Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Reprodução

Justiça expede ordem de despejo contra Cafu

Por Redação

12 de dezembro de 2022 : 13h51

A Justiça do estado de São Paulo emitiu uma ordem de despejo contra o ex-jogador Cafu, campeão mundial pela seleção brasileira em 1994 e 2002. O imóvel ocupado pelo atleta tem 526 metros quadrados e fica localizado em Alphaville, Barueri (SP).

O despacho foi do juiz Raul de Aguiar Ribeiro Filho, que também autorizou o arrombamento da mansão pela Polícia Militar caso ocorra alguma resistência ao cumprimento da ordem.

Cafu foi processado por dois empresários que alegam ter feito um empréstimo ao ex-atleta, em outubro de 2017, no valor de R$ 1 milhão. Segundo esses empresários, Cafu se comprometeu a devolver a quantia no período de três meses, acrescido de R$ 160 mil de juros.

Eles também disseram que o imóvel de Alphaville foi dado como garantia do pagamento. Porém, Cafu não conseguiu pagar o compromisso e foi alvo de uma ação na Justiça.

Por sua vez, o ex-jogador admitiu ter feito o empréstimo mas disse que os juros cobrados “são abusivos, ilegais e criminosos”. A defesa de Cafu alega que os juros representa 16% do crédito tomado “em apenas três meses”.

“Maliciosamente, [os empresários] tentam se enriquecer de forma ilegal, lesando de forma intencional o requerido [Cafu], cobrando juros que pela lei pátria são proibidos, inclusive sua prática é considerada crime”, diz a defesa.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

13 de dezembro de 2022 às 10h11

A nossa justiça é mais cara do mundo segundo o professor Marco Antônio Villa, prá condenar pessoas que não tem de arcar com as custas de um processo.

Responder

Fanta

12 de dezembro de 2022 às 14h10

Cafu precisando em empréstimo de 1 milhão é porquê tá quebrado completamente.

1 milhão de reais Cafu ganhava tranquilamente em 1 mês na época da Itália e dar um imóvel de 526 m2 (que obviamente vale muito mais) a garantia é a apoteose do ridículo.

Essa história soa como absurda.

Responder

Deixe um comentário