Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Reprodução

Fenae e Apcef/RR lançam campanha SOS Yanomami

Por Redação

23 de janeiro de 2023 : 18h45

O povo indígena enfrenta grave crise sanitária e de insegurança alimentar. Confira como fazer as doações

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e a Associação do Pessoal da Caixa de Roraima (Apcef/RR) iniciaram, nesta segunda (23), a campanha SOS Yanomami. Os indígenas enfrentam uma grave crise de saúde e humanitária.

Dados do governo federal apontam que, em 2022, 99 crianças Yanomami morreram, sendo a maioria, por desnutrição, pneumonia e diarreia. Nos últimos quatros anos, no governo Bolsonaro, a estimativa é de que, cerca de 570 crianças foram a óbito em todo o território indígena. No ano passado, foram registrados 11.530 casos confirmados de malária na terra Yanomami.

“É estarrecedora e revoltante a situação em que se encontram os Yanomamis. Além das ações já anunciadas pelo governo federal, é fundamental que toda a sociedade se mobilize para ajudar esse povo indígena, vítima da negligência e do abandono governamental, além da ação destruidora do garimpo ilegal”, pontua Sergio Takemoto, presidente da Fenae.

O presidente da Apcef/RR, André Ferreira, lembrou do espírito solidário dos empregados da Caixa e os convidou a ajudar os yanomamis. “Quero convidar todos os associados da Apcef Roraima e das Apcefs de todo o Brasil para contribuir com essa campanha. Que possamos ajudar o povo da etnia Yanomami que está passando por uma crise sanitária e de insegurança alimentar”.

As doações para campanha do Movimento Solidário- programa de responsabilidade social da Fenae e das Apcefs – já podem ser feitas.

Veja como doar!

Doações bancárias
Banco Caixa (104)
Agência: 1041
Operação: 003
Conta corrente: 50174-4
CNPJ/PIX: 34.267.237/0001-55
Federação Nacional das Associações do Pessoal CEF

Doação de pontos Nosso Valor (para associados às Apcefs)
Acesse a plataforma (https://nossovalor.webpremios.digital/), entre em catálogo e depois clique no ícone doação.

Alimentos e outros donativos
Devem ser entregues na agência da Caixa em Boa Vista
Rua José Magalhaes 321-Centro/Boa Vista
Aos cuidados da diretora Social da Apcef/RR Janismara Brito

Saiba mais
Por conta do cenário de crise sanitária, o Ministério da Saúde decretou estado de emergência na saúde no território Yanomami. Equipes do órgão encontraram na terra indígena casos graves de crianças e adultos com desnutrição severa, verminose e malária e infecção respiratória aguda.

Com a decretação do estado de emergência, o Ministério da Saúde acionou a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) – ação voltada à execução de medidas de prevenção, assistência e repressão a situações epidemiológicas, de desastres ou de desassistência à população quando for esgotada a capacidade de resposta do estado ou município.

O Ministério estuda acelerar a contratação de mais profissionais para atuação nos Distritos Sanitários Indígenas.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário