da natureza urbana nos grandes grupos de pessoas , eu prefiro falar no discurso alentado do Rei Charles lll, da Inglaterra! Que tem mais futuros.

Responder

Ronald Lobato

09 de setembro de 2022 às 16h32

O delegado repetiu para a mídia a versão do assassino, Este disse que deu 15 facadas, porque tomou a faca do morto, aplicou as primeiras nas costas dele porque estava fugindo e quando caiu, ficou virado e pode dar facadas no olho etc. O acusado de assassinato já tem uma investigação sobre assassinato e outras mais. Porque o delegado considerou digna de divulgaçao a narrativa do assassino. O assassinado não pode dizer nada.

Responder

Sá Pinho

09 de setembro de 2022 às 16h31

Na realidade da barbárie, três animais na versão do crime:

O estimulado e adestrado Executor, não pensante

O ‘oculto’ Mandante, pensante

E o adestrado Dissimulador, replicante, a tentar alterar os objetos da cena e do crime.

Uma tragédia brasileira que começará a ser esvaziada em 22 dias e 22 horas, graças ao país de volta a civilização.

Simples assim!

Que permaneçam pensando ser o petismo que os derrota e que o anti-petismo que os salvará da derrota.

Falta cada dia menos e a cada dia mais irreversível se torna.

Responder

Manoel

09 de setembro de 2022 às 15h11

Bolsonaro mandou EXTIRPAR os apoiadores de Lula .
O assassino fez o que Bolsonaro mandou – EXTIRPOU O AMIGO !!!
Crime de MANDO !!!

Responder

Zulu

09 de setembro de 2022 às 15h00

Dois animais e nada mais, a política não tem nada a ver assim como foi o caso de Foz do Iguaçu.

Responder

Deixe um comentário