Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Agência Brasil

A eleição não está ganha e há desemprego e fome em larga escala

Por Redação

23 de setembro de 2022 : 20h56

Nota da Associação Brasileira de Economistas pela Democracia

Nossa associação foi criada em um momento em que as mais elementares características de uma democracia estavam em risco no Brasil. Temos hoje, a nove dias das eleições, muitas indicações que voltaremos a ter um democrata na presidência.

Não é, no entanto, hora de cantar vitória por duas razões fundamentais: os inimigos da democracia estão fortemente mobilizados, as forças neofascistas ainda estão no poder e não vão aceitar a possível derrota facilmente, e, ainda mais importante, a fome e o desemprego torturam milhões de nossas irmãs e nosso irmãos.

As medidas econômicas tomadas pelos governos Temer e Bolsonaro somente fizeram agravar o sofrimento de grande parcela da população brasileira. Mesmo com uma pequena melhora no emprego ainda temos 24,3 milhões de pessoas subutilizadas no Brasil. São pessoas desempregadas, que trabalham menos do que poderiam ou que pararam de procurar uma ocupação por desalento.

Nossa associação apoiará todas as medidas do novo governo que visem dar ocupação e dignidade a esse enorme contingente de brasileiras e brasileiros desamparados. Apoiaremos medidas de curtíssimo prazo que aliviem a insegurança alimentar de mais de 33 milhões de brasileiros e brasileiras.

A eleição não está ganha. Faltam poucos dias e crescem as esperanças de que o próximo governo será guiado por princípios democráticos, mas as boas notícias, em vez de arrefecer nossa luta, devem servir para impulsionar nossa motivação e nosso ativismo.

Conclamamos as economistas e os economistas, que prezam a democracia e lutam por uma sociedade mais justa, se manterem unidos e fortalecerem nossa militância nessa reta final.

Associação Brasileira de Economistas pela Democracia

23 de setembro de 2022

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário